quinta-feira, setembro 06, 2007

Obviamente, demita-se!

Depois de Vítor Pereira vir a terreiro com ISTO, onde DETURPA e COMPÕE a lei de modo a “salvar a pele” de Pedro Proença, ainda por cima entrando em contradição com o que Proença tinha dito e com o que a própria lei diz, só lhe resta a DEMISSÃO, ainda para mais porque grandes especialistas internacionais (Díaz Vega e Collina) já deram um parecer contrário ao que o Sheriff dos árbitros Portugueses disse. (VER)
Aliás, Vítor Pereira fez tal asneira, que abriu precedentes com consequências inimagináveis!
Nota negativa para a comunicação social: Quando Vítor Pereira faz o comunicado, este serve para dizer que Proença PODIA ter marcado falta mas não necessariamente DEVIA; mas os jornais teimam em deturpar a notícia, dizendo que Vítor Pereira disse que Proença AGIU BEM, o que é falso!
Venham com a lei inventada que vierem, que este lance nunca se marcou em nenhuma parte do mundo; e com estas atitudes, Vítor Pereira deixou cair completamente a máscara, colando-se claramente a um clube e mostrando que é nosso inimigo.
Desde já faço um apelo a quem de direito, para fazer chegar este caso à FIFA ou UEFA, para verem o modo como em Portugal se querem mudar as Leis ao sabor das conveniências.
Termino dizendo que estou triste com a passividade do Sporting em relação a esta vergonha, apesar de entender que quem lá está já sabe como o sistema funciona; e que se o Sporting fizer barulho, os Apitadores vão castigá-lo.

Nota : irónico que como “prémio” pelo ROUBO, Proença seja designado para apitar um joguinho internacional…

14 comentários:

PPA disse...

5 Violinos

http://5violinos.blogspot.com/2007_09_01_archive.html#8983463695248763841

Malabarismos

Isto é gente perigosa. Não têm vergonha na cara - o que se comprova pelo facto de publicarem coisas como esta. Ninguém lhes pediu nada, mas eles entenderam vir com justificações atabalhoadas. Só vem com explicações quem, no fundo, se sente em falta. Ainda por cima com a falta de carácter de se referirem a um jogo - Porto-SPORTING - e a um lance concreto, sem nunca referirem os intervenientes. Chama-se a isto cobardia. Nenhuma comissão de arbitragem publica comentários sobre decisões correctas tomadas por um árbitro.
Se alguma coisa eu queria ver explicada era o critério que levou à escolha de Pedro Proença para arbitrar o Porto - SPORTING depois do que ele tinha feito na semana anterior no jogo do Guimarães.


cook disse...
grande vitor pereira,tas igual como eras arbitro beneficias sempre o poder para estares bem instalado,continua assim k tens a reforma garantida,se fosse ao contrario já não falavas assim,e o mais impressionante é k ainda enganas as pessoas k te rodeiam a dizeres k és um grande sportinguistas,a tão digo-te nenhum lampião ou tripeiro k esteija num orgão ligado ao futebol
mete em questão o clubismo,e tu és igual,a diferença é k mentes quando dizes k és do sporting,ganha vergonha e pede a demissão,e mais ainda vou esclarecer o pq da tua demissão:
1-classificação dos arbitros do ano passado(falsidade na pontuação,por acaso quem ganhou foi o proença)
2-nunca chegam a 1 categoria os bons arbitros,mas sim aqueles k fazem parte do sistema
3-e por fim vou deixar aqui 3 ou 4 nomes de arbitros k tu(v.p)consideras bom:proença,l.batista,b.paixão,c.xistra etc.....
com isto tudo chego a conclusão k o estagio só serviu para esclarecerem como roubar sem ser apanhado
ARBITROS DA 1 CATEGORIA:VERGONHA NACIONAL.

PPA disse...

http://www.rr.pt/BolaBrancaDetalhe.aspx?AreaId=12&ContentId=218143

Manuel Diaz Vega e os casos polémicos da nossa arbitragem.
Por causa da guerra de há muito declarada entre ex-árbitros do futebol português, que em bom rigor não passa de uma patetice, o público tem-se vindo a deliciar com as análises que continuam a ser feitas a alguns lances que já constituíram polémica nas jornadas iniciais da Super Liga.
O último episódio respeita a um comunicado do Presidente da Comissão de Arbitragem da Liga versando a decisão de Pedro Proença, que entendeu ser passível de castigo, com livre indirecto dentro da área do Sporting, um corte de bola de Polga que a levou ao seu guarda-redes.
Lance em tudo semelhante no jogo mais recente entre os leões e o Belenenses, em Alvalade, mereceu do árbitro Carlos Xistra um juízo completamente diverso.
Debruçando-se sobre os dois casos, os dirigentes da arbitragem optam por um gesto salomónico, julgando deste modo serenar a turba: Proença e Xistra têm ambos razão.
Em boa verdade, o texto da Comissão ao qual, para já, não se reconhece oportunidade, apresenta fundamentos pouco claros. E, no plano do rigor, tanto nos diz uma coisa como o seu contrário.
Hoje foi possível ouvir uma autoridade na matéria, o antigo árbitro espanhol Manuel Diaz Veja, Director do Comité Técnico de Árbitros da Real Federação Espanhola e Observador da Uefa. Disse ele: “A lei é muito objectiva. Um passe ao guarda-redes é uma coisa, um corte é outra. Tem tudo a ver com a intencionalidade do jogador.”E essa intencionalidade presume-se no gesto no gesto do protagonista.
Não vamos ao ponto de secundar Paulo Bento, que aconselha os árbitros a reunir, para uniformizar critérios sobre matéria tão delicada.
Mas seria bom que os dirigentes da Liga se deixassem de comunicados que nada esclarecem, preocupando-se antes com a uniformidade de critérios que os juízes sob o seu comando devem manter nas suas actuações.
Guerras de alecrim e manjerona entre comadres desavindas, passam ao lado do futebol português.
Ribeiro Cristóvão
Depois de ler este comentário de Ribeiro Cristóvão na RR, e de ouvir as expressões de Manuel Diaz Vega, penso que todas as duvidas ficam esclarecidas, pelo menos para os que pensam com a cabeça, e não com o coração. O Sr.Presidente da Comissão de Arbitragem, Sr. Vitor Pereira, vai ter de admitir que "meteu a pata na poça", e prestou mais um mau serviço para o futebol português.





"Não existe subjectividade"
A lei é muito objectiva: "um passe ao guarda-redes é uma coisa um corte é outra".
Esse é o entendimento de Manuel Díaz Vega, ex árbitro e actual director do Comité Técnico de Árbitros da Real Federação Espanhola de Futebol e observador de árbitros da Uefa.

Convidado por BB a esclarecer a polémica dos últimos dias no futebol português, reavivada pela Comissão de Arbitragem da Liga, Díaz Vega diz que "tudo depende da intencionalidade do jogador".

Antes desse depoimento, vale a pena citar o que disse em comunicado Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga: "Ao contrário do que foi veiculado em diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos".

Manuel Díaz Vega, para além de especialista na matéria, apitou jogos em Mundiais, Europeus e Olimpíadas, uma final da Liga dos Campeões e uma Supertaça Europeia

PPA disse...

CENTÚRIA LEONINA

http://centuria-leonina.blogspot.com/

Vítor Pereira ou Vítor Houdini?
A Comissão de Arbitragem da Liga ("CA") decidiu ontem (dia 4 de Setembro), na senda de toda uma política de compadrios e favorecimentos mais que suspeitos, dar razão ao árbitro Pedro Proença no juízo do lance que ficou conhecido como "caso Stojkovic".

Não está em causa a ingenuidade do nosso guardião, que a teve, mas sim a interpretação da lei que, para mim e para todos aqueles que se deram ao trabalho de a ler, não pode conduzir senão a uma conclusão: o facto de Stojkovic ter agarrado a bola com as mãos, depois de pontapeada por Polga, não podia ter dado origem à marcação de um livre indirecto dentro da área do Sporting.

Com efeito, nos termos do disposto na Lei 12 das Leis do Jogo, haverá lugar à marcação de um livre indirecto dentro da grande área sempre que "o guarda-redes tocar ou controlar a bola com as mãos vinda de um passe atirado deliberadamente com o pé por um colega de equipa".

A definição do termo "deliberadamente" é só uma, ou seja, "intenção".

Ora, a não ser que eu tenha visto um jogo diferente daquele visto pelo CA, mas a intenção de Polga foi, única e exclusivamente, a de cortar a bola, não havendo qualquer intenção de a passar para o guarda-redes Stojkovic.

Aliás, a haver intenção de Polga no passe, nunca seria para o guarda-redes, mas sim para Tonel que, habilmente (ou não), abriu as pernas para a bola chegar a Stojkovic.

No entanto, o CA vem agora dizer, com esta decisão, que haverá lugar à marcação de um livre indirecto sempre que o guarda-redes agarrar a bola com as mãos após a mesma ter sido pontapeada por um jogador da mesma equipa na direcção da linha de baliza, quer o pontapé seja um corte, quer seja um passe.

Com esta decisão, o CA, qual Houdini, faz desaparecer de uma forma espectacular o termo "deliberadamente" da Lei 12 das Leis do Jogo, aprovadas pelo International Football Association Board, que é só o organismo que regula o futebol a nível mundial.

Assim, só podemos concluir que das duas uma: o sistema continua a funcionar na sua plenitude, protegendo e premiando a incompetência em benefício não se sabe bem de quem, ou o Senhor Vítor Pereira precisa urgentemente de comprar um dicionário de língua Portuguesa. Infelizmente, inclino-me mais para a primeira hipótese.

p.s1: já agora, como fica o atraso de Silas para Costinha no último Sporting vs Belenenses? Parece-me que esta decisão do CA é clara...

p.s2: lembram-se do caso "Ronny mão de Deus"? Por um ponto perdemos o campeonato...pedido de desculpas da Liga? não me parece que tenha havido...


O que têm em comum Diaz Vega e Pierluigi Collina?

São árbitros, são independentes, não são portugueses, concordam com Jorge Coroado e foram claros a denunciar a PALHAÇADA em que há muito vive a arbitragem portuguesa.

Mas porque falaram a confirmar a razão do Sporting, pouco eco encontramos das suas declarações. Ainda não vislumbrámos qualquer referência à análise de Diaz Vega nos desportivos online (à excepção da RR).

Porquê? O que se procura esconder? Será que se pretende abafar este caso? Será que os “senhores do futebol” perceberam a enormidade que a Comissão de Arbitragem procurou ontem encobrir? Será que perceberam ontem que este erro pode decidir um campeonato? Será que se percebeu que o encobrimento é pior do que o próprio erro?

É inadmissível como os jornais desportivos (Record, A Bola e O Jogo) assobiaram para o lado, reproduzindo o comunicado sem o comentar, não expondo ou sequer analisando as graves contradições de um texto de (apenas) duas páginas.

Belo serviço prestam ao desporto e aos leitores.

HAJA VERGONHA.

...

Excelente a analogia com o Houdini e o insólito desaparecimento ou interpretação da expressão "deliberadamente". O que é realmente triste é que o espírito da lei, neste caso, é claro: evitar que se efectuem constantes atrasos aos GR de forma a perder tempo. E isso foi abordado na "contextualização"?? Não.

A Comissão de Arbitragem não sabe sequer relacionar 2 conceitos: 1º define atirar e na definição de atirar lá se pode encontrar a expressão "deliberadamente" ou "intencional", 2º contrapõe novo "deliberadamente" (questão 15 no comunicado) com "atirar", não percebendo QUE QUEREM DIZER A MESMA COISA, tudo para - 3º - concluir que quando se atira para a linha de baliza (embora as referências à linha de baliza sejam omissas, pelo menos no texto do comunicado), então o árbitro PODE marcar falta.

PODE!

Não deve! Pode! Viva a discricionariedade do poder judicial! Viva a ausência de obediência ao princípio da legalidade. Viva o princípio da OPORTUNIDADE aplicado ao desporto.

Estas coisas entram pelos olhos dentro. A situação do Silas e do Polga foi EXACTAMENTE IGUAL. Mas a censura, claro, vai para o Sporting e para os comentadores. O árbitro pode... Só não é mais chocante porque estamos (tristemente) habituados.

PSN, NMB,

MUITO FRACA a reacção de Soares Franco. Está habituado a ver "opiniões contrárias" da Comissão de Arbitragem? E isso é bom?? Porque parece-me que o Sporting nada faz para mudar o status quo.

Esta é a 2ª oportunidade que o Sporting tem de fazer a diferença no futebol. É a 2ª ocasião, em poucos meses, que órgãos da Liga se contorcem para entalar o Sporting. Mas a flexibilidade da coluna vertebral daqueles bandidos é tanta que conseguem afirmar aquilo que TODA A GENTE consegue ver que é MENTIRA.

Depois de se ter considerado PROVADO que o Rossato pediu a expulsão do Liedson depois deste ter sido expulso, temos direito a nova VERGONHA.

Porque esta gente não tem vergonha na cara.

E o Sporting fica impávido e sereno, participa nas reuniões da Liga e diz que não se intromete...

Se o Sporting não lhes mostra a sua grandeza, continuarão a permitir-se estas cenas indecorosas.

E, como muito bem referiu o NMB, se o Sporting é feito de vitórias desportivas, então como podemos atingi-las se continuamos a ser o parente pobre dos grandes em Portugal? É que claramente não basta ser o maior contribuinte de futebolistas (talentosos) para a Selecção Nacional.

VC,

se há coisa que me faz confusão é ouvir dizer que o Vítor Pereira era dos árbitros "sportinguistas". Essencialmente por 2 razões:

1. Porque nunca prejudicou o Porto e nunca beneficiou o Sporting ao longo de TODA a sua carreira - errar é humano, errar sempre para o mesmo lado é suspeito.

