sábado, abril 22, 2006

Futebol: Paíto - Um diamante por lapidar


Como é possivel que todo o talento "bruto" deste atleta seja tão displicentemente desperdiçado por um clube que continua sem ter (perspectivando-se a saída quase certa de Caneira) uma alternativa para a titularidade neste posto especifico de lateral esquerdo?!
Penso que é tempo de começar a pensar (ou re-pensar) o acompanhamento que é feito aos jovens que saem em quantidade e qualidade da Academia e o seu enquandramento no futebol profissional de mais alto nivel. Começam a ser muitos os casos de grandes talentos totalmente desaproveitados exactamente pela falta de oportunidades e sobretudo de um último trabalho de aperfeiçoamento táctico e técnico das suas capacidades no sentido de obter um amadurecimento do seu futebol. Será que necessitamos de ter Arsene Wenger como treinador principal do Sporting para que se comecve a prestar a devida atenção a estes jogadores iminentemente talentosos, mas que acabam por passar ao lado de grandes carreiras no futebol profissional. Falei em Arsenal, e que melhor exemplo que outro lateral morfologicamente muito semelhante a Paíto, o costa-marfinense Eboué?
Será que Paulo Bento, tendo transitado dos juniores, estará particularmente atento para esta realidade? Será que na nova estrutura dirigente do futebol resultante do processo eleitoral em curso, existirá uma preocupação especial com estes jogadores?
É que entretanto, Paíto, Edgar Marcelino entre outros, vão sendo incrivelemente desaproveitados por uma ou outra lacuna que exibem no seu jogo, mas que afinal cabe ao corpo técnico do clube suprir.

9 comentários:

pumba no piu piu disse...

Eu muito sinceramente acho o Paíto como uma desgraça como defesa esquerdo. Agora, este jogador como médio/extremo esquerdo é excelente!! Aí é que ele devia ser aproveitado. Lembram-se do sprint e golo que ele marcou no jogo da taça frente ao benfica? foi um sprint e golo à médio ou extremo!!

Thor disse...

Pumba, mas como defesa é uma desgraça porquê? Talvez porque falta aperfeiçoar o seu posicionamento, porque falta aperfeiçoar os seus tempos de entrada á bola. Mas sobejam depois as qualidades para a posição no futebol moderno, força fisica, forte no um-contra-um defensivo e ofensivo, velocidade, explosividade e repentismo, grande capacidade de assumir o transporte de bola. Infelizmente todas estas se perderão pela incapacidade do nosso departamento técnico em suprir as suas carências.
Quanto á possibilidade de utilização a médio dificilmente, porque se reparares é um jogador que precisa de embalar com espaço de trás, não é forte tacticamente. E a extremo, falta-lhe a presença de espirito para poder concluir as jogadas ou ser decisivo no último passe.
Tem todas as condições para ser um lateral esquerdo de topo, têm é que o trabalhar!

Krassimiro disse...

Eu também prefiro vê-lo jogar a extremo esquerdo. Mas tendo em atenção a táctica usada por Paulo Bento, os extremos não têm lugar na equipa.

É claro que podia evoluir defensivamente, mas não poderia ser às custas da equipa principal. O meu medo é que se faça jogador no Vitória e depois se transfira para um dos nossos rivais. Não sei qual o acordo que fizemos com o Vit. Guimarães mas devíamos salvaguardar os nossos interesses futuros, principalmente em relação aos jogadores formados na nossa academia.

bgvp disse...

Eu também gostaria de ve-lo a extremo, numa altura que mts falaram que nao tinhamos extremos nc se deu uma hipotese a ele como extremo, tal como tello foi obrigado a recuar no terreno qd tem caracteristicas mt uteis para a frente. O Paito acaba contrato no fim da epoca...e ja se fala que vai para o Braga....

Krassimiro disse...

Ah então ainda tem contrato connosco.. está é apenas emprestado ao Vitória certo?

Eu não gostava de o ver como adversário.. Preferia que continuasse emprestado.

PS: Já saiu a lista de convocados para o jogo com a Naval..

PS2: Se bem que já estejamos apurados para a fase seguinte, hoje vencemos um derby o que é sempre motivo de satisfação =)
Foram os juniores que venceram na academia o slb por 2-0. Golos de João Martins e Tomané!

bgvp disse...

É verdade mas...será apenas uma questão de tempo para o contrato acabar... parece que não conta mesmo para o totobola do Paulo Bento.

Eu achava que ele tinha potencial para continuar mesmo no plantel mas de vez em qdo parava-lhe a cabeça.

Saiu sim...e estamos na maxima força... ja a Naval desfalcada, hoje não ha desculpa pa falhar.

Vencer o Slb é sp bom... João Martins é o irmão do Carlos Martins... médio mais defensivo que o irmão, um pc ao estilo do Moutinho, box-to-box, Tomané devem-se lembrar do remate a barra em Braga se aquela bola entra...s calhar hj estava no plantel principal em vez do Koke.

Thor disse...

Agradeços os comentários pessoal, mas e a questão de fundo? Vamos esquecer o Paíto, e focalizar no fundamental. Senão vejamos o FCP com Adriaanse ganhou o titulo, e na minha opinião, o principal mérito do técnico foi a evolução que conseguiu de determinados jogadores como Quaresma (brutal evolução), Raul Meireles, Bosingwa (sempre foi para mim um jogador apenas mediano, para titular indiscutivel naquele esquema), Pepe (sempre teve falhas comprometedoras mas Co deu-lhe sempre confiança e espaço para que assentasse e naquele esquema brilha a grande altura). Ora este trabalho de cariz técnico-táctico está a ser descurado no meu clube, e isso preocupa-me. Porque um jogador de futebol enquanto júnior pode ser extraordinário, mas a nivel sénior profissional é outra coisa. Tem que forçosamente continuar a evoluir e tem que haver alguém que o ajude nesse processo. No Porto foi Adriaanse e foi Campeão, no Sporting....

BG disse...

Não esquecer a evolução do Paulo Assunção! O Paíto funciona melhor a extremo, mas já se viu que precisa é de ser utilizado com regularidade. No entanto, opr vezes acontece um jogador funcionar bem nestes clubes e chega aos grandes e não dá mais!

Thor disse...

Concordaria contigo na lógica dos jogadores contratados pelos grandes a clubes mais pequenos, exemplo ideal João Alves. Chegou a um grande mas não dá mais.
O problema é que Paíto estava num grande e foi totalmente desaproveitado, saindo para ter mais oportunidades e quem sabe - evoluir! Aqui é que está o problema, é que depois pode seguir as pisadas de Capucho ou Nuno Valente e ser contratado por um nosso adversário directo e demonstrar todo o seu potencial valor.