sexta-feira, dezembro 02, 2005

Futebol: FC Porto 1-1 Sporting - Análise Individual

Ricardo (5) - Que me perdoem os críticos do Guarda-Redes titular da selecção nacional, mas ele esteve simplesmente perfeito, apenas batido uma única vez e pela infelicidade do seu colega de equipa Polga! Voltou o Ricardo das grandes noites, das conquistas europeias, o Ricardo que estimulava e dava confiança aos seus colegas, Perfeito!

Rogério (3) - Bastantes dificuldades como sería de esperar, amarelado aos 11m por falta sobre Quaresma conseguiu apartir dai começar a controlar melhor o seu adversário que na 2ª parte mudou de flanco e deu mais descanso a Rogério que ainda na etapa inicial foi decisivo num corte aos 26m de jogo.

Tello (3) - Uma primeira parte descansada, uma segunda parte com a companhia de Ricardo Quaresma, deve dar para perceber o que aconteceu, exactamente o mesmo que a Rogério, Quaresma é impossivel de marcar dai as extremas dificuldades de qualquer adversario, de resto cumpriu, sendo amarelado aos 54m.

Tonel (4) - Mais uma exibição irrepreensivel do central formado nas escolas do FC Porto, secou completamente tanto McCarthy como Hugo Almeida, dominante no jogo aereo, foi amarelado aos 63m mas nunca se deu por ele em dificuldades.

Polga (3) - Não tão regular como o seu companheiro de sector, o campeão do mundo, voltou a estar infeliz num momento decisivo, desta vez foi um auto-golo a decidir a igualdade final mas de modo geral não se pode dizer que tenha estado mal, muito pelo contrário.

Custódio (3) - Regular sim é palavra para qualificar o jovem vimaranense, ajuda a defender como poucos na sua posição, tacticamente perfeito, tecnicamente muito evoluido hoje não pode exprimir o jogo ofensivo devido ao imenso caudal ofensivo do adversário.

Sá Pinto (4) - Se todos fossem como Sá Pinto jogariamos em Inglaterra de certeza, ele corre, ele luta, ele sua a camisola como ninguem, não desprovido de técnica acaba sempre por meter mais vontade que cabeça, hoje o nosso capitão Ricardo Coração de Leão foi extremamente influente na manobra colectiva quer a defender quer a atacar.

Moutinho (4) - Imenso João Moutinho defendeu, atacou, defendeu, atacou, foi a esquerda, foi a direita, foi ao centro, esta em todo lado, mas como se ele não é omnipresente? Uma invulgar capacidade de sacrificio deste menino que é grande como poucos, foi ele que foi ajudar a parar as investidas do Harry Potter português, foi ele que procurou iniciar todos os ataques.

Carlos Martins (4) - Arte e Labor, eis Carlos Martins até ao minuto 59, momento da substituição forçada por Wender, Martins teve a arte de fazer o passe para o golo de Deivid, assim como ganhar imensas faltas em zonas laterais mas também o labor de lutar quase 60m numa posição que naturalmente não é a sua, descaído pela esquerda Carlos Martins foi até aos 60m o jogador que mais bolas recuperou do Sporting o que se pode considerar um feito para um jogador tão refinado, de lamentar mais uma vez a lesão muscular que mais uma vez o atormenta. Hora de ir a bruxa?

Nani (4) - Quem é Nani, pode perguntar o mais desatento dos adeptos, Nani é hoje por hoje a nova coqueluche do Sporting, o ex-jogador do Real Massamá nem parece que há 2 anos jogava nos juvenis do clube da linha de Sintra, pois demonstra enorme carácter com e sem a bola, é um jogador que nunca desiste de lutar mesmo que esteja dificil, dá um perfume como poucos, faz-me lembrar o nr 10 que vimos hoje de azul e branco, esse mesmo, Nani tem tudo para ser tão bom ou melhor que Ricardo Quaresma. Nani tem magia!

Deivid (4) - Este sim é o Deivid que todos nós estavamos habituados a ver na GNT, simplesmente fenomenal a finalização ao passe de Carlos Martins no minuto 48, sendo que já no minuto 18 tinha ameaçado com o golo a ser bem anulado por deslocação, Deivid não se limitou a finalizar, ajudou a equipa a defender, prendeu os defesas do FCP e foi uma referência, Deivid agora sim está a jogar na sua posição, só tem a melhorar. Deivid Maravilha?

Wender (3) - Entrado aos 59m para o lugar de Carlos Martins, este não era um jogo fácil para Wender mostrar-se, com o Sporting recuado Wender teve que ajudar a defender, foi importantissimo no controle de bola, era dos poucos que conseguia correr na parte final.

Pinilla (2) - Em campo em missão de sacrificio, muito abandonado na frente, Pinilla jogou os ultimos 15m de jogo como o primeiro tampão ao ataque portista, não se destacou mas cumpriu na ajuda ao colectivo, que está sempre em primeiro lugar.

Luis Loureiro (-) - Entrada para o duche, nada a constatar.

11 comentários:

40 postas pescada disse...

Uma análise honesta; parabéns!

Sector B32 disse...