2. Porque se destacou na arbitragem no período em que - todos sabemos - a corrupção grassava e em que a meritocracia era inexistente. Se não subiu por mérito, então porque foi?

Os piores bandidos não são aqueles que roubam descaradamente.





Mas pela lei, e sem dúvidas, podia ter marcado 2 vezes livre indirecto, por o Hélton demorar mais de 6 segundos a soltar a bola!
Aqui basta o relógio contar 7 segundos para legitimar a decisão do árbitro; mas Proença não quis!


joaquim agostinho disse...
Quando as decisões dependem do critério do árbitro são sempre contra o Sporting.
Este comunicado da CA é inconcebível e ainda estamos para ver a confusão que irá criar.
O combate à violência não era uma prioridade para esta época, ou depende da cor da camisola do jogador? Não se podem esquecer as agressões de Quaresma e de Pedro Emanuel.
Apito Dourado? Tudo continua na mesma.

LionHeart (o autêntico) disse...
Este comunicado do Conselho de Arbitragem é chocante porque:

a) determina que é o entendimento pontual em cada lance do árbitro que vale, ou seja, é à "vontade do freguês";

b) ao fazê-lo, faz "tábua rasa" da lei, ou seja, é o entendimento do árbitro que prevalece;

c) e ao fazê-lo, desresponsabiliza os árbitros dos erros que vierem a cometer, porque, a partir de agora, ele ficam a saber que é o seu entendimento que conta.

Parece-me a mim que já não se trata de um problema só do Sporting. Trata-se de uma tomada de consciência de que o futebol Português não se rege por leis, mas sim pelas arbitrariedades dos seus supostos juízes.

É a balbúrdia total.

Manuel Diaz Vega, entrevistado pela RR, disse que não havendo intencionalidade no passe não há qualquer direito/dever (o árbitro não "podia") a marcar uma falta.

Quem é o Diaz Vega, para quem não se lembra:

http://en.wikipedia.org/wiki/Manuel_D%C3%ADaz_Vega

é apenas o Director Técnico do Comité de Árbitros em Espanha.

O erro é mau.

O encobrimento é pior.

Como com Paulo Costa. Rua com estes FDPs.



É SISTEMA COM TODO O SEU EXPLENDOR!

Enquanto os nossos dirigentes andarem de "braço dado" com Pinto da Costa, Joaquim Oliveira e forem "muito simpáticos, benevolentes e dóceis" na Liga e na Federação (sim, porque Madaíl e Hermínio também são SISTEMA, senão não estavam lá!) o Sporting será sempre o "bobo da festa"!

Este ano, infelizmente, já está o "caldinho" todo preparado para o FCP!



PSN disse...
Boa PLF! Bem citado!

De facto, é um escândalo que o comunicado do CA tenha passado por cima das Leis aprovadas pelo Board da FIFA...

É a mesma coisa que a Junta de Freguesia de Vale de Perdizes vir dizer que o limite de velocidade aí aplicado é de 200km/h...

Uma vergonha!

p.s: Soares Franco devia ter sido mais incisivo, uma vez que a razão está notoriamente do nosso lado...muito fraca a reacção numa situação em que o Sporting fica 3 pontos (na prática 4) atrás de um adversário directo...

LagartoLagarto disse...
Ainda há quem se admire com estes comunicados?

Não esperava outra coisa senão a defesa dos seus comparsas pela parte de V.Pereira.

A época passada já tinha dado mostra de como são as coisas.
Defende-se erros, corrobora-se mentiras (Leiria) e escuda-se os comparsas(mão de ronny).

As leis são únicas em Portugal se for preciso mudar, muda-se não interessa quem são os prejudicados.
Por norma o S.C.P. é quem paga.
O apito dourado, o eterno e infindavel apito dourado é prova disto.

O sr. Pereira também disse que o jogo violento ia ser punido.
Vai ser quando algum jogador do Sporting perder a cabeça porque até lá é levar porrada a fartazana que não se passa nada.
Os juizes olham para o lado e se o barco abanar esta lá o "Mitch Pereira Buchanon" para salvar os "pobres" comparsas do afogamento.

Lembro que em quatro jogos consecutivos contra o Sporting o Quaresma deveria ter sido expulso em três desses jogos e nada.
Não há coragem como disse o prof.fuinha.
Ou será que há coragem a mais?

Muito bom e no momento certo este post isto porque infelizmente se ninguém falar sobre estes assuntos nos blogs bem que ficamos todos a ver navios.

capicua101 disse...
Nota-se perfeitamente que andaram este tempo todo a cozinhar uma interpretação que "salvasse" a cara do Sr que fez o frete no Dragão. É desta forma que a estas "organizações" funcionam. É assim que se oferecem titulos, como o da época transacta!

Mas, como a mentira tem perna curta, foi pior a emenda que o soneto! As razões que comprovam esta aldrabice pegada, já foram por demais evidenciadas quer no post, que está excelente, quer depois nos numerosos comentários.

De qualquer forma não podia ficar sem ENALTECER o comentário do PLF, quando se refere à opinião sustentada de um prestigiado especialista em arbitragem de futebol e creio um antigo internacional e dos mais conceituados ex-árbitros espanhois.

E isto porque eu próprio no meu blog, sugeri a propósito de credebilizar os diversos paineis de pseudo-independentes e experts que aparecem nos meios de comunicação social, nomeadamente na TV, que se recorresse a pessoas sem qualquer margem de suspeição e com grande capacidade de conhecimento e consequentemente análise.

Deixo aqui o último parágrafo:

"Não seria muito mais pacífico e credível, que TVI e SIC convidassem alguém que, para além de não possuírem este tipo de pecadilhos, fosse invariavelmente mais íntegro e correcto nas apreciações que aventasse? Sinceramente, proveniente de Portugal acho difícil, porque a desconfiança de uns ou de outros iria prevalecer. A solução passaria, portanto, por “contratar” alguém fora de qualquer suspeita, isto é, que viesse do estrangeiro. Assim de repente lembro-me, por exemplo, de um ex-árbitro italiano prestigiadíssimo e que dá pelo nome de Collina. Esse de certeza que não é verde, azul ou encarnado desde pequenino! E ainda tem a vantagem de perceber muito mais que os experts em arbitragem cá do sitio…"

Com gente sábia e insuspeita a criticar, e com a força que quer queiramos quer não a Tv possui, estas comissõezinhas da bosta não se sentiam escudados para estes comunicados vergonhosos. Porque a VERDADE, dita por gente insuspeita, resulta muito melhor do que dita por nós sportinguistas...

O problema, creio, é que não há, em Portugal, quem esteja interessado na verdade!

A polémica é que vende...e a opacidade é que prevalece!








RG54 disse...
Pessoal, deixem apenas que diga o seguinte: também ouvi as declarações do Diaz Vega que o PLF com todo o a propósito refere e vejo o seguinte: foram proferidas cerca das 13,00h num programa desportivo dos mais prestigiados e de maior audiencia a nível nacional(passe a pub) e nenhuma MERDA de jornal desportivo online diz uma palavra que seja!!!Porra para este país (desculpem a linguagem mas tou pior que fod*+ªo)e para a sua informação da treta. Lembram-se do que aconteceu às delarações do Colina quando do golo no slb/SCP na luz, que deu o título aos lampas em 2004, que passaram quase despercebidas? A história ás vezes repete-se... Saúde e Saudações Sportinguistas.



King Lion disse...
THE OFFICIAL SOCCER SITE

INTERNACIONAL FOOTBALL ASSOCIATION BOARD

LAW XII FOULS AND MISCONDUCT ARE PENALISED AS FOLLOWS :

INDIRECT FREE KICK
AN INDIRECT FREE KICK IS AWARDED TO THE OPPOSING TEAM IF A GOALKEEPER,INSIDE HIS OWN PENALTY AEREA,COMMITS ANY OF THE FOLLOWING OFFENSES:
A)TAKES MORE THAN SIX SECONDS WHILE CONTROLLING THE BALL WITH HIS HANDS,BEFORE RELEASING IT FROM HIS POSSESSION;
B)TOUCHES THE BALL AGAIN WITH HIS HANDS AFTER IT HAS BEEN RELEASED FROM HIS POSSESSION AND HAS NOT TOUCHED ANY OTHER PLAYER;
C)TOUCHES THE BALL WITH HIS HANDS AFTER IT HAS BEEN DELIBERATELY KICKED TO HIM BY A TEEM-MATE;
D)TOUCHES THE BALL WITH HIS HANDS AFTER HE HAS RECEIVED IT DIRECTLY FROM A THROW-IN TAKEN BY A TEAM-MATE.

SENDO ASSIM MUITO POUCO À A DIZER A NÃO SER QUE OS NOSSOS DIRIGENTES NA LIGA SÃO UNS ANJINHOS E COMIDOS DE CEBOLADA.ESTE VITOR PEREIRA PRECISA DE LEVAR COM O IFAB NA PUTA DA CABEÇA PARA NÃO SE ARROGAR EM FAZEDOR DE LEIS E DE RESULTADOS.QUANTO AO JOÃO QUERIDO MANHA ERA FAZER A JUSTIÇA DE FAFE.

VC disse...
PPA
"Aqui basta o relógio contar 7 segundos para legitimar a decisão do árbitro; mas Proença não quis."
Provavelmente o relógio do Sr. Proença é dourado e só funciona bem noutras paragens mais a norte...Ou então é um relógio feito no Alentejo em dia de muito calor ( nada de bocas - eu sou Alentejano ).

Todos
Mas não deixa de ser curioso por que razão o CA entendeu fazer e publicitar este comunicado. Com tantos casos dúbios que já aconteceram esta época, por que carga de água teve este direito a explicações dos suprasumos da arbitragem? Será que vão passar a ter uma atitude didáctica para com o povo, e a explicar todas as semanas os casos duvidosos? Não estejam já a pensar no caso semelhante no jogo com o Belenenses - esse cabe na mesma explicação. O árbitro " pode " marcar...Se pode, também "pode não"...É a pequena diferença!



capicua101 disse...
Se um DELIBERATELY KICKED não significa à letra pontapé deliberado e se um pontabé deliberado na direcção de alguém, não é um passe...então, aquele grande ca..ão do Vitor Pereira devia pedir desculpas publicas a todos os apreciadores de futebol em geral que gostam da VERDADE PURA E DURA e aos sportinguistas em particular! Ou então demitir-se.

Passe ou corte diz ele...É preciso muita lata...

Que eu saiba um corte tem como INTENÇÃO tirar a bola a um adversário, mais nada!

Sabem o que vos digo? Estamos entregues à bicharada...


NMB disse...
PLF,

Há uns tempos, um dos desportivos justificou a sua passividade perante o evidente interesse do Apito Dourado como notícia com um sintético "vendemos emoções"...

A falha é dos jornais, que aparentemente não cumprem (ou só a custo o fazem) a missão que deve animar qualquer jornalista (para os mais distraídos, consta que era mesmo informar), mas é também do Sporting.

1. Porque razão apenas Soares Franco fala e, ainda assim, pela rama e com atraso?

2. Porque razão não induz o Sporting uma vaga ideia de mudança na Liga?

3. Porque razão, não conserva o Sporting um mínimo de expressão mediática?

Sejamos objectivos: todos se escondem por detrás de Soares Franco, a presença do Sporting na Liga apenas nos retira legitimidade para reclamar da ausência de mudanças no futebol português e o Sporting nada faz para ter mais expressão mediática.

É PRECISO TOMAR A INICIATIVA E DIZER QUE AS REGRAS SÃO INEQUÍVOCAS, UNIVERSAIS E INSUSCEPTÍVEIS DE ADAPTAÇÃO (AINDA QUE NÃO DE INTERPRETAÇÃO, QUE NÃO É O QUE VÍTOR PEREIRA INVOCA). É PRECISO PERGUNTAR SE, AFINAL, AS REGRAS SÃO "MAIS OU MENOS AQUELAS" OU SE TODOS JOGAMOS SEGUNDO AS MESMAS.

Isto não é Calvinbola.


PSN disse...
Grande PLF,

Respondendo à tua pergunta (ainda que obviamente retórica): têm em comum não ter nada a ver com o miserável futebol Português...têm em comum a imparcialidade com que analisam um lance objectivamente mal ajuízado...têm em comum perceber mais das leis que regulam o futebol que todos os patetas da CA juntos...

É de facto incompreensível a decisão de Vítor Pereira ao arrepio das Leis do Jogo, é incompreensível o silêncio dos jornais que parecem pactuar com esta palhaçada (recorde-se que nunca foi dada uma única primeira página ao apito dourado), mas é também incompreensível o silêncio ou pouca manifestação por parte do Sporting.



jvl disse...
Há muito que deixei de associar informar de um modo imparcial, ou pelo menos perto disso, a jornais desportivos.
É vergonhoso que se escudem em argumentos como "o benfica vende mais", "não podemos matar a galinha de ouro" e outras idiotices similares.

Quanto à pouca atenção dada a essas declarações não me surpreende; afinal de contas são a favor do SCP.

Concordo também que o "barulho" que o SCP fez acerca desta situação, é manifestamente pouco. Não podemos assistir impávidos e serenos, como se fossemos recompensados no futuro, a estes verdadeiros roubos e declarações que retiram toda e qualquer necessidade de saber as leis do jogo.
Já agora porque é que não dão um apito a um felizardo e o deixam apitar este fim de semana?

PPA disse...

