domingo, fevereiro 12, 2006

Futebol: Vitória Setubal 1 - 2 SPORTING (C Martins e J Moutinho) - Análise Individual

Ricardo (5) - De todas as vezes a que foi chamado respondeu com coragem e precisão, duas grandes defesas, várias bolas socadas da área e várias saídas fora da area com pés e/ou cabeça, Ricardo foi Ricardão, Parabéns!

Abel (4) - Mais uma exibição extremamente regular do lateral nortenho, defendeu sempre bem e procurou também ajudar o ataque, parece que nasceu para jogar no Sporting.

Caneira (4) - Mais afoito ofensivamente do que em outros jogos, esteve também muito bem a defender, é uma ajuda preciosa aos centrais.

Tonel (3) - Imperial no jogo aereo, teve no rasteiro uma hipótese de golo que desperdiçou, bastante regular como é o seu timbre, não complicou.

Polga (4) - Inspirado o campeão do mundo ao serviço do Sporting, esteve em grande, tudo o que era bola ele cortava e era também o primeiro a tentar lançar o Sporting para o ataque, ao contrário de Sansão, Polga tornou-se mais forte desde que cortou o cabelo, parece outro.

Custódio (3) - Fundamental no controle de jogo a meio-campo, não consegue ainda ser o Custódio que estavamos habituados, no entanto nota-se algumas melhorias num jogador que tem tudo para ser muito melhor.
C Martins (5) - Fenomenal, o mais talentoso jogador verde e branco com bola nos pés, em dúvidas para o jogo foi sem dúvidas o melhor, recuperado de mais uma lesão, Martins não começou da melhor maneira ao falhar alguns passes mas depois foi simplesmente ele, controlo de bola divinal, toque de bola soberbo, tempo de passe extraordinário, remate preciso, marcou e deu a marcar, que mais pedir a um jogador?

J Moutinho (4) - Primeiro golo de bola corrida do jovem leão, decisivo na superioridade leonina em campo, muito tempo descaído na esquerda onde apesar de não render o melhor que pode consegue fazer a diferença em relação a outros, está a crescer e é o mais utilizado pelo Sporting, João Moutinho.

Sá Pinto (3) - A entrega e garra habitual hoje mais vistas em prol do colectivo do que do brilho individual, mais um penalti marcado contra o Sporting com acção de Sá Pinto borra um pouco o trabalho brioso do nosso capitão mas não nos faz esquecer tudo o que ele faz de bom.

Douala (3) - Excelentes arrancadas a do extremo leonino, pena não ter conseguido ter efectividade nas suas acções, com um pouco mais de precisão no futuro, poderá ser muito útil na caminhada para o titulo.

Liedson (3) - Um pouco apagado em relação aos mais recentes jogos, devido a forte marcação que sofreu, apenas um remate perigoso de cabeça e muito suor em campo.

Deivid (1) - Algumas movimentações interessantes mas sem trazer nada a equipa.

Nani (3) - Poucos minutos em campo e um expectacular remate à trave após não menos expectacular jogada.

Hugo (-) - Uma estreia para defender os 3 pontos, um regresso coroado com exito.

6 comentários:

Thor disse...

Destaques postivos:
- Carlos Martins: simplesmente decisivo. 2 Misseis teleguiados á baliza de Marco Tábuas e 2 golos.
- Defesa e Custódio: já repararam que só ultrapassam a nossa defesa de penalty. E já agora este só se marca contra o Sporting! onde é que eu já ouvi isto? ;)

Destaques negativos:
- Douala: continuo sem perceber como é que este jogador pode encaixar na equipa. Hoje foi avançado com Liedson, e claramente não tem capacidade para jogar de costas para a baliza e partir com a bola controlada. Pior ainda, com ele na equipa a tendência é usar e abusar do passe longo para as costas da defesa adversária (como Douala é forte nos 100m, esse é o desporto dele). Quando chegou a altura de jogar em contra-ataque já estava demasiado desgastado para produzir. Ficou-me na retina um lance no 2º tempo, em que é muito bem isolado e depois inexplicavelmente adianta demasiado a bola e perde a chance flagrante de facturar. Terá obrigatoriamente que melhorar. E já agora fica o recado para PB, não me agrada que jogadores recém-chegados de uma ausência de trabalhos com o grupo, sejam imediatamente titulares (isto não é o Benfica!) :)
- árbitro: penalty de rir assinalado contra o Sporting. Proponho que se cortem os braços ao jogadores do Sporting. A bola ressalta de um corte a curta distância de carrinho de um jogador do Sporting e o Sá leva com a bola no braço. Se este é penalty o do Luisão na Luz...? E as 3 defesa do Cesar peixoto no inicio da Liga (Paços, etc.)...?
Só se marcam contra o Sporting! E agora parece que é em todos os jogos. Mas, mesmo assim vamos ganhando. Temos pena... :))))

Cherbakov disse...

:) O Sá Pinto não teve o trabalho dele borrado com aquele penalty...só se ele tivesse cortado o braço...não se pode, de todo, imputar-lhe responsabilidades...ainda para mais qd foi um jogador do Sporting que despachou a bola da área...a bola na mão até ajudou o Setúbal, visto que evitou que a bola fosse para as couves...penalty patético.

O Setúbal fala de um golo anulado ...mas qual golo?
O que eu vi foi um fora de jogo mal assinalado e com o Ricardo parado, o jogador setubalense a cabecear para a baliza...antes da cabeçada já estava o guarda-redes com os braços no ar e alheado do lance.

Arbitragem fraquissima e Carlos Martins em grande...que belo bombardeiro.

Anónimo disse...

penso ke esta quase tudo dito. penso que no mometo em que o sporting marcou o segundo golo o paulo bento devia ter tirado o sa pinto para entrar o nani e o sporting passar a jogar com extremos(douala e nani)...mas pronto fim bom-tudo bom;-). douala simplesmente nao e ponta de lanca...aquela nao e a sua posicao.

destaque positivo para o anderson polga que fez um jogao, diria ate que foi o melhor jogador em campo dado que o c.martins ja fez melhores jogos apesar de tam,bem ele ter feito um bom jogo.

moutinho...enfim e o nosso enorme moutinho.

jogadores como abel,sa pinto,caneira,tonel e liedson cumpriram apenas a sua missao..

bala disse...

Polga encontrou com Paulo Bento o equilibrio emocional que nunca teve com Peseiro. A primeira época deste jogador com Fernando Santos foi fanstática.

Ficamos cada vez mais com a sensação que os grandse problemas de Peseiro são a motivação e disciplina dos seus jogadores. Fosse ele bom aqui e teriamos outro Mourinho!

Krassimiro disse...

"Fosse ele bom aqui e teriamos outro Mourinho!"

Isto dito assim.. até dá a ideia de que ele anda lá perto :P

VaKa disse...

Eu compreendo a ideia do Bala. Até sou da opinião que um misto de conhecimento técnico-táctico do Peseiro com a capacidade de motivação, disciplina e liderança do PBento dariam o treinador ideal para o Sporting.
Mas como até os treinadores têm margem de progressão, quer o Peseiro quer o PBento ainda têm bastante caminho pela frente e vão aprendendo com a prática.
Houve alguém ligado ao SCP que disse que a nossa Academia não devia servir só para formar jogadores mas tb treinadores e eu concordo perfeitamente.
Abraço leonino,