terça-feira, abril 18, 2006

Futebol: Análise Posição por Posição - Guarda-Redes

Praticamente em fim de época e numa altura em que se começam a definir planteis, apresento hoje uma rubrica que espero que tenha interesse e a colaboração de todos.

A rubrica trata-se da avaliação ao plantel por posições e aí conto com a vossa opinião para avalizar a continuidade de atletas, a promoção de jovens, o recurso aos nossos emprestados e as possiveis contratações.

Começo pela posição nº 1, a de guarda-redes, sabendo que um clube como o Sporting precisa de 3 atletas para este posição espero a vossa opinião para quem devam ser os 3 magnificos que usam a camisola que um dia foi de Vitor Damas, indiscutivelmente o melhor guarda-redes português de sempre.

São 3 os guarda-redes actuais do Sporting Clube de Portugal:

Ricardo - 30 anos - português formado nas escolas do Montijo, passagem pelo Boavista, internacional A por Portugal.

Nélson - 30 anos - português formado nas escolas do Torreense, internacional A por Portugal.

Tiago - 31 anos - português formado nas escolas do Lourinhanense, passagem por empréstimo no Estrela da Amadora.

12 comentários:

Anónimo disse...

Ricardo e para ficar e para numero dois passa o nuno santos.guarda redes numero tres pode ser o rui patricio que no entanto vai jogando nos juniores e esta practicamente em"stand-by"....so e chamado no caso dos casos.

belissima rubrica;-)

Krassimiro disse...

Pela confiança e segurança que tem demonstrado nos últimos jogos penso que Ricardo deverá permanecer no plantel.

Tanto Nélson como Tiago, que ao que parece auferem ordenados chorudos, deverão fazer as malas e ir continuar a carreira noutro clube.

Para discutir a titularidade, ou para pelo menos 2º guarda-redes, gostava de contar com o Quim :)

De resto, para a 3ª vaga no plantel, seria bem vindo um jogador que pertença ao clube. Mário Felgueiras, Nuno Santos e Rui Patrício são opções bastantes válidas.

bala disse...

Ricardo é para manter (aprendeu com os erros e hoje é indiscutivelmente o melhor guarda redes português) e ficava com Tiago desde que este estivesse disposto a ter um ordenado compativel com a realidade do clube; para terceiro guarda redes acho que se deveria apostar no guarda redes dos juniores que iria sendo chamado consoante as necessidades.

No lugar de Tiago também pode vir um dos guarda redes que actualmente se encontra emprestado.

RG disse...

Tendo nós, como é o caso, o g.redes da selecção, penso que para segundo e terceiro g.r., não são necessários jogadores que ganhem ao nível dos que temos actualmente, tendo em conta o que jogaram ao longo destas 2 épocas. Ainda por cima e aceitando, logicamente, a discordância de opiniões, considero Nuno Santos com suficiente capacidade para o plantel do SCP. Não se esqueçam que ele foi "queimado" nos mais diversos sítios, devido a um golo que sofreu contra a Croácia, no apuramento penso que para um campeonato do Mundo ou Jogos Olímpicos, golo esse marcado pelo Sokota. A partir disso ter-se-á ido abaixo psicologicamente, facilitando no trabalho, pelo que a sua recuperação anímica, bem como um trabalho aturado a nível do treino seriam suficientes para que corresponde-se sempre que necessário. Ficar-se-ia assim com um g.r. da casa, já com alguma experiência de 1ª liga, incomparavelmente mais barato que qualquer um dos que, nos últimos 2 anos, temos tido. Para 3º g.redes penso que Rui Patrício, a trabalhar com os seniores e a jogar pelos juniores seria suficiente. Penso também que e para ir rodando e ganhando "tarimba" Felgueiras deveria ser emprestado a um clube da 1ª liga. Cumprimentos e parabéns pela ideia.

Cherbakov disse...

Esta parece-me uma posição onde o consenso é grande.