O comunicado de Vitor Pereira só veio demonstrar o pouco respeito que os "donos da bola " têm pelo Sporting. E como quem cala...
Vocês estão a ver eles fazerem isto contra o Porto? Quem não se sente...
Bom, não vale a pena estar aqui a pregar porque os actuais (antigos) dirigentes mostram uma lamentável incapacidade(chamemos-le assim) para defender o Sporting. FSF ainda dá a cara como pode, agora os responsáveis pelo futebol fogem ddestas polémicas como o diabo da cruz!?

Aconselho-vos a olhar para o que se vai passando na Liga. O Makukula (melhor marcador do invicto Marítimo) foi expulso. Como sabem, na próxima jornada há um Porto vs Marítimo... E que dizer do Leiria vs Porto? Apesar de se cumprirem os regulamentos, alguém duvida que, quer Benfica, quer Sporting, jogavam 2ª feira?

PPA disse...

NQC

http://nqc71.blogspot.com/2007/09/esclarecimento-que-no-esclarece.html

ESCLARECIMENTO QUE NÃO ESCLARECE

O propalado anúncio de que a Comissão de Arbitragem iria emitir um comunicado esclarecedor sobre os lances duvidosos dos jogos Porto-SPORTING e SPORTING-Belenenses gerou naturais expectativas, mas o dito comunicado não só nada adianta quanto a uma clara conclusão final, como, entretanto, escamoteia o dado mais essencial do problema, e quanto a nós, determinante.
Ora vejamos.

1. De, facto, em termos de conclusão final, nada se esclarece.
Conclui a dita Comissão no seu comunicado, e cito, “que, ao contrário do que foi veiculado em diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos.”
Ora o que o que se queria ver esclarecido era se nos casos concretos em causa tinha ou não sido, de facto, livre indirecto. Ao dizer-se que “pode”, obviamente que tudo é deixado, em última análise, para o critério do árbitro.
Mas isso já se sabia... quer dizer, ficámos na mesma....

2. Entretanto, escamoteia-se o dado mais essencial e, quanto a nós, determinante, isto é a base de qual deve ser o critério do arbitro para poder marcar ou não o livre indirecto.
No arrazoado que antecede a referida conclusão, citam-se a lei 12 do livro das Leis do Jogo editado pela FIFA, bem como uma alteração aprovada na reunião anual realizada em Newport, País de Gales, em 31.5.1992.
Ora a conceptualização da referida lei 12 assenta claramente no conceito de “...passe atirado deliberadamente...”; a citada alteração, por sua vez, esclarece que “cada vez que um jogador atira deliberadamente a bola em direcção ao guarda-redes da sua equipa...”
No dito esclarecimento da Comissão de Arbitragem, nem uma palavra sobre a necessidade deste comportamento ser "deliberado” para se poder estar perante uma falta a sancionar com o tal livre indirecto... Pura e simplesmente, escamoteia-se este dado, que afinal é básico para fundamentar a opção sancionatória prevista, isto é, o tal livre indirecto.
É mais do que evidente que o espírito da lei tem em vista sancionar passes deliberados para o guarda-redes ! E o que depende do critério do árbitro é julgar se a bola é ou não atirada deliberadamente para o guarda-redes!

Portanto, vir concluir, nos casos em análise, que o árbitro pode marcar um livre indirecto, mas calar que só o pode fazer se considerar que a bola foi atirada deliberadamente para o guarda redes é manhoso e só serve para baralhar !

Assim sendo, parecendo-me que Polga não atirou deliberadamente a bola para o seu guarda-redes, o Sr. Proença, em minha opinião, julgou mal, errou !
Por outro lado, também me parecendo que o jogador do Beleneses não atirou a bola deliberadamente para Costinha, o Sr. Xistra, em minha opinião ajuizou bem !
A Comissão de Arbitragem, essa é que nos deixou na mesma, porque fugiu ao dado essencial da questão...se calhar, deliberadamente...

PPA disse...

Sociedade Leonina

http://sociedadeleonina.blogspot.com/2007/09/para-mais-tarde-recordar-roubo-de.html

Para mais tarde recordar (Roubo de Igreja? Não! Roubo de Santuário inteiro!)
Arbitragem 05-09-2007 13:07 - Rádio Renascença

"Não existe subjectividade"

A lei é muito objectiva: "um passe ao guarda-redes é uma coisa um corte é outra".
Esse é o entendimento de Manuel Díaz Vega, ex árbitro e actual director do Comité Técnico de Árbitros da Real Federação Espanhola de Futebol e observador de árbitros da Uefa.

Convidado por BB a esclarecer a polémica dos últimos dias no futebol português, reavivada pela Comissão de Arbitragem da Liga, Díaz Vega diz que "tudo depende da intencionalidade do jogador".

Antes desse depoimento, vale a pena citar o que disse em comunicado Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga: "Ao contrário do que foi veiculado em diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos".

Manuel Díaz Vega, para além de especialista na matéria, apitou jogos em Mundiais, Europeus e Olimpíadas, uma final da Liga dos Campeões e uma Supertaça Europeia.

Bola Branca

PPA disse...

SPORTINGUISMO

http://sportinguismo.blogspot.com/2007/09/elucidativo.html

Elucidativo
É um bom adjectivo para caracterizar o conteúdo do comunicado oficial que a Comissão de Arbitragem publicou hoje com a intenção de esclarecer o lance polémico do Porto-Sporting. Do mesmo modo, “tentativa de passagem de um atestado de estupidez às pessoas”, também seria uma excelente definição para o mesmo comunicado, mas seria um título demasiado grande para este post...
Ora bem, neste comunicado a Comissão de Arbitragem (presidida por Vítor Pereira) apresenta um conjunto de leis que são do conhecimento geral de quem acompanha a modalidade e, posteriormente, cita a seguinte deliberação e consequente conclusão que descreve quase na plenitude o que se passou no Dragão:
Situação - “Um defesa entra em tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola, conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes.
Conclusão – Competirá ao árbitro decidir se a bola foi atirada deliberadamente em direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer.”
Logo de seguida, Vítor Pereira e companhia escrevem: “Em conclusão, entende a Comissão de Arbitragem da Liga que se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos."
Uma vez que há tanta coisa para dizer sobre esta suposta lei, consequente interpretação e conclusão da Comissão de Arbitragem em relação à sua aplicabilidade ao jogo do Dragão, deixo aqui umas notas por pontos:
1. Existirem leis subjectivas numa modalidade que possui regulamentos e deliberações para tudo e mais alguma coisa é, no mínimo, imbecil;
2. O corte que o Anderson Polga efectua sobre o Postiga é feito em carrinho e em esforço, considerar que isso pode ser um atraso deliberado para o Stojkovic ultrapassa as fronteiras da subjectividade da interpretação do árbitro.
3. O corte vai, quanto muito, na direcção do Tonel, e este é que decide deixar passar a bola para o nosso Guarda-redes. Como é que um lance em que a bola não vai originalmente para o Stojkovic pode ser considerado como um passe para este? Querem ver que nos milésimos de segundo em que o Polga faz o lance, teve o discernimento de pensar: “Epah, entro em carrinho, saco a bola ao Postiga, o Tonel vai levantar o pé e ela vai descansada para o nosso redes”.
4. A direcção em que é efectuado o corte não é totalmente “por detrás” como diz a deliberação, mas sim pela lateral. A bola foi para a baliza como poderia ter ido em direcção à bandeirola de canto. Mais uma vez, considerar que o corte do Polga foi um passe intencional para o guarda-redes é assumir que o nosso central tem capacidades sobre-humanas;
5. Este comunicado só não é surpreendente por três razões:
5.1 Porque o clube lesado foi o Sporting;
5.2 Porque é responsabilidade de um tipo que subiu na vida nos tempos áureos das actividades que deram origem à operação Apito Dourado;
5.3 Porque o árbitro em causa é o benjamim do Vítor Pereira. Inacreditavelmente, até foi considerado o melhor árbitro de 2005-2006 pelo que o seu líder não o poderia criticar. Afinal de contas ele até acabou de mostrar que tem a lição bem estudada: Favorecer os Azuis e Brancos, para manter a tradição dos últimos 25 anos.
6. Onde é que está a sanção ao Pedro Proença por demonstrar publicamente que desconhece as regras do jogo? Na última Liga dos Campeões Africanos, um árbitro foi suspenso por 1 ano por bem menos…
7. Vítor Pereira: Se ainda te resta alguma honra, DEMITE-TE!

...

RG54 said...
Mística, correndo o risco de já muita gente saber disto, deixa-me referir o que ouvi na Bola Branca da RR às 12,50. Manuel Diaz Vega, Director Técnico do Comité de Árbitros de Espanha entrevistado pela RR disse que e cito... "não havendo intencionalidade no passe, não há qualquer direito (o árbitro não "podia") de marcar a falta".Se dúvidas houvesse sobre o que está por trás do comunicado do nojento do Vítor Pereira, penso que ficariam esclarecidas depois disto. Não são os sportinguistas que se queixam por serem "queixinhas", como dizem lampiões (alguns, justiça seja feita) e tripeiros, são todos aqueles que querem ser regidos por leis iguais para todos, sem que tenham de se sujeitar à arbitrariedade e desonestidade daqueles que subiram na vida à custa dos favores que fizeram aos seus "donos". Desculpa se isto está escrito de forma algo confusa, mas está a ser difícil controlar a indignação. Saudações Sportinguistas e Viva o Sporting.

Mistica Verde said...
Ainda não sabia dessa... Com que então Portugal agora até possui leis próprias para o Futebol?! Parafraseando as 3 amigas: Há coisas fantásticas, não há?

A decisão do Proença, o branqueamento do lance pela sempre medíocre comunicação social, as declarações do Proença, as hilariantes declarações do J.Q. Manhoso e agora a reacção do Vítor Pereira são o reflexo do país onde vivemos. Pardon my french: Esta merda é mesmo uma República das Bananas!

PPA disse...

Leão da Estrela

http://leaodaestrela.blogspot.com/2007/09/o-actor-vtor-pereira.html

O actor Vítor Pereira

Para além de ser mais um sportinguista que foi engolido pelos prazeres do “sistema” – no sentido em que o poder de escolher árbitros é susceptível de provocar uma certa volúpia… –, o presidente da Comissão de Arbitragem da Liga Portuguesa de Futebol, Vítor Pereira, regista a particularidade de ter sido actor na sua juventude. E a experiência adquirida na sua vida artística nos palcos do teatro, por muito amador que fosse o seu teatro, é bem capaz de lhe ser muito útil para o desempenho do actual papel de líder dos árbitros portugueses.
Numa iniciativa inédita, que só se consegue entender como sendo uma resposta ao ex-árbitro Jorge Coroado, Vítor Pereira elaborou um “esclarecimento técnico”, como se estivéssemos cheios de dúvidas, a propósito da polémica arbitragem de Pedro Proença, no último FC Porto-Sporting, onde conclui que “ao contrário do que foi veiculado em diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos”. Claro que pode…
Com a habilidade que aprendeu no teatro, Vítor Pereira mistura alhos com bugalhos, pois elabora um documento teórico com o qual estamos todos de acordo (os alhos) e não se refere ao jogo FC Porto-Sporting e ao caso concreto que ditou a derrota leonina (os bugalhos). O curioso é que, para quem considere a acção de Anderson Polga um “tackle” – o defesa brasileiro cortou a bola na direcção de Tonel já em queda e com a visibilidade reduzida pela movimentação de Hélder Postiga – Vítor Pereira menciona um documento do Conselho de Arbitragem da FPF, o qual diz que, quando “um defesa entra em “tackle” por detrás sobre um adversário que conduz a bola, conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes”, nesse caso, “competirá ao árbitro decidir se a bola foi atirada deliberadamente em direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer”. Ora, ficamos na mesma. O comunicado de Vítor Pereira, mesmo cheio de nada, foi escrito “deliberadamente” para defender o indefensável, ou seja, uma arbitragem que fez “deliberadamente” um resultado. O resto é treta. Deliberadamente.

PPA disse...

BANCADA SUL
http://bancadasul.blogspot.com/2007/09/aldrabices.html

Aldrabices
A comissão de arbitragem reagiu passados longos dias, acerca da polémica decisão do último fcproença-Sporting. Vitor Pereira e os membros desta organização, decidiram esclarecer que o árbitro poderá decidir aquilo que bem lhe apetecer, ou seja, beneficiar a equipa que quiser com o assinalar de um livre indirecto, quando alguma situação em que um defesa atrase a bola para o guarda-redes. Sendo assim, começa-se a descobrir que os árbitros da primeira liga além dos vários "atributos" que já possuem, passaram agora também a ser médium´s, bruxos, psicólogos, ou aquilo que lhes queiram chamar. Estes agora tem o poder de além de decidir o que bem entenderem em lances duvidosos, mais um factor, que segundo esta comissão, lhes dá o direito de prejudicar uma equipa quando bem entenderem. Com este "esclarecimento" conseguíram aumentar ainda mais as duvidas, que segundo as regras da FIFA, não é assim tão complicada de entender. Justamente com os processos de apitos azulados e encarnados que existem, tentam assim limpar a má imagem que a arbitragem portuguesa tem, mas claro da pior forma!

...

A lei é muito objectiva
Não é preciso de ir muito longe, para perceber que alguns, querem fazer, de outros burros. A "Bola Branca", decidiu contactar o ex-árbitro e actual director do Comité Técnico de Árbitros da Real Federação Espanhola de Futebol e observador de árbitros da UEFA, Manuel Díaz Vega, com vista a tentar clarificar o que, segundo o Presidente da Comissão de Árbitros, tratou-se de uma excelente decisão, por parte de Proença e que a lei protege a sua decisão. O resultado, como é óbvio, do inquérito, é que a lei não é contornavél, tal como o português assim tenta fazer, a lei é muito objectiva: "um passe ao guarda-redes é uma coisa um corte é outra". Já noutro lance há umas épocas atrás, que acabou por também ter contornos idênticos, Pierluigi Collina teria dado razão aos protestos leoninos.


