quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Dia D para FIlipe Soares Franco

A Assembleia Geral extraordinária do Sporting Clube de Portugal realiza-se hoje às 20.30 horas, no Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL), que terá como ponto único deliberar sobre alienação de imóveis não afectos a uso desportivo do Clube.
Dia D de:
- Decisão: impõe-se deliberar na efectiva venda ou não de património não-desportivo do clube;
- Descontrolo: financeiro e orçamental que permitiu que o clube chegasse a esta situação aflitiva (sem pânicos);
- Demissão: é certo e sabido que caso a proposta venda do património proposta por FSF não seja sufragada pela maioria de 2/3 dos sócios, FSF demitir-se-á de imediato.
- Desastre: se a solução passar por uma deliberação contrária á venda, nascendo um movimento populista que açambarcará mercenariamente o clube, através do apelo á mistica e ao poder dos associados nas decisões futuras do clube.
Mas, esperemos que, como na História Mundial, este dia sirva apenas para marcar uma viragem. Neste caso, na saúde financeira do nosso grandioso SPORTING CLUBE PORTUGAL.

3 comentários:

bgvp disse...

Bem analisado Thor... sem duvidas vai ser um dia importante, lamentavelmente não poderei ir... na vida não se pode planear nada, ja tnh dita que ia... mas... n da.

bala disse...

Mas será mesmo o desastre se os votos forem contra? O Sporting cairá mesma nas mãos de populistas?
Estive na assembleia geral e o que me pareceu é que os sportinguistas estão fartos destes gestores de topo que são muito bons na banca e nas seguradoras mas que não conseguiram ao fim de 10 anos inverter a situação no Sporting! E também não querem populistas!

Como é que querem que acredite que o edificio sede não dá lucro estando todo alugado? Custa mais ao Sporting pagar a parte correspondente do empréstimo ao banco do que o que recebe de rendas. Se assim é deve ser caso único num prédio de escritórios em Lisboa! A única coisa que posso admitir que não dê lucro é o Alvaláxia mas, mesmo este, porque foi pensado como centro comercial com lojas alternativas e ninguem lá mete os pés. Desde quando alugueres de lojas e escritórios novos em Lisboa dão prejuizo ao senhorio?

Se a SAD só podia investir 1.2 milhões porque investiu 8? Estava à espera do quê? O ano passado a desculpa foi ir à final da UEFA que deu prejuizo este ano foi não ter ido à fase de grupos! Para o ano será o quê?

P.S.: Só para esclarecer concordo na essência com o projecto Roquette. Ter alternativas extra desportivas para gerar dinheiro é uma boa solução porque não faz depender o clube dos resultados no campo. O que acho errado é não se tentar perceber o porquê de todo o investimento imobiliário ter falhado (e não me falem no 11 de setembro outra vez!) e corrigir a situação e em vez disso querer-se vender tudo ao desbarato? Quando o vendedor está desesperado para vender acham que o comprador vai pagar o preço justo?

bgvp disse...

Totalmente acordo contigo bala, posso assinar por baixo?

PS: Deves ter lido o meu pensamento ou vice versa.... mas penso exactamente assim...o cherba é testemunha.