Ricardo
Nuno Santos
Mário Felgueiras

O Nelson não é um jogador que valha o que ganha (aqueles pés então...) e termina contrato, sem convite para renovar, pelo que se sabe...além disso, para mim, cavou a sepultura com aquela saída da baliza "a eliminar" frente ao Halmstad, nos ultimos segundos....não sei se foi de propósito, mas lá que pareceu...

Quanto ao Tiago, ficou-me na memória uma passagem no livro do Boloni, onde ele dizia que o Tiago parecia que tinha medo de assumir a titularidade e uma vez, até declarou estar lesionado qd foi chamado à equipa, sem estar à espera.

O Nélson e o Tiago, para mim, são 2 jogadores que já não servem para o clube...estão acomodados, bem pagos e creio que o Nuno Santos merece, finalmente, uma oportunidade.

Thor disse...

Quanto á rúbrica parece-me uma excelente ideia do bgvp e apenas sugiro que sigamos as posições baseadas no actual esquema táctico de Paulo Bento, assim: GR; DD, DC, DC, DE; MD; MOD; MOE; 10; A; A.
Começando pela posição em questão de GR a minha opção seria:
- ficar com Ricardo inquestionavelmente (atenção que se a campanha da nossa selecção fôr boa no Mundial, então acabará por valorizá-lo incrivelmente);
- Nelson em final de contrato (salário chorudo), não renovaria e saíria mesmo que a custo-zero;
- Tiago apenas ficaria como boa 2ª opção caso aceitasse uma redução substancial do seu salário para valores mais condizentes com o seu peso no plantel a formar;
- 3º ficaria com o GR dos Juniores sem problema (Rui Patricio)para qualquer eventualidade;
- Nuno Santos apesar de lhe reconhecer qualidade e potencial para se afirmar como titular de uma equipa da nossa Liga principal, não será é no Sporting;
- Mário Felgueiras deverá ser tentado colocar a rodar numa equipa da Liga principal.
Resta-me apenas dar os parabéns ao bgvp pela iniciativa e deixar um Abraço Leonino a toda a blogosfera Sportinguista

bgvp disse...

Em primeiro lugar cumprimentos para todos, agradeço a participação de forma a termos uma ideia do que todos nós pensamos, pois é de pensamentos diferentes que se aprende e se ganha algo para o futuro, não depende de nós a constituição do plantel mas podemos dar a nossa opinião e é aqui que o podemos fazer.

Quanto aos grs eu sinceramente penso que o Ricardo é indiscutivel mas precisa de um gr que seja mesmo concorrente pq por mt boas pessoas que Nelson e Tiago sejam não tem nivel para ser titulares do Sporting neste momento, apostaria num 2º gr com experiencia de 1ª liga como por ex. Marcos do Maritimo (apenas um ex.) e para 3º apostava em alguem das nossas escolas podendo ser o Felgueiras ou o Patricio.

Anónimo disse...

o thor..quer dizer que nao vamos opinar sobre extremos???logo a posicao onde ha mais para falar;-)

Cherbakov disse...

:) Creio que podemos considerar os MOD e MOE como alas/extremos....a não ser que se jogue num sistema 4-2-4, 4-3-3 ou os agora tão falados 3-3-4 e 3-4-3, onde não existem médios alas, mas sim extremos puros....muito raro hoje em dia.

Zeist B Skool disse...

amigos no meu blog já estoua discutir saídas e contratações !

sporting2006.blogspot.com

Thor disse...

Exactamente Cherba. Essa é a leitura mais correcta a fazer, até porque como dizes e bem, já não existem praticamente extremos puros. A não ser no esquema do Adriaanse que volto a sublinhar deu óptimos resultados nesta Liga contra os clubes pequenos que por sistema e mentalidade se encolhem.

Cherbakov disse...

Acho impressionante a mentalidade dos clubes tugas...basta ver os resultados desta semana...todos os que andam de calças na mão de repente começam a jogar à bola e a ganhar jogos...miserável a atitude do comboio no resto do campeonato...deviam era descer 8 e não apenas 4...