...

Nuno Trindade disse...
A arbitragem portuguesa é uma vergonha! TODOS os árbitros portugueses são corruptos e decidem os resultados. E isto não é uma Comissão de Arbitragem, mas sim de Corruptagem. Quanto mais abrem a boca, mais se enterram!

40 postas pescada disse...
Digamos que só o facto de terem sido obrigados a vir "esclarecer" o caso, já é, só por si, sinal de má consciência. Não liguem.

claudiadesena disse...
Vivemos num país em que o futebol esta contaminado por toda esta podridão chamada corrupção. N ha mais nada a dizer. emite-se um comunicado para esclarecer mas a verdade é q n se diz nd de novo, mais ainda, nem sequer se faz referencia poruma só x ao lance entre Polga e Stoikovick. Enfim, deixai-os andar. Se mm assim n ganharem o campeonato é triste.

PPA disse...

O Visconde

http://ovisconde.blogspot.com/

Vítor Pereira Chuta para canto
Após uma semana de acesa discussão, depois da decisão de Pedro Proença resolver o clássico à sua maneira, e de nova controvérsia pela decisão contrária de Carlos Xistra num lance semelhante, eis que Vitor Pereira e restantes muchachos do Conselho de Arbitragem decidiram emitir um esclarecimento técnico acerca da Lei XII do futebol, digamos que, verdadeiramente esclarecedor...
Neste esclarecimento técnico, que supostamente viria para dissipar as dúvidas, vem apenas confirmar o panorama existente, ou seja o árbitro decide por opinião própria e dependendo da cor da camisola. A Liga sem coragem para assumir uma posição decidiu assim chutar para canto e apoiar as decisões dos seus muchachos.
Com que fundamento? Ninguém sabe.
Porquê? Porque sim...

PPA disse...

Mais Futebol

...
Não se percebe qual é a novidade. Este comunicado em nada contradiz o que foi dito na imprensa!? Se é deliberado é falta, se não é... não é falta


Realmente aqui está uma bela interpretação da lei.
Qualquer lei terá o seu lado subjectivo, passível se ser interpretado de maneira diferente por diferentes individuos, mas não se deve descurar os factos (imagens milhões de vezes repetidas) e afirmar que Polga atrasou DELIBERADAMENTE a bola o seu guarda-redes é realmente uma barbaridade para tentar atirar terra para os olhos de quem gosta de futebol, qualquer que seja a sua preferância clubística.
Por favor senhores dirigentes vejam o que se passa em outros países e em vez de tentarem justificar os erros, peçam desculpa. Ficava bem e o povo agradecia e compreendia porque errar é humano.



Após a leitura do comunicado, à excepção da conclusao o q dá a entender é q o ser falta ou nao depende sempre da intencionalidade do defesa em passar a bola ou fazer um corte. Assim sendo n se entende o pq de seja um passe seja um corte o guarda redes nunca poder tocar a bola com a mao. Assim sendo qd o costinha agarrou a bola era tb falta...



O que Vitor Pereira veio dizer é que estes lances são decididos pela interpretação descricionária dos árbitros, ou seja, depende de cada árbitro ter "coragem" ou "muita coragem".
Em conclusão, ficamos na mesma, o que signitiva mais valia estar calado!!!

...

Manobra de diversão?
Este comunicado parece uma autentica manobra de diversão. Quem está a discutir se foi passe ou corte, quer simplesmente desviar a discussão do essencial, consubstanciado na palavrinha "deliberadamente".Polga passou deliberadamente a bola ao Tonel ou ao guarda- redes?Tudo indica que foi ao Tonel.O Tonel sim deixa deliberadamente a bola passar para o guarda-redes.Mas será que o Tonel "passou a bola"?Pontapeou-a?Cortou-a?Não,deixou-a passar.A lei é portanto omissa quando aparece um determinado Tonel a fzer um deliberado túnel, para deixar uma bola passar para o seu guarda-redes;por outro lado este não agarra a bola com as mãos; joga-a com o pé direito e só depois a agarra. A lei é novamente omissa quando o guarda-redes joga com o pé e depois, só depois, agarra com as mãos.
Bem, das duas uma, ou o Vitor Pereira não percebe de português ou eu li: Um defesa entra em tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola, conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes.
Conclusão: Competirá ao árbitro decidir se a bola foi deliberadamente em direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer».

...

Ou seja... o árbitro decidiu mal poque a bola não foi atirada deliberadamente na direcção do guarda redes.... qual é a parte que não percebe que o jogador cortou com o bico da bota e nem lhe interessava a direção que ela fosse corarta??

A FIFA devia chegar-se à frente e explicar se o fundamento desta lei é combater o anti jogo ou se é mais uma limitação como o fora de jogo.
Enquanto nao existirem explicações do Organismo que gere o futebol mundial, estas duvidas, opiniões e criticas vão continuar.
Se queria proteger o seu menino mais valia estar calado sr Vítor Pereira. Li o seu comunicado e as suas referências às leis do jogo. A lei fala em "passe deliberado" e o que Polga fez foi tudo menos deliberado. Cortou a bola senhor Vítor Pereira!
Não a tinha em seu poder. O lance já estava enterrado, porquê vir justifica-lo agora desta forma tão desastrada?

Isto é tão ridículo que é melhor esperar pela nova época do Gato Fedorento para ver se finalmente alguém competente esclarece o pessoal.

"Professor, pode-se marcar o livre indirecto contra o Sporting não pode ?"
"Poooode."
"Mas não é atraso pois não professor ?"
"Nããããão."
"Mas pode-se marcar ?"
"Poooode."
"E o que é que acontece ao arbitro ?"
"Naaaaada."
"A falta pode-se marcar, não é atraso, mas pode-se marcar e o que é que acontece ao arbitro ? Naaaada."

Continuem com o bom trabalho de desertificação do futebol português.


O senhor Vitor Pereira deviam aprender a ler
Façam o favor de ler o Esclarecimento técnico na íntegra e ler as recomendações sobre este tipo de lances e depois comentem.

?Um defesa entra em tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola,
conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes.
Conclusão ? Competirá ao árbitro decidir se a bola foi atirada deliberadamente em
direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer.?

Não é sempre livre indirecto, apenas quando o árbitro entende que foi deliberado o atraso, o que não foi o caso.

Saudações Leoninas

Tenho a impressao que esse senhor, à imagem do Proença, desconhece o significado das palavras "atirar" e "passe deliberado".

O árbito poderá punir de a bola for deliberadamente em direcção ao guarda-redes.
Agora podem fazer um título novo. VITOR PEREIRA EXPLICA QUE O PEDRO PROENÇA PODERÁ TER DECIDIDO BEM SE O POLGA TIVER ATRASADO DELIBERADAMENTE A BOLA. Não é tão "calling", mas é mais sério

Depois de ler e reler o comunicado da comissão de arbitragem reparei que o que está lá escrito não é igual ao que o sr. vitor pereira diz... existe uma palavra no meio da frase que assume toda a relevância nesta questão.... "deliberadamente"
Para que seja maracado o respectivo livre indirecto, tem que haver intenção por parte do defesa em passar a bola ao gr, seja num passe normal ou num corte (em carrinho como foi o caso). só quem não quer ver é que pode dizer que o corte foi um passe DELIBERADO para o gr.

Saudações desportivas e boa sorte para a nossa selecção e para todas as equipas presentes nas competições europeias (em especial para o meu Benfica :))

PODE...
Ora a lei continua a não ser bem clara, ou seja ne é carne, nem é peixe, pois como diz a lei: "...se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe,PODE ser punido com pontapé-livre indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos».

Ou seja não diz deve, diz PODE, o que pode ser interpretado conforme a vista ou em muitos casos do interesses de cada árbitro...pois um PODE marcar e outro PODE não entender assim, em lances identicos...a estupidez da lei e destes srs da arbitragem está ao rubro, não admira tantos erros cometidos e tantos critérios diferentes nas mesmas situações em cada jogo....Por isso o que um PODE considerar lance para expulsão, outro PODE nem sequer entender que merece amarelo....

Excelente, para confundir o publico e dar razao sempre ao árbitro, pois porque este terá sempre razão...esta é boa...

Parabéns Vitor Pereira, pois em dois lances identicos, mas com decisoes diferentes, ficas sempre bem...os clubes é que não...
olhem-me este tambem... tinha alguma esperança com este ex-arbitro ao leme, mas ao k parece, xegam ali ao pelouro e começam todos a tremer... pk será??????? nem k venha o colina, pra mim akilo nao é falta em lado nenhum deste mundo... se tivesse no lugar do stojkovic fazia o mesmo... ah e nao tenho nada a ver com este jogo, uma vez k nem sou portista nem sportinguista.... mas ta claro, um arbitro ia deixar um colega mal visto???? no way dude... futebol tuga sp ao seu melhor.
Deliberadamente
Relatório bonito, mas o que lá vem escrito já sabíamos. Continuamos a dizer é que o atraso não foi deliberado, logo NÃO É LIVRE INDIRECTO CONTRA O SPORTING sr. Vitor Pereira.
Fiquei perfeitamente clarificado contra o sporting é falta, a favor do sporting não é.... já estava a ficar preocupado pois não estava a perceber esta regra....

Não percebo esta notícia. As directivas apresentadas no link continuam a falar em "deliberadamente", o que é no mínimo subjectivo visto que os árbitros não estão dentro da cabeça dos jogadores. Além disso diz que em caso de tackle (como foi no dragão) fica ao critério do arbitro dizer se foi deliberado ou não. Até que ponto isto não leva a inequívocos? Como pode Pedro Proença falar em lei clara e objectiva? Esta lei surgiu para evitar anti-jogo, e nesse espírito, não era falta!Esqueçamos as cores dos clubes porque hoje acontece a uns e amanhã a outros

É mais um atropelo as leis do jogo,porque nenhuma lei diz que o juiz é que decide a seu belo prazer.Mas já estamos habituados encobrirem-se uns aos outros.Lamentável.
Conseguirá também, por ventura, explicar o porquê dos jogadores da equipa do f.c.p. no jogo com o SCP não terem sido punidos adequadamente pelas entradas que cometeram. Relembro a entrada de "luta livre" do Bosingwa e da entrada do Quaresma.
Se conseguir explicar, estou certo que esclarecerá como é que durante muitos anos o f.c.p. ganhou campeonatos e taças.

E a palhaçada vai continuar, ai vai, vai
" Em conclusão, entende a Comissão de Arbitragem da Liga que, ao contrário do que foi veiculado em
diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da
linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre
indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos."

Se esta conclusão estiver correcta, então qualquer que se seja a forma como a bola chega ao guarda redes, quer seja passe ou corte, intencional ou não, será sempre de marcar livre indirecto, ora não era isto q estava previsto na lei, seria de marcar livre indirecto apenas qd houvesse intencionalidade.

Fazer o quê, e depois é esta gente que manda no futebol cá do burgo .... lamentavel

o quê???
a ser verdade entao ja deviam ter ensinado os arbitros os adeptos e qualquer treinador pq ou mt me engano ou ninguem sabia disso ate pq tnh apenas 21 anos mas ja vi corte/passes po guarda redes milhentas vezes em direcço a baliza em portugal inglaterra espanha em klk campeonato e nc ouvi nada do genero mas tudo bm, pecam pelo atraso do esclarecimento n em duas semanas mas em anos

Defender os árbitros e a arbitragem não deve ser cair na "paspalhice".
Por favor, defender os árbitros e a arbitragem não deve ser cair na "paspalhice". O Sr Vítor Pereira foi um bom árbitro porque interpretava bem as leis, agora por estar na posição que está não deve nem pode obrigar-se a interpretar as leis de jogo de uma forma "transversal" só para defender alguns árbitros de categoria duvidosa que (imperceptivelmente ou não) ficam muito bem colocados nos fins de época.
Está lá bem referido e contextualizado nas leis de jogo, é falta se atirar a bola deliberadamente, ora naquilo que é visivél a toda a gente não existe um acto deliberado, premeditado ou seja o que for por parte do Polga. Já vi miúdos (árbitros jovens, daqueles com 14 anos) interpretarem melhor as Leis de Jogo que muitos dos nossos internacionais (e existem alguns que não se percebe, ou então até se perceba, como estão na liga).
Tenho pena porque sempre pensei que o Sr Vitor Pereira fosse fazer bem à nossa arbitragem, mas afinal deixou-se engolir por algum monstro instalado como os seus antecessores!
São fantásticas as asneiras que se dizem...
Os senhores da comissão de arbitragem devem andar com graves problemas na interpretação das leis do jogo.
Basta ler a lei que els próprios transcrevem para verificar que o que interessa julgar, no caso do dragão, é o facto de o passe ter ou não sido feito de forma DELIBERADA. isse mesmo: o passe foi ou não deliberado para o guarda-redes (ou para uma área onde o jogador saiba que ele pode agarrar a bola).
Ou seja: tudo se resolve pela opinião. Quem achar que o Polga jogou deliberadamente a bola para uma área onde o guarda-redes a pudesse apanhar, acha que é falta. Quem achar que ele se limitou a cortar a bola, e ela acidentalmente foi ter a uma zona onde o guarda-redes a pode apanhar (ou melhor: foi para aquela zona como~poderia ter ido para outra), acha que não é falta.
Teria sido muito mais útil que a comissão de arbitragem, em vez de colocar a palavra "técnico" a seguir a "esclarecimento" (de técnico nada tem...) fizesse uma simples consulta a um bom diccionário, e visse o que quer dizer deliberadamente.
Eu, sportinguista doente, não sou capaz de emitir opinião que ache isenta. E por isso calo-me. O mesmo que deviam ter feito os senhores da comissão, que opta por confundir, procurando dar credibilidade a algo que a não tem.
O comunicado não diz que Proença decidiu bem!
Este artigo e o respectivo título são absolutamente ridículos. Quase tão ridículos como o comunicado da Liga, que afinal de contas nada diz.
A grande CONCLUSÃO desse comunicado remete para um documento emitido pelo CA da FPF, sendo transcrito, no essencial, o seguinte:
?Um defesa entra em tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola,
conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes.
Conclusão ? Competirá ao árbitro decidir se a bola foi atirada deliberadamente em
direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer.?
Esta "brilhante" conclusão devolve a questão nos precisos termos em que ela tem sido colocada por todos os órgãos de comunicação social - saber se houve ou não uma bola atirada DELIBERADAMENTE.
Diz a conclusão que compete ao árbitro decidir... Pois concerteza, como em todas as demais situações de jogo, pelo que não está em causa um poder arbitrário.
O árbitro deve ajuizar se a bola foi atirada intencionalmente. Como a crítica o deve fazer, de forma isenta e imparcial, quando comenta e analisa a actuação do árbitro.
E como poderia ter feito o CA da Liga, já que quis opinar sobre o assunto.
Mas, como é evidente, esse CA não se comprometeu com essa análise e não considera, neste comunicado, que o Polga atirou a bola DELIBERADAMENTE, ao contrário do que seria necessário para se poder concluir, como na chamada do artigo (na 1.º página do MaisFutebol, que PEDRO PROENÇA DECIDIU BEM.
Confesso-vos que até me enerva jornalismo tão tendencioso e de tão baixo nível.
Haja vergonha.
E já agora, é evidente que a bola não foi "atirada deliberadamente em direcção ao guarda redes"

...

O sabichão Vitor Pereira
já que o senhor Vitor Pereira preocupou-se de defender o F.C.Porto, gostaria que ele comentasse o segundo golo do Porto em Leiria.

Possivelmente vai dizer que o jogador do Porto centrou a bola fora do campo mas não "deliberadamente". Já agora boas férias, (Normalmente o destino é o Brasil), para o Sr. Vitor Pereira pois merece pelos serviços prestados .
Ou seja, foi mal marcado
Conclusão: Compete ao árbitro analisar se o Polga passou a bola deliberadamente para o guarda redes.E se ele quis passar deliberadamente a alguém então foi ao TONEL...e não ao guarda redes!

Portugal...o País das invenções.
A lei nada diz sobre "linha de baliza" senão nesse caso não se falaria em grande área qd se diz que não pode agarrar a bola passada por um colega. A lei fala em PASSE DELIBERADO ao GR...dentro da grande area.Esta é a lei...e que eu saiba não se refere a linhas de baliza nenhuma.Este vitor pereira abriu a boca p/ para dizer mais asneira.
Anedótico!

Os senhores da Liga têm a interpretação que lhes convem,de repente esquecem-se que esta medida foi paera penalizar o anti-jogo e um corte( não é um passe) que ressalta para outro defesa (Tonel)não é uma acção deliberada.

O que acho interessante é que o mais futebol que tem tantos "cronistas" nem sequer deu uma olhadela na clarificação. Pelo que se pode ler surge o termo tackle. Que se aplica ao caso do polga. transcrevo:«Um defesa entra em tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola, conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes.
Conclusão: Competirá ao árbitro decidir se a bola foi deliberadamente em direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer».
Ou seja, ao contrario do que P.Proença não é tão objectivo nem claro assim!continua subjectivo no "deliberadamente" e no "poder punir". Ou se entende a lei no seu espirito, que é de evitar o anti-jogo ou andamos todos a brincar!hoje um arbitro achou deliberado amanhã acha que não. Além de arbitros temos que ter psicologos..
A ilustre comissão de arbitragem bem podia ter evitado tanto paleio, dizendo directamente que o que conta é interpretação do árbitro. Em vez disso, escreve substantivamente:

"Em conclusão, entende a Comissão de Arbitragem da Liga que, ao contrário do que foi veiculado em
diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da
linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre
indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos."

O que eles querem dizer é que o árbitro pode sempre considerar que é livre indirecto, desde que considere o toque intencional. E pronto, fica à interpretação dos árbitros.

Mas já agora, a interpretação dos árbitros nem sempre é correcta, pois não? E em vez de manifestar o óbvio, seria educativo e pedagógico que a comissão de arbitragem se manifestasse expressamente sobre a situação do jogo Porto-Sporting. Acho é que não têm coragem. É mais fácil refugiarem-se nestes nins.
O JUIZO FINAL
1º ponto: Sou Benfiquista;

2º ponto: É mais vergonhoso este parecer técnico do que a decisão do árbitro;

3º ponto: Para que o Sr. Vitor Pereira perceba o significado de "DELIBERADAMENTE", aqui fica a definição:
DELIBERADAMENTE
Advérbio [com deliberação, com intenção, com propósito de...]

4º ponto: Obviamente que NÃO é falta do guarda-redes.

Cada vez pior
Quanto mais explicações mais se enterram. Todos os diplomas citados neste comunicado apontam no sentido contrário da decisão do árbitro. Mais grave do que cometer um erro é tentar justificá-lo e convencer os outros de que não é um erro. Mas com o que se tem passado nos últimos anos nos nossos campeonatos, continuam a ser coerentes. Só quem não joga futebol é que tem dúvidas nestes casos dos atrasos; Se o defesa está a tentar fazer um corte, como é que o atraso ao guarda redes é deliberado? O defesa tenta chegar à bola, logo não sabe naquele momento qual a direcção que a mesma vai tomar. O FCP pode encomendar já as faixas pois com estas arbitragens (golos fora de jogo, cruzamentos com a bola junto dos painéis de publicidade, etc) já está ganho.
Devo estar louco!!!!
Então esse senhor fez-nos o favor de tirar todas as dúvidas. E foram tiradas! Agora não tenho a menor dúvida que o homem é doido. Utiliza ele o seguinte exemplo: ?Um defesa entra em tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola,
conseguindo desarmar o adversário, indo a bola na direcção do guarda-redes.
Conclusão ? Competirá ao árbitro decidir se a bola foi atirada deliberadamente em
direcção ao guarda-redes para que este a possa agarrar e punir se o fizer.?

Mas um tackle por detrás sobre um adversário que conduz a bola, não é livre directo com o respectivo cartão amarelo?????
E dá ele este exemplo brilhante para explicar o inexplicável!
Assim, vamos ter mais um campeonato em que os principais são os gajos do apito!!
Depois desta explicacao ainda fiquei mais convencido de q não era livre. É óbvio q o POLGA não mandou a bola DELIBERADAMENTE p/ o GR, portanto não é livre.
Acho q a Liga fazia melhor figura se assumisse q houve um erro em vez de tentar à força e sem nexo nenhum desculpabilizar os erros dos árbitros. Ao tentar fazer-nos passar por parvos são eles q fazem figuras de parvos!
A única conclusão possível é q o nosso futebol merecia uma Liga melhor!!
claro n houve favores e eu ganhei euromilhoes n

...

O Porto n precisa de favores pois na supertaça se calhar precisou e pronto perdeu n é.
Se n fosse o golo do ronny com mao no ano passado pois teriam perdido o campeonato.
Claro o Porto n precisa de favores so precisa que outras sejam prejudicados n é?
Tenho uma dúvida...
Segundo o esclarecimento qualquer toque com o pé, seja ele corte ou passe, que vá na direcção da própria baliza não pode ser defendido com os pés. Os guarde-redes não podem então evitar auto-golos com as mãos se o toque tiver sido dado com o pé, mesmo que deliberadamente... é impressão minha ou até à data ninguém em nenhum lado cumpriu esta "regra"?... Cheira-me que vai dar polémica... Oxalá esteja errado.

tripeirada do costume
mas será que no porto pode é deve??!!!! ora se pode deixa uma duvida pode marcar ou nao depende do juiz da partida ou nao. se nao fosse o lance nem ganhavam o jogo.para bom portugues entender visto que no porto ha dialecto vou na auto estrada 120 de velo.max devo ir a 120 ou menos mas será que nao posso ir a 150 poder posso mas nao devo.portanto o poder ou dever é muito diferente saibam ler amigos do porto
apenas quero mencionar que a resposta da Comissao de Arbitragem é ridicula. Apetece dizer que se calhar será melhor oferecer um dicionarios aos emissarios do comunicado, para aí sim verem qual a definição de "deliberadamente", que pelos vistos nã sabem.

ninguem se entende na arbitragem
Como é possivel o Pedro Proença afirmar que a lei é clara e objectiva e o Presidente da liga ontem afirmar que a lei é subjectiva, afinal quem tem razão???!!!este arbitro é fraco, é um mau exemplo para toda a classe e só marcou o livre para prejudicar deliberadamente o Sporting, e no lance do golo do Porto ele prejudicou 3 vezes o Sporting: Primeiro - não deveria nem sequer marcar livre: Segundo - ao marca-lo deveria solicitar a repetição do mesmo quando o guarda redes avançou para a frente, mostrar o cartao amarelo, e apitar posteriormente para a marcaçao do livre, não o fez deixou mesmo os jogadores do Porto marcarem o livre à sua vontade quando o guarda redes do sporting recuava para trás; Terceiro - mais grave deveria ter sido marcado falta contra o Porto por puxão do Pedro Emanuel ao Stojkovic, disso ninguem fala...mas Sportinguistas não tenham ilusões pois se a bola não entrasse ele mandava repetir o livre tantas vezes quantas necessárias até a bola finalmente entrar...

falta de coragem,bom senso e vergonha

continuacao do branqueamento da batota!! veja-se que 5 países diferentes disseram que foi falta mal marcada!! arbitros comentadores na sua maioria tambem(exceptos os ligados ao porto como soares dias e o rosa) vem agora a liga dizer uma barbaridade destas? a lei quando foi feita foi para evitar atrasos de tempo!! faz algum sentido aquele corte ser entendido como passe para atrasar tempo? atrasar tempo fez o porto depois desse golo! ja agora digam se decidiu bem no amarelo ao quaresma!! la estao os falsos moralistas a dizer que liga decidiu bem se decisao fosse contraria nao faltariam ofensas e improperios
Nada esclarecedor - Continua tudo na mesma
Este relatório não defaz dúvidas (para quem as tem) pois como se pode ler em baixo utliza-se a palavra deliberadamente, de acordo com o julgamento do árbitro. Logo ficamos na mesma, para o arbitro o carrinho do Polga foi feito com a intenção de passar a bola ao guarda redes.

Na minha opinião continuo a pensar que não, pois parece-me dificil que um jogador que corre para desarmar o seu adversário dificilmente efectua esse desarme a pensar em passar a bola ao GR.

E pior do que isto tudo é todos sabermos (através do A. Dourado) que se fosse na área contrária o arbitro nunca iria considerar deliberado.
Aliás tal como a entrada assassina do Quaresma, também não foi deliberada, nem as de P. Emanuel e Bosingwa.

A pergunta que fica no ar é: Quantos mais anos vamos continuar a assistir a esta vergonha?

Leiam as Regras!

Segundo as regras do futebol, considera-se um atraso de qualquer jogador de uma equipa para o seu guarda-redes, quando este tem a posse da bola, ora então vejamos, o jogador Polga não tinha a posse da mesma como todos sabemos,daí este livre ser completamente "inventado" pelo senhor Pedro Proença, mas já é hábito no futebol Português, todas as equipas são ou não por vezes "beneficiadas", mas é escandaloso a forma como os dirigentes do Norte comandam o nosso Futebol, que neste momento é simplesmente um negócio, deixou de ser o desporto rei que todos conheciamos.
controlo de bola
e tambem e falta quando ao seguir o corte o guarda redes controla a bola com os pes, espera q se aproxime o jogador(POrto) e quando esse esta perto dele apanha me bola. que eu saiba isso e claramente legal
vomitos na forma escrita
ja agora so uma pergunta o corte que nao é passe deliberado toda a gente viu apenas os mais obtusos defensores da batota ainda querem fazer crer aos lucidos que eles afinal ùe que sabem ver bola entao pergunto uma coisa entradas violentas por tras nao sao punidas com vermelho? entao que ficou quaresma a fazer e campo durante grande parte da primeira parte e toda a segunda? e porque jogou em leiria? e o pedro emanuel ficou em campo porque depois de uma cotovelada? e porque nao houve sumarissimo? parece que ha mais assuntos para os falsos moralistas da liga e da apaf explicarem é que as explicacoes e os vomitos escritos que por aqui vejo nao merecem sequer ser lidos


Como é que é possivél ??
Eu já sabia que os nossos árbitros eram maus, pois apitam por tudo e por nada, deixam-se enganar pelas simulações dos nossos jogadores e por ai, mas agora chego à conclusão que quem os dirige, ainda é pior que eles. Quem diz que o lance foi bem analisado pelo arbitro, não percebe nada de futebol, e pior que isso, não percebe nada das próprias leis do futebol...aconselho que leiam o "espirito" da lei em causa e de mente aberta e sem clubismos voltem a analisar o lance....vão ver que aquilo foi tudo menos um passe "intencional e deliberado". Ah e sou do Benfica!!

Nao esclarece nada...

