segunda-feira, setembro 18, 2006

Pergunta para magistrados...podemos processar o Ronny?


Caros...eu estive entro os 35.000 espectadores pagantes presentes em Alvalade no passado sábado, dia 16 de Setembro de 2006 e, como toda a gente viu (menos o sr. que andava a ajuizar - estou a ver que os insultos que Petit lhe presenteou na semana passada estavam correctos...o Petit é que sabia...) a verdade desportiva foi burlada por uma jogada de andebol.

Ora bem...a minha questão para os senhores magistrados, que nos possam ler é...podemos processar o Sr. Ronny, atleta do Paços de Ferreira, por burla desportiva, enganando com a sua batota pelo menos 35.000 adeptos pagantes, mais os restantes simpatizantes de futebol que viram o jogo pela televisão, pagando igualmente um valor à Sportv?

Eu pessoalmente, senti-me bastante lesado...paguei um valor relativamente alto para ver um espectáculo de futebol e um batoteiro, branqueado pelo seu clube (sim...até agora não me chegou a informação de que tenha sido punido ou criticado sequer...os fins justificam os meios), burlou a verdade desportiva, deliberadamente.

Seria muito bom se pudessemos avançar com um processo devido a isto...nitidamente uma arma que poderia ser usada pelos adeptos que sustentam esta actividade contra batoteiros...chamem-se Ronny ou chamem-se Liedson...venham boas respostas dos conhecedores.

4 comentários:

RG54 disse...

Ao ler hoje na net os desportivos recebi mais uma "bela novidade" de que não tinha ainda ouvido ou lido nada: a expulsão do João Alves no túnel de Alvalade. Lembrei-me de imediato de uma situação análoga há uns anos, creio que com o Rui Jorge no Bessa(?). Alguem me sabe dizer quem era o "paciente" que apitou esse jogo? Obrigado. Saudações Sportinguistas.

Thor disse...

O que os responsaveis pelo futebol português ainda não entenderam é que este caso pode correr a Europa em resumos televisivos dos disparates mais caricatos e ridiculos, logo a seguir ao golo no Brasil apontado pelo apanha-bolas ;)
É para este abismo de descrédito, palhaçada e vergonha que esta gentinha de 3ª categoria planeia levar o nosso futebol, tudo para satisfazer as suas clubites pessoais e os seus jogos de poder com titulos internos amealhados continuadamente á custa de repetidas burlas e corrupções mais ou menos veladas.

bgvp disse...

Por acaso tinha pensado nisso cherba, nós adeptos acabamos por ser lesados, porque não haver um grupo de adeptos que faça um processo contra a equipa de arbitragem? não somos assim tão poucos e decerto que poderiamos muito bem fazer uma vakinha para passar a ver alguem punido, porque isto é recorrente, hoje é o Sporting, a semana passada foi o Beira Mar a ser roubado e viu-se que o arbitro levou 8,5 pelos observadores, isto ta td feito. Hoje sabe-se que o Portimonense soube que o arbitro do jogo contra o Leixões estava encomendado, e isto continua na maior...e nos que gostamos de futebol a sermos prejudicados.

PPA disse...

Pensem nisto: Eles atacam por MUITOS LADOS!
Segundo as informações disponíveis, o árbitro João Ferreira (Setúbal) é dos poucos que não terá qualquer ESCUTA no caso APITO DOURADO!
Quanto ao auxiliar SERAFIM BAÍA NOGUEIRA (Porto), está enterrado até ao pescoço. Aqui vão alguns jogos (como se pode confirmar no site da LIGA):
- Na época 2003/2004 esteve no célebre Gil Vicente - Sporting, que está a ser investigado no caso apito Dourado, era um dos que iam "Benzidos".
- 26/9/2004: Rio-Ave 0 - Sporting 0
- 6/2/2005: Marítimo 3 - Sporting 0
- 14/5/2005: Benfica 1 - Sporting 0; o tal que não viu o golo em falta de Luisão, na sequência da marcação de um livre inexistênte.
- 9/9/2006: Boavista 3 - Benfica 0: Jogo onde Petit SÓ apanhou 3 jogos de castigo.
- 16/9/2006: Sporting 0 - Paços 1; para além de não ver o golo com a mão, penalties e tudo o resto, foi ele a quem supostamente Pedro Barbosa terá dirigido palavras que levaram á sua expulsão, após protestar um penalty não assinalado.

http://bola-na-trave.blogspot.com/