Só não daria 4 nem ao Moutinho nem ao Nani, de resto dificil não concordar. Quem diria que um empate no Dragão ia saber a pouco...

Cherbakov disse...

:) Bem...não vi o jogo devido a um 31...não o do Liedson mas sim o meu 31º aniversário (que raio de ideia de marcar este jogo para este dia...n havia 364 dias mais para jogar??) mas pelo que vi agora no resumo da tvi, fiquei com a ideia de 2 penaltys n assinalados, Polga e Peixoto, uma infelicidade no golo do fcp (tabelas em Tonel e Polga) e instinto assassino de Deivid...2 belos golos (offside no 1º) a demonstrar que o Deivid do Santos está vivo e joga em alvalade.

Ricardo está como nunca esteve no Sporting...fenomenal e Carlos Martins é, para mim, o centro campista atacante mais espectacular em Portugal...desculpem-me os Luchos e Diegos mas...tivesse ele físico para acompanhar a tecnica (normalmente joga 2 jogos e lesiona-se...) e já cá n estaria...passa, remata, finta...fantastico.

:) No final....soube-me a pouco, mas temos equipa e temos treinador...conhece as limitações do plantel e sabe o que é preciso para crescer com confiança...precisa de ter os jogadores unidos (nem que para isso tenha de encostar o jogador mais importante, qd existe indisciplina) e de pontos...e com um mês e meio, temos equipa.

beto disse...

Excelente análise!

pencapchew disse...

Bem bom jogo, eu como benfiquista gostei do empate.No entanto e vendo a tua analíse há dois ou três pomtos que acrescento:
O Wender não é jogador para o Sporting, é limitado tecnicamente.
O Tonel é cada vez mais o melhor defesa do Sporting e espero que não perca o lugar para o Beto só pelo nome.
Para terminar devo dizer que aquele passe do Carlos Martins para o golo é sublime e ´só ao alcance de poucos.Dito acho muito estranho que um jogador se lesione com tanta facilidade.Espero que não passe ao lado de uma boa carreira devido às lesões.
Saudações benfiquistas.

bgvp disse...

É obvio que a avaliação é sempre subjectiva e um pc feita a quente, mas comparado com o que vejo em alguns jornais desportivos não sinto que erre assim tanto.

Foi um resultado que como eu previa uns posts a baixo ia permitir não distanciar do FCP e isso era o ideal pelo menos, foi pouco pq foi um golo de azar que não devia existir sim.

Quanto ao Martins penso mesmo que seja um problema intrinseco, sempre o conheci assim e não vejo maneiras de melhorar, é pena porque como ele há poucos.

Concordo, existiram 2 penalties, 1 para cada lado, 2 golos bem anulados, bastantes erros mas penso que sem influência directa.

Quanto ao Wender não tem mostrado muito não e Tonel sim irrepreensivel!

Cherbakov disse...

Creio que o Wender foi considerado o melhor extremo esquerdo no campeonato passado, melhor mesmo que o Sabrosa...quantas vezes jogou ele a extremo em alvalade consistentemente?

Pois...nem por isso...faz-me lembrar o Deivid que já diziam que era um barrete, inadaptado à Europa e de repente faz 2 jogos a ponta de lança e...2 golos mais a fabulosa finalização ontem no golo em fora de jogo...que de qualquer das maneiras meteu a bola lá dentro num lance dificil...quando não há oportunidades para jogar (e agora menos pq o Paulo Bento não tem o futebol ofensivo/lírico que o Peseiro tinha) é natural que os jogadores não consigam mostrar as suas potencialidades.

Ainda relativamente ao Wender, lembro-me daquela 1ª parte contra o Halmstad (do piorzinho q já vi) onde ele foi dos poucos q remou contra a maré, inclusive marcando um grande golo.

bgvp disse...

É verdade sem dúvidas que o Wender tem um potencial maior do que tem mostrado, foi sim o melhor extremo da superliga e posso mesmo dizer que quem jogou como ele na epoca passada não pode ter desaprendido, no entanto falta-lhe talvez começar a titular.

Anónimo disse...

Boa análise.
Sofremos imenso..., mas no fim soube a pouco!
O FCP atacou muito, mas oportunidades claras...??
Arbitragem muito fraca. Não concordo com a intencionalidade do braço do Polga. Já a mão do Peixoto, foi evidente a intencionalidade. Mal anulado o lance do Nani.
Melhores em campo, o Ricardo e o Tonel. Bravo o Sá Pinto, como sempre!

Anónimo disse...

Deixo aqui uma sugestão: Somem as pontuações atribuidas pelos jornais desportivos aos jogadores de cada equipa e depois leiam as crónicas.... - intrigante, no mínimo....
Pelas minhas contas:

A Bola: Porto-59; Sporting-62
Record: Porto-28; Sporting-34
O Jogo: Porto-66; Sporting-70

Interessante mas intrigante também..., face às crónicas...

bgvp disse...

Acho que sinceramente ficou alguma azia em muita gente pelo facto de uma equipa de tostões ter conseguido fazer frente a uma de milhões, pois quer se queira quer não há ali jogadores pagos a peso de ouro vestindo azul e branco...e outros...nem por isso