O documento apresentado so diz o que todos nos ja sabiamos...fala em "passe deliberado", e todos concordamos que o Polga nao passou deliberadamente a bola ao Stojkovic. Ele fez um corte da bola no chão que foi em direcçao ao GR, nao significa que tenha sido deliberado. O lance foi disputado no limite com o Postiga e naquelas situaçoes é impossivel ser deliberado. No meu entender, o que causou esta discussao foi o facto de a bola ter passado pelo Tonel. Mas o Stojkovic cumpriu as regras!!Apanhou uma bola "atirada" nao deliberadamente pelo Polga. So uma questao que coloco...Quantas vezes os GR chutam a bola em situaçoes dificeis quando ate a podiam agarrar? Porque fazem isso? Por receio, será? Mas as regras sao claras e estao nesse documento.Leiam. Se alguem nao cumpriu a regra foi o arbitro

excrementos escritos
Não á na lei nada que dê razão ao arbitro, pois não foi um passe, mas um corte que tanto foi na direcção do g.redes como podia ir para a bancada. LOGO NÃO ESTÁ ABRANGIDO PELA LEI E O SEU ESPIRITO, DE QUE SO UM PASSE DELIBERADO AO G.RERDES É PUNIDO COM UM LIVRE INDIRECTO. O Snr. Vitor Pereira para apoiar o arbitro agarrou-se a um parecer que diz que mesmo cortada a bola desde que vá para a área da baliza o g.redes não lhe pode tocar com as mãos. O que é absurdo pois fere a intenção da lei e a razão porque foi criada que foi o de evitar que as equipas perdessem tempo de jogo a passar as bolas intensionalmente ao g.redes, num corte a trajectoria da bola é acidental, até pode entrar na baliza. O snr. Vitor Perteira nem imagina no que se esta a meter com estas afirmações. Pois a fazer lei o que ele agora defende vamos daqui para a frente ter casos do arco da velha e quero ver como ele se vai desdizer!

sou só eu?
depois de ler e reler o comunicado da comissão de arbitragem e de ler o que o sr. vitor pereira disse, aconselho esse sr. a ter mais cuidado com o que diz para não fazer as pessoas passarem por burras...
o facto de o passe para o gr ter de ser "DELIBERADO" faz toda a diferença na interpretação da jogada. E o que o polga fez não foi um passe deliberado, logo o gr podia agarrar a bola como o fez...
só quem não quer e que não viu que a única intenção do polga foi desarmar o adversário e nunca passar a bola ao gr.

saudações desportivas e boa sorte para as equipas portuguesas na uefa (especialmente o meu benfica!!)
nao sejamos ridiculos!
Só se lembram de esclarecer "tecnicamente" lances quando a vitima é o sporting !! Nunca vi nada assim em lances reclamados por outros ! Nunca! E nao falam que o passe tem que ser feito "deliberadamente" o que manifestamente nao aconteceu! Ridiculo!

Vitor Pereiira Vs Pedro Proença farinha da mesma saca
Lá diz o velho ditado cego não é o que não vê, mas sim o que não quer ver, porque considerar que o Polga atrasou a bola pra o G.redes é a coisa mais estúpida que li até hoje, então assim já não sei o que fez o jogador do Belenenses na ultima jornada, e não aconteceu nada, no que ficamos Sr. Vitor Pereira decida-se ?
Cambada de ignorantes
A lei diz claramente que se a bola é atrasada deliberadaente para o guardaredes, é sancionadao com livre indirecto, ponto final!.....
Agora eu pregunto? como é que pode ser interpretado como tal, se o Polga fez sim um corte sem saber para onde poderia ir a bola?
E vem este iluminado Sr. da arbitragem para aqui arrotar postas de carapau e defender um compincha, mas não dá opinião se foi ou não um passe deliberado?
Sr. Vitor tenha a coragem de o dizer, porque não sendo assim, perde a pouca credibilidade que ainda tem para o lugar que exerce.

fiquei na mesma
isto é claro como a agua ? entao entre o porto sporting o GR do sporting agarrou com a mao foi livre no sporting belenenses o costinha agarrou com a mao e ja nao foi livre Sr vitor pereira em que ficamos afinal os lançes sao iguais o prejudicado é que é o mesmo lol isto é so rir se é para dar explicaçoes assim mais vale estar calado


Tiro no pé
Em conclusão, entende a Comissão de Arbitragem da Liga que, ao contrário do que foi veiculado em
diversos meios de informação, se um defensor efectua um pontapé que leve a bola no sentido da
linha de baliza, seja esse pontapé um corte ou um passe, pode ser punido com pontapé-livre
indirecto, no caso de o guarda-redes tocar a bola com as mãos.... vai dar bronca e da grossa esta interpretação. Vai ser bonito. Que grande tiro no pé.
leis só para uns
Este vitor pereira para bastonario já,as explicações são a coisa mais irisória k tenho ouvido sobre o lance em questão,90 cento dos jornalistas e comentaristas são unanimes em k o livre foi mal assinalado,mas este sr.teria k defender a sua dama mal parecia se fosse o contrario,atenção ainda vamos na 3ª jornada.

o vitor pereira é um parvo
alguma vez o presidente dos arbitros vinha a publico dizer mal dos arbitros , nunca vi e nunca virei a ver , ao contrario de outros paises em que os arbitros admitem o erro e sao condenados aqui em portugal e completamente diferente , os arbitros fazem m.e.r.d.a e nao assumem e mais sao arrogantes de dizer que agiram bem , e ainda com a complacencia do presidente dos arbitros .
e se este lance e para falta entao o do belenenses com o sporting tambem e , ou aqui as leis sao diferentes ?
é ou não é
se o pontape PODE ser punido o que dira se é ou não punido será uma cor? A lei tem que ser uma igual para todos. è punível então que se acinalem todos.

granda salgalhada
a lei 12 da fifa recalca o termo "deliberadamente" no que ao atraso da bola ao guarda redes se refere quer a bola vá em direcção à baliza que va em direcção à linhda de fundo, e vêm os iluminados da Federação Portuguesa de Desportos secundados pela comissão de arbitragem da liga e pelo sr Vitor Pereira (este também nunca me enganou ) interpretar esta lei 12.º "à la portuga" (des)clarecendo que e ignorando o termo "deliberadamente" e com intenção de queimar tempo, será livre indirecto se a bola quer seja um passe intencional ou não a bola for em direção à baliza, porque se for deliberado e não for em direção à linha de baliza já não é atraso!!!!! Por favor leiam a lei 12 da FIFA e apliquem-na pois é tão clara como a àgua e não inventem o que já está devidamente inventado.
Muito bem, Sr. Pereira!
Excelente análise do Sr. Vítor Pereira. Assim, não há hipótese do árbitro errar, decide o que lhe apetecer no momento conforme o resultado ou o ambiente no estádio. Já agora, digam-me o que vai acontecer ao assistente do Boavista-Paços.

Credo
Esse "Sr. Vitor" só está a provar que nunca percebeu nada de arbitragem.

se um jogador faz um corte na pequena área, e que por acaso vá em direcção da baliza tá lixado, ou é livre indirecto ou é golo

é isso????

E que tal saber ler? Não?
A lei 12 da FIFA e do Internacional Board não dizem isto que o vitor pereira indica.Parece que vivemos no antigo Oeste Americano e temos leis próprias.
Ironias das Ironias aqui vai este link da propria APAF.LEIAM A LEI 12 http://www.apaf.pt/apaf/imagens/tecnica/51Leis%20do%20Jogo%202006%20-%20print.pdf
a cada ignorante !!!!!!!!
alguns anos deixei de ir aos campos de futebol pois fartei-me de certas palhaçadas dos arbitros , agora acho que ate na televisao vou deixar de ver , agora ate temos o presidente dos arbitros que como arbitro era mediano a alterar as regras que estao escritas .
o pedro proença como arbitro e muito fraco mas como tem um padrinho que vai dando apoio isto nao vai ter melhorias , o proença tem de começar a por menos gel na cabeça que eu acho o gel tira-lhe inteligencia , ser mais humilde , mas como tem o padrinho se calhar no fim do campeonato ainda vai estar a frente da classificaçao dos arbitros .
perguntem a arbitros estrangeiros a opiniao essa sera sem duvida mais honesta e integra ao contrario de certos burros por este portugal .


isto é ridículo.escusavam de emitir um comunicado para dizer que o árbitro pode assinalar livre indirecto quando toca com as mãos uma bola que veio dos pés de um colega.é o mesmo que dizer que se já passaram os 90 minutos, o árbitro pode apitar para fim de jogo...a questão aqui é se o árbitro avaliou bem o lance: aquilo é atraso ou não? é que se não foi, não é livre nenhum.


Os favores a que se refere não deixaram de acontecer. O árbitro perdoou a expulsão do Quaresma por volta dos 30 minutos de jogo. Foi totalmente unânime por parte da imprensa que o Quaresma deveria ter sido expulso e o próprio árbitro do jogo admitiu ter-se enganado ao mostrar apenas o cartão amarelo.

Pergunto: a jogar com 10 desde a meia hora (e logo o melhor jogador), teria o FC Porto ganho a partida?


O senhor Vitor Pereira devia explicar pq é que no Jogo do Belenenses- Sporting não existiu falta, ou no Benfica-Copenhague tb não..
É grave um árbitro errar e continuar a achar que julgou bem e não ter capacidade de reconhecer o seu erro. Mais grave ainda é um orgão competente pela arbitragem vir desta forma defender um árbitro depois de toda o país ter visto o que viu. Isto é um convite à ignorância e à violência meus amigos. Como se nós não soubessemos as leis do jogo, vejam só, que inteligentes que são os senhores árbitros e que estúpidos são os adeptos que nem sabem as regras. Como é que conseguem ser tão límpidos e consisos nas suas idéias sobre as coisas. E depois... do alto do seu pedestal "dourado" ainda se consegue avaliar a intenção do jogador, aquele pobre de espírito que passa bolas ao guarda-redes com os olhos postos nas meias do adversário e aquele guarda-redes novato que ingénuo, nunca jogou ao mais alto nível em palcos tão dignos do "dourado" de que falo e não sabe que não se pode tocar com a sua luva desastrada no couro da bola mal intencionada. Poupem-me! Que compadrio é este. O nosso país é uma Chicago... alguém já o disse.
LER É IMPORTANTE...PERCEBER É AINDA MAIS!!
http://www.fifa.com/mm/document/affederation/federation/laws%5fof%5fthe%5fgame%5f0708%5f10565.pdf
Isto é o que a LEI diz...e não fala em linha de balziza nenhuma e mt menos em que um corte é punido de livre indirecto como foi o caso.Leiam o que a FIFA diz meus amigos...o vitor pereira é ridiculo e nem ler sabe.

Ok, acabei de ler o esclarecimento e fiquei com a mesma opinão... Não é falta...
Acho que ninguém no seu perfeito juízo pode afirmar que o lance de Polga é deliberado...
Ainda por cima o Tonel salta para deixar passar a bola, a haver passe teria sido feito, deliberadamente para o Tonel... Mas pensem 1 bocadinho, sei que o Polga é bom jogador, mas daí até fazer passes de lado com 1 joelho no chão, em esforço?

...

Como é fácil de entender o que está indicado na lei é bastante claro. Não existem dúvias sobre as circunstâncias em que a equipa deve ser punida com pontapé livre indirecto. o que também é calro para quem apreciar de forma isenta é de que o árbitro Pedro Proença cometeu um erro de análise ( o que infelizmente pode acontecer). O que parece incrivel é que o mesmo tenha declarado o que declarou masi tarde depois de ter a oportunidade de ver o lance. Mais vale estar calado ás vezes Sr. Proença (ao gel ás vezes atrapalha um bocado).
Vivó árbitro!!!
A nova CA já mostra trabalho. Vitor Pereira está a fazer um trabalho brilhante. Basta ver pelas três jornadas já decorridas para concluirmos que há muitos anos não havia tanta balbúdia na arbitragem: Agressões não punidas pelos árbitros, uns atrasos ao GR punidos e outros não, golos validados após a bola ter estado fora do campo, critérios de arbitragem (e de nomeações) que não sei bem se são de apito dourado, avermelhado, azulado ou doutra cor qualquer. Com tudo isto ainda querem árbitros profissionais??? Coitados, afinal como amadores só recebem 3.500 ? mensais!

repetitivo
Ja nao e a primeira vez que esse senhor da destas explicaçoes!É porque é e tal.. Enfim! Sou portista,se tivesse sido assinalada ao contrario tambem protestava e pior ficava com uma explicaçao destas! Realmente, so em portugal é que "senhores" como este sao gente!

O que ali diz é que SE A BOLA FOR NA DIRECÇÃO DA LINHA DE BALIZA o Guarda redes n pode tocar na bola c a mão! O que é parvo! entao há um centro para a frente da baliza, o defesa corta em esforço a bola e na direcção da baliza, o Guarda redes com reflexos defende e é falta!! Parvoíce!


Assim já percebo porque é que o árbitro marcou... E tem toda a razão, pelos vistos a Liga tem leis diferentes do resto do mundo...

Agora, segundo as leis do FUTEBOL, emanadas pelo IB, único organismo competente para modificar as leis do jogo, não é falta nem aqui, nem na China com os olhos em bico...

E eu até sou benfiquista, mas realmente o Porto ganhou com um golo do árbitro.

Afinal não são os árbitros que não são competentes... eles até são, nós é que não sabemos as regras !

O comunicado refere-se a dois lances, e independentemente do critério da marcação destes livres, se um é falta, o outro também (são os dois cortes, mas segundo estas regras podem ser os dois deliberados, só que um vai à baliza e o outro não. Ora, segundo as "nossas" regras, isso não faz diferença)... É que não acertam uma !

O sistema no seu esplendor ou, se preferirem, o corporativismo da Arbitragem
Definitivamente, ou quase, parece-me que não há volta a dar ao (péssimo) panorama de que, há longos anos, temos vindo a desfrutar quando nos debruçamos sobre a Arbitragem do Futebol, em Portugal.

