terça-feira, setembro 26, 2006

La Piovra: Onde pára o relatório?

Com a convicção de que já nada no futebol lhe faz espécie, Paulo Bento disse, há poucos dias, em conferência de Imprensa, que achava normal João Ferreira, o árbitro que, entre outros equívocos, validou um golo marcado com a mão no jogo que ditou a primeira derrota do Sporting, ser contemplado com uma nota elevada (“9 ou 9,5") no relatório do observador.
Perante o que foi possível ver ao vivo no Estádio José Alvalade, plenamente confirmado pelas repetições das imagens televisivas, é natural que o treinador leonino tenha curiosidade; e, como ele, muita gente, por certo, em saber qual foi, de facto, a nota atribuída ao juiz de Setúbal.
Até hoje, passados 10 dias sobre o polémico e discutido jogo, o dito relatório do observador ainda não chegou a Alvalade. Extraviou-se? Foi enviado a medo? Parafraseando Paulo Bento, já tudo é normal. Admite-se, ou estima-se, no entanto, que o “tal” documento possa vir a estar ainda hoje (“suposto” prazo limite) na posse dos dirigentes e responsáveis leoninos. Se isso acontecer, pode também ser que o treinador, na véspera de um importante jogo da Liga dos Campeões, em Moscovo, aceite comentar, em nova conferência de Imprensa, o resultado de mais uma lenta trapalhada processual. Entretanto, ninguém se atreverá a levar a mal a pergunta: onde pára o relatório?
fonte "O Jogo"

NOTA: Na minha opinião o relatório inicial deveria estar de acordo com o sistema e devia estar a "premiar" o árbitro com nota Excelente; mas para não darem mais nas vistas devem estar a modificar a nota, para que assim o Sporting não levante mais polémica. De qualquer modo, é muito hábil aparecer o relatório precisamente em simultâneo com o jogo da LC, pois o Sporting terá a sua concentração neste jogo e não na porcaria que por cá se faz!
Para mim, qualquer nota acima de MAU deverá ser contestada pelo Sporting.

2 comentários:

O LEÃO DA ESTRELA disse...

À medida que a Superliga de futebol avança no calendário e que o Gil Vicente continua a faltar aos jogos, aumenta a emoção fora das quatro linhas. Os grandes protagonistas têm sido Valentim Loureiro e Luís Filipe Vieira (e a ordem não é arbitrária...). Primeiro foi o presidente do Benfica a dizer umas coisas na RTP1, de que o presidente do Boavista, perdão, da Liga de Clubes, não gostou. E revelou o que sentia com toda a transparência: "Não se meta comigo. Não se meta comigo...", ordenou Valentim, falando para o antigo comerciante de pneus através das câmaras de televisão. A resposta do sulista não se fez esperar: "Nem sabe com quem é que se está a meter", afiançou o presidente do Benfica. Será que os dois não têm coragem para avançar um pouco mais na linguagem? Será que não vamos ficar a saber o que irá acontecer se Vieira não se meter com Valentim? Será que não vamos ficar a conhecer Vieira só porque Valentim não se vai meter com ele? Vá lá, avancem em direcção à baliza de cada um! Ataquem pelos flancos ou pelo meio! Senhor Vieira, meta-se com o senhor major! Senhor major, meta-se com o senhor Vieira! Estamos todos à espera de boas histórias! E quanto mais edificantes, melhor!...

bgvp disse...

Bem não é de admirar que a nota desta x seja mais baixa, pq foi uma escandaleira o q se passou c a nota do João Villas Boas arbitro do Leiria-Beira-Mar.... se derem outra x nota alta...entao mostram que n tem medo nem vergonha de nada...

O Gil parece que o Fiuza quer armar-se em rato e abandonar o navio agora que se afunda... os outros dois senhores... bem... cadeia com eles...