As entidades internacionais decidem, umas vezes bem outras mal mas decidem, e, não obstante, vem a esplendorosa Arbitragem portuguesa tecer as suas próprias interpretações! E o «Zé Pagode» ainda vai acreditando!

Por muitas voltas que o sr. Vítor Pereira possa dar ao texto, por muitas interpretações que queira dar, por muita «habilidade» que possa utilizar, há um facto, verdadeiramente irrefutável e decisivo,que não pode ser escamoteado: a Lei pretende punir, e muito bem, um tipo de actuação que tem a ver com o anti-jogo. Só assim pode ser entendida a afirmação, que não é uma interpretação, da Lei: punir o acto DELIBERADO de jogar, com os pés, a bola para as mãos do guarda redes.

Enquanto não tivermos na Arbitragem uma liderança transparente e desinteressada, não iremos a lado nenhum!

De qualquer modo, e para terminar, quero expressar que o verdadeiro problema da Arbitragem portuguesa não está no facto de todas as semanas os àrbitros errarem: isso terá sempre que acontecer (e sei, por experiência própria, do que estou a falar)! O problema está nos erros serem sempre cometidos a favor dos mais fortes!!!

Conclusão Ridicula
Epá este comunicado é no minimo ridiculo. Todas as determinações da fifa que apresentam no texto mostram nos claramente que tem que haver intenção de atrasar a bola para ser falta. Obviamente toda a gente sabia que a defesa da comissão de arbitragem se formaria a partir da aleatoriedade do critério do árbitro. Pra que apresentar um documento que não prova nada de novo?? Só serve pra quem não domina a interpretação de textos!!!!
O papel aceita o que lá se escrever, e há quem escreva muito bem e interprete melhor.
Para os portistas digo-lhes que a liga veio explicar este lance, como poderia ter vindo explicar:
- Qual a lei que possibilitava Vitor Baía defender com as mãos fora da área.
- Qual a lei que permitia que José Pratas fugisse á frente dos jogadores do Porto.
Eram outros tempos.


acho que a pressão psicologica que o "Porto" tem vindo a exercer ao longo dos anos sobre tudo e todos é que leva a esta decisão erradamente tomada pelo arbitro, é uma vergonha ao que isto chegou explicações ou desculpas.......


O futebol português tem muitos atrasos ... de vida !

Aqui vão alguns exemplos da interpretação bem feita da regra dos atrasos:

http://www.youtube.com/watch?v=qZcOsJIexm0

http://www.youtube.com/watch?v=lHZglTziBkA

De salientar o elevado conhecimento das regras manifestado pelos guarda-redes.

Continuem o bom trabalho de desertificação do futebol português.



http://www.youtube.com/watch?v=txKSKveDivo&NR=1








Eu depois de muito o que ouvi falar na comunicação social e vi através da internet os regulamentos da arbitragem conclui na mesma que o árbitro Pedro Proença esteve mal uma vez que as leis apenas esclarecem que não pode haver "atrasos" de bola deliberadamente e não me venham dizer que o polga fez o corte deliberamente um corte nunca é deliberado apenas se quer cortar a bola que fique bem esclarecido a todos.Portanto o sistema mantêm-se os árbitros tem que passar a saber analisar os lances do jogo senão haverá sempre esta controvérsia dos árbitros.
Se a palavra "deliberadamente" lá está, é por alguma razão. Por que raio vem na explicação de Vítor Pereira a expressão "linha de baliza"? Tem determinado espaço geográfico do terreno de jogo a ver com a intencionalidade de uma acção, ser deliberada ou não?


Os senhores do International Board que se "ponham a pau", porque existe 1 país que tem regras diferentes dos restantes países! Chama-se Portugal e consegue retirar as palavras «passe» e «deliberadamente» das Leis do Futebol, substituindo-as por «atirar» (pode ser o pau ao gato!)! E quem decide se foi deliberado ou não é o árbitro! Digam lá se não somos os maiores?!

Aqui fica a Lei... se n souberem inglês peçam a alguem para vos traduzir... (PRESTEM ATENÇÃO AO PONTO 3)

An indirect free kick is awarded to the opposing team if a goalkeeper, inside his own penalty area, commits any of the following four offences:
1 - takes more than six seconds while controlling the ball with his hands before releasing it from his possession
2 - touches the ball again with his hands after it has been released from his possession and has not touched any other player
3 - touches the ball with his hands after it has been deliberately kicked to him by a team-mate
4 - touches the ball with his hands after he has received it directly from a throw-in taken by a team-mate

P.S. Isto foi retirado do site da FIFA!

Agora tirem as vossas conclusões e n comentem com base naquilo que julguem que sabem ou daquilo que ouvem dos "experts"

Cumprimentos
A LEI APLICADA NO ESTÁDIO DO FCP É UMA.PARA UM MESMO ACONTECIMENTO EM ALVALADA JÁ É OUTRA.É POR ISSO QUE EU FICO EM CASA E MANDO O FUTEBOL E AS SUAS MARIONETES ÁS URTIGAS...PARA NÃO SER MAL EDUCADO...

SE TONEL NAO SE DESVIA?
Como pode o àrbitro considerar atraso deliberado do polga,se tonel tem de se desviar da bola para que esta và na direção do guardaredes.

VERGONHA : A explicação da Liga é hilariante !
Enfim mais valia estarem calados pois sinceramente ainda se enterraram mais !
A justificação é pobre e deturpa as leis do jogo, falseado o sentido da lei, basta saber um pouco Ingles para perceber ...
O livre foi marcado porque era a favor do FCP, se fosse ao contrario nada era marcado.
Atenção que não sou adepto do Sporting, Porto ou Benfica alis detesto os 3 grandes ...
Acho que devemos é ser justo e desportivismo acima de tudo.
Em rigor, a regra só é valida se for um "defensor" a efectuar o passe?

Acho que os textos deveriam ser revistos por um advogado antes de serem emitidos, porque qualquer dia poderemos estar numa situação limite de avaliar se o jogaor que fez o passe/corte era um defensor, medio ou avançado!!!
Pois...e o Pai Natal desce da minha chaminé todos os 25 de Dezembro para me colocar prendas numa meia pendurada na árvore da Natal.
É só sabichões; doutorzões...e uma grande cambada de aldrabões este gang que polui o futebol português, desde o topo.
Chamar aquilo um atraso DELIBERADO para o g. redes é o mesmo que que dizer que uma baleia é prima irmã de uma formiga!
Querem meter os dedos nos olhos de quem?
FCP: 2 jogos=2 golos irregulares=6 pontos.
E olhem que eu não sou lagarto!
raio-x
A explicação cooperativista nada tem a ver com o lance, o sr Vitor Pereira esquece-se que antes de Stojkovic estava Tonel.Polga no chão deve ter visto que atrás de Tonel esta o seu gr, e que este sabendo que Polga queria deliberdamente passar a bola abriu as pernas!Não insultem a nossa inteligência
O Nosso Portugal
Bem num país como o nosso estas coisas são as típicas senão vejamos um caso de erro de arbitragem noutro país. Em inglaterra o árbitro do jogo Liverpool - Chelsea assinalou um penalty inexistente a favor do chelsea e o resultado passou de 1-0 para 1-1. Após o jogo, no dia seguinte o árbitro pediu desculpas ao liverpool pelo erro e a federação de árbitros fez o mesmo, assumindo que o seu associado tinha errado. Em portugal somos mais expertos e então em vez de pelo menos pedir desculpas (não mudava o erro mas ao menos pareciam tê-los no sítio), fazemos algo mais engraçado, mandamos o responsável pelos árbitros, que deveria saber as regras, dizer uma aldrabice, burrice, mentira, para a comunicação social, passando por parvo e querendo fazer os outros passarem por parvos.
Pois bem sr vitor pereira, ao contrário da MENTIRA que você arranjou e segundo as Leis da FIFA que são as que contam, independentemente de onde você vai arranjar as suas, é livre se o toque for deliberado, entendeu bem? DELIBERADO, significa com intenção, de propósito e não importa se é na direcção da baliza ou não. Tenho vergonha que o País tenha responsáveis como este mas já agora explique lá em que situações é que se pode jogar depois de a bola ter saído das 4 linhas por completo, porque a julgar pelo 2º golo do porto em Leiria, deve haver situações em que isso é possível, e com certeza estarão nas mesmas regras de bolso do sr pereira.
Estou pasmado!!! Este Vítor Pereira e seus pares têm uma lata tremenda!! De repente a lei foi alterada!! É o cumulo!! Ainda nunca vi um porco a andar de bicicleta...mas depois do que li aqui...o que importa isso?!

Aqui há gato... ou outro animal qualquer!
Pois é, até a conclusão do Comunicado da Liga não esclarece nada, pois afirma "PODE, ser punido com um pontapé-livre indirecto", e não DEVE ser punido...Afinal parece que depende do critério do árbitro...
Não sou do Sporting, sou Benfiquista, mas sou pela justiça e pergunto: Pedro Proença agiu bem (contra o Sporting), Carlos Xistro agiu mal (a favor do Sporting)... começo a desconfiar que aqui há gato... ou outro animal qualquer!
DELIBERADAMENTE!!!!
pelo que se pode ler nas regras da FIFA, só pode ser marcada falta se a bola for pontapeada DELIBERADAMENTE para o guarda-redes por um colega de equipa.
Ora eu não vi o jogador do sporting enviar a bola deliberadamente para o guarda-redes. Vi sim, um corte que saiu, por acaso, na direcção do guarda-redes. Mas o senhor Pinto da Costa ainda tem muito poder no futebol português e não se pode decidir contra ele!!! Enfim.
O Vitor Pereira foi arbitro ou apitador?
Estes senhores estão a tentar tapar o sol com a peneira, tanto no jogo do dragão como em alvade com o belenenses, os jogadores efectuaram cortes não passes deliberados, isto é o reflexo da nossa arbitragem em portugal mas não somos os piores, para quem viu o Europeu sub21 e um bocado o Mundial de sub20 os arbitros estrangeiros estão bem piores que os nossos mas anos luz, continuando , que o Sr Vitor Pereira queira defender a atitude do Proença até aí tudo bem, mas não desta maneira deturpando o espirito da lei, ele agora ja inventa condições particulares na lei, os Senhores da Fifa que venham cá ver uns joginhos da Liga Portuguesa e vejam com os proprios olhos.
Demissão
O Sr. Vitor Pereira mostrou assim a sua ignorância tendo em conta as regras oficiais da FIFA, que mencionam que só é livre quando o guarda-redes agarra a bola que lhe é passada deliberadamente. Só lhe resta uma coisa, pedir a demissão.
então o árbitro não teve coragem, apita uma falta dentro da área que dá uma vitória a uma equipa idónea. Ridículo! Passa mais um fim-de-semana e volta um árbitro a ter coragem, dá um golo depois de a bola ter saído pela linha final, novamente a esta equipa idónea. Estes árbitros andam cheios de coragem. Depois de ler o regulamentos da FIFA, tenho a certeza que os árbitros andam cheios de "coragem", para os lados desta equipa idónea. O que vale é que os "diferentes", pela postura no futebol (leia-se sportinguistas), vivem de restos deixados por outros, então não se podem queixar muito, senão, ficam sem o ossinho! Saudações Desportivas
O Sr. Vitor Pereira explicou pelas regras de futebol e do "internacinal Board" o que quer dizer "atirar".
Gostava também que explica-se o quer dizer "deliberadamente".
Será que o dicionário ou o livro das regras de futebol deste senhor, foi comprado numa loja dos 300 e que lá não exista o significado para a palavra "deliberada".
Será que quer proteger o seu "delfim"? E qual o seu motivo?
A arbitragem portuguesa será algum grupo de intocáveis?
Vê-se nas competições europeias que não há para amostra, 1 representante Português na chamado "grupo de élite".
A atitude deste ex: árbitro, chama-se a isso, fugir com o "rabo à seringa".
Também não é querer atirar "terra para os olhos" e chamar pacóvios aos jornalistas desportivos, e a todos que gostam de futebol?
Cala a boca oh Pereira
Este Pereira ou é ignorante ou está comprometido. O nº 3 da bendita lei é bem explícito, para quê argumentos marginais? O critério do árbitro apenas se pode aplicar relativamente á intenção e está tudo dito. Já agora qual q necessidade do Sr. P.Proença vir a toda á pressa justificar-se? Se errou, errou. Agora querer tapar o sol com uma peneira...precisa de aulas de português para interpretar melhor o que lê.
Já se percebe que tipo de "coragem" é que o Jesualdo queria, não é?
Penso q só Portgal é q está bem, todos os outros países estão mal.... Srº Vitor pereira não compre um dicionário q não vale a pena!!!! Custa assim tanto admir um erro?!!
"Deliberada" incompetência da arbitragem portuguesa
O Sr. Vitor Pereira, vem em tudo fazendo uma carreira semelhante ao Sr. Garrido. Sendo do Sporting defendem o Porto, feitios. Mas eu acho que ele não o faz por desonestidade, fá-lo por incompetência, tal como incompetente foi Proença, quando decidiu, pressionado pela berraria dos adeptos do Porto, e muito mais quando deu explicações que não constam das regras das leis de jogo do site da FIFA (vão lá e leiam a pag. 38), que são claras. O Sr. Vitor Pereira é como o outro, "estou de acordo com isso e com o contrário também". Numa arbitragem que avalia e coloca o sr. Proença em 1º, o Sr. Lucílio em 2ª, o Sr. Olegário em 3º (ou mais um lugar menos um, foi isto), está tudo dito. Temos estado e continuamos a passar os piores anos negros da história da arbitragem do futebol. Que mal fez este país para estar a sofrer por todos os lados. Tantos desempregados e ainda querem dar empregos a estes incompetentes. Eles deviam pagar para arbitrar e pagar para indemnizar do mal que fazem. Que grandes incompetentes.
Pelo amor de Deus, deixem de chorar o penalty que obviamente não podia ser marcado ao SCP por pretensa falta do Tonel!
É triste, muito triste, que se disponham a defender uma injustiça que admitem com outra injustiça que defendem ter acontecido.
A "ética da vingança" é uma triste prática que só fica mal a quem a defende!
A discussão aqui está a ser feita apenas sobre a decisão de Pedro Proença. Poupem-se, por favor a tristes figuras e, se nada têm a comentar sobre isso, festejem as vitórias do FCP, que já percebemos todos que, para vocês, é pouco relevante a forma como acontecem.
Ah... e já agora um desejo... que não se faça vingança, antes justiça! Parafraseando Octávio Machado: "Vocês sabem do que estou a falar"!
que eu acho curioso é como se anda a falar desta jogada há já 2 semanas...e ninguem fala por exemplo em relação ao seguimento deste lance:

1) Arbitro não ter deixado o guarda redes recuar antes do livre,

2)o arbitro não ter repetido o livre por os jogadores do Sporting estarem mal colocados

3) a ma prestação do guarda redes no livre (ai sim, a unica falha que lhe vi...se tem estado todos quitetinho em vez de irem a correr feitos malucos a abrir buracos queria ver se a bola entrava

Vitor Pereira - Lição de Português
Este comentário do Sr. Vítor Pereira é de facto muito infeliz. Feita a leitura da lei em Inglês e em Português (podia estar mal traduzido...) no sitio http://www.lpfp.pt/SiteCollectionDocuments/Leis%20do%20jogo.pdf . Claro que a grande maioria não tem acesso à correcta informação. Ou será que não sabemos ler?
Mas qual penalty do Tonel? Tal como o senhor não conhece a lei 12 do futebol, também não sabe que a intencionalidade é peça-chave numa mão dentro da área! Se o Tonel falha um cabeceamento e se entre o momento em que a bola passa pela cabeça e embate no braço, não há qualquer movimento do braço, então nunca na vida poderia ser considerado penalty.

...

Pode comprovar a lei indo a http://www.fifa.com/mm/document/affederation/federation/laws_of_the_game_0708_10565.pdf. Na página 37 das Leis do Jogo publicadas pela FIFA tem a explicação para esse "penalty" de que vocês se queixam.

Quanto ao comunicado que o Vítor Pereira publicou acerca do lance do Polga. É interessante ver como a palavra "deliberadamente" foi ocultada na conclusão da Comissão de Arbitragem, apesar de todas as leis e deliberações citadas a considerarem como condição necessária para a marcação de um livre indirecto. Além do mais, uma bola que vai nitidamente na direcção do Tonel jamais pode ser considerada como um atraso para o guarda-redes. O comunicado é uma palhaçada, tal como é esta Liga, enquanto não houver uma limpeza geral nos organismos reguladores do futebol português, nunca vamos sair da mediocridade.
precisam de um tradutor??
Quem é k traduz as regras para Português?? É o emplastro?? É o Fiúza?? Mto obrigado a kem postou a versão original da norma, só assim é k s percebe, porque o comunicado da Liga n faz sentido nenhum... "...atira a bola...";"...pode ser marcado..." Tá tudo entregue aos bichos...
Qt aos lances em causa, como lampião, tenho uma perspectiva limpinha... O do estádio do dragão é complicado, mas akilo é um corte, n é um passe...

Para quem não sabe ler, ou não quer saber (inclusive o trecho que fizeram o favor de colocar tirado do site da FIFA), a palavra "deliberadamente" tem toda a influência neste caso. Ou seja, "deliberadamente", significa "com intenção de". E para quem quer ver as coisas com olhos de ver, é claramente perceptível que o Polga faz um corte limpo, com a única intenção de impedir que o Postiga crie um lance de perigo ou mesmo marcar golo. Como é possível, alguém naquela situação conseguir cortar a bola e ainda por cima mandar intencionalmente pro guarda-redes??? Tenham juizo e analisem os lances como eles são!!!

Então não foi um passe deliberado (corte) do Polga, que até tinha a bola contralada (pelo Postiga) e que se lembrou de passar (cortar) a bola para o lado que estava virado com tanta força que até o Tonel se desviou, e deixou passar a bola para o Stoi que depois daquilo tudo agarra a bola tendo antes "puxado" o Postiga para si... Pois é!! se fosse para a linha de fundo já não era falta/livre... não dava para rematar directo á baliza...Pois isso!!
Ah!! mas tambem se estava a ver que só assim é que lá iam...
Mas entao diga-me la amigo Alexandre Gomes o "deliberately" esta ali a fazer o que?
Parece-me claro(facciosismos a parte, sou benfiquista) que aquele "kick" não foi com a intenção de passar a bola ao guarda-redes, o jogador simplesmente corta a bola.
...deliberadamente COSMOS!!!
Isto é tipo viagem de férias, ao Brasil!
Quem consegue provar que a viagem paga ao árbitro pela Cosmos, o foi deliberadamente???
E assim se ganham campeonatos!!!!!

Atenção daqui para a frente! É que pela interpretação do Conselho de arbitragem da Liga agora sempre que um avançado rematae a baliza e a bola ressalte no pé de um defesa, o guarda redes já não a pode agarrar com a mão! Isto é que vai ser golos de três em pipa de agora em diante! Afinal o Conselho de arbitragem da Liga tomou uma decisão que preveligia o futebol de ataque! Viva o Conselho de arbitragem da Liga e os iluminados que o compõem! Deviam ir todos trabalhar para a fifa e para o International Board! Afinal descobriram do nada aquilo que anda toda a gente a tentar descobrir há cento e tal anos: uma maneira de melhorar o espectáculo e de haver mais golos!
Assim está bem, também gostava de ter assim um emprego em que pudesse decidir em conformidade com o lado de que vem o vento...
Está na hora de uma vez por todas acabar com estas aldrabices... porque é que o presidente do Sporting não toma uma atitude uma vez por todas??? porque não envia um cojunto de videos com o qual o Sporting tem sido escandalosamente roubado nos ultimos anos e os envia para a FIFA e UEFA?? é que a FIFA como entidade privada que é pode muito bem irradiar arbitros e dirigentes dos mesmos...e colocar lá arbitros que venham das distritais ( muitos deles faziam melhor figura que muitos que andam na liga principal) ou até mesmo de Espanha, ou do Zimbabwe... isto é uma vergonha... e ainda querem a profissionalização...estáva-se mesmo a ver no que isto ìa dar se um senhor arbitro era um simpatizante de um determinado clube, e prejudicásse terceiros podia-se manter na sua posição indefenidamente pois quem conseguiria despedi-los depois?? é que não me venham com historias um arbitro nas condições actuais tem de saber as regras ... não vai ser a profissionalização que o vai ensinar.. aumenta é os maus hábitos... queixas para a FIFA já !!!
Vítor Pereira explica o quê?
Não explica nada! Quando muito apenas mostra que é um lacaio do Sistema, do tal sistema que Dias da Cunha falava e que os broncos e parolos do costume diziam que o homem era cheche. Está à vista. No mundo de futebol, vale tudo! Lembram-se de um jogo contra o chaves em que o SCP pressionava mas não conseguia marcar e que aos 80/85 min vem a luz abaixo do estádio, para o jogo ficar por aí? Ou lembram-se do ultimo confronto do Leiria-FCP com helton ainda na baliza Leiriense? Lembram-se como ele fugiu da baliza não dando explicações a ninguém, e forçando o Leiria a colocar outro GR na baliza? Lembram-se do remate às malas laterais num FCP-SCP em que as malhas não estavam bem presas e é validado um golo para o FCP? Lembram-se de um jogo onde Amunike entra de lado a um portista e é logo expulso? Lembram-se de um jogo onde os actores do FCP passaram o jogo a atira-se para o chão para "ganharem" livres para o Doriva? Lembram-se de um FCP-SCP onde o Costinha é expulso por SOFRER FALTA da bailarina Domingos e o Oceano teve de ir para a baliza?...Lembram-se de ver o Baia a defender com as mãos fora da baliza? Ou de "roubar " um golo ao Petit (falam do Ricardo mas Baia já tinha feito igual), Lembram-se de ver o Adriano num BFC-FCP a pontapear a cabeça de khadim que estava no chão? Lembram-se de ver Meireles a cuspir a Caneira e este ser expulso depois de cuspido?... Apito Dourado? Não issso não existe, isso é invenção dos que perdem...
Meus prezados adeptos do futebol. Este senhor como pode ser Presidente do Conselho de Arbitragem da Liga? Assumido sportinguista, jamais será imparcial, lembro-me de época após época sempre a prejudicar o SPORTING e agora mais uma vez veio a publico fazer o mesmo. No lance o Helder Postiga tem a posse de bola, o Polga apenas tira a posse de bola ao Postiga, nao podia fazer outra coisa. Este senhor é anti-sportinguista, ha momentos q o silencio é a melhor arma, em termos de opinioes entre elas publico em geral ex-arbitros é 99% contra 1% a favor; alguém tem duvidas. Abraço aos amantes da modalidade, um dirigente da liga nao pode ser um partidario...
Vê-se de tudo
É incrível como as pessoas não sabem o que dizem. A PALAVRA DELIBERADA refere-se à INTENÇÃO DE ATRASAR A BOLA E NÃO DE TOCAR NA BOLA, é óbvio que todo o jogador que estica o pé é para tocar na bola, o que importa é se ele tocou na bola com intenção de a atrasar para o guarda redes e isso é óbvio que não aconteceu. E agora ir falar em vantagens leais e desleais é inventar regras e intenções que nas da FIFA não são referidas. Parem de inventar termos que não existem na lei para esquecer os que lá estão.
E o Quaresma, não esteve tempo a mais em jogo? O ano passado andaram a chorar pelos cantos porque o Katsouranis era uma besta por ter lesionado o Anderson. Este ano perderam o pio? A entrada do Quaresma não é de conduta violenta, pondo em riscoa a integridade física do adversário? Não é passível de expulsão?

Pelos vistos agora, basta dar um beijinho na cara do adversário "cilindrado" para evitar a cartolina avermelhada.

World class...
... é a qualidade do central Anderson Polga que "quase" de "carrinho" não corta a bola, mas sim faz um passe ao keeper! Já tou como o outro que diz que o Sporting é pioneiro em práticamente tudo neste pais (Não me lembro de ver um árbitro a apitar a lei dos 6 segundos aos GR, mas P.Schmeichel num dos 1ºs jogos em Portugal teve essa experiência...).
Apesar de tudo,

SPORTING SEMPRE!

...

Vítor Pereira não explicou nada!
Vítor Pereira não explicou nada! Disse que ... mas não explicou.

Uma observação: se, no futuro, um árbitro tiver "muita coragem" para punir o FCP, em lance semelhante, eu vou ter o supremo gozo de ver as mesmas pessoas defender o contrário!

Já dizia um colega meu, com ironia, quando deparava com fatas de verticalidade: - estou pronto a afirmar isto ou o contário se for necessário!


Os Portistas não prestam mesmo...
Então, nem mesmo com a lei traduzida, vocês são capazes de enveredar pela verdade? A lei diz que para ser livre indirecto o jogador tem de pontapear deliberadamente a bola ao seu GR.
-A única coisa que Polga fez "deliberadamente" foi desarmar em queda Postiga. A bola teve como destino Tonel (ATENÇÃO A ESTE PORMENOR) e não a Stoikovic. Tonel afasta as pernas para a bola seguir em direcção ao GR.E ainda afirmam que foi bem marcado o livre? Deu-vos foi muito jeito, foi o que foi...agora daí a ser correcto, vai uma longa distância.

Vocês não conseguem ser honestos, nem que queiram. Ensinaram-vos a proteger o porto com ou sem razão, o que importa é vencer. A pensar assim, não vão a lado nenhum. Podem vencer mais, mas são vitórias alicerçadas em favores, em mentiras, em corrupção, em subornos, e isso não vale nada.
Quando Quaresma viu o amarelo (em vez de mostrar o vermelho que se exigia, não só a ele mas tb a mais 3 sarrafeiros) vocês mandaram a casa abaixo com insultos e assobios. Como é que alguém pode esperar que vocês tenham a DECÊNCIA de ser honestos? Eu não tenho ilusões. O Sporting mete medo a muita gente, e o Sistema está muito bem de saúde e apesar das "beliscadelas" da PGR, parece que ainda não tem a noção da proporção deste polvo que tem como cerebro-mor o maior gangster, aldrabão e bandido português de todos os tempos. O Capitão Roby e a Dona Branca são uns meninos à beira deste escroque. E lá andam vocês que não passam de uns peões miseráveis a defender um gatuno que enriqueceu à custa do Futebol. Um individuo que era vendedor de fogões que se pode dar ao luxo de comprar casas de 500mil euros em Miramar e nem por lá os pés...
Ah, Vitor Pereira!
De certeza que o gajo teve negativa a Português... Nem sequer sabe interpretar um texto! A interpretação do I.F.A. Board diz: "Quando um companheiro de equipa atirar DELIBERADAMENTE a bola não em direcção
ao guarda-redes (por exemplo, para o lado dos postes" e a interpretação da CA da Liga é a de que um takle por "detrás" - não dá direito a vermelho directo? - é (ou pelo menos pode ser) atirar a bola deliberadamente? Estranha interpretação!!!
De certeza que o gajo teve negativa a Português... Nem sequer sabe interpretar um texto! A interpretação do I.F.A. Board diz: "Quando um companheiro de equipa atirar DELIBERADAMENTE a bola não em direcção
ao guarda-redes (por exemplo, para o lado dos postes" e a interpretação da CA da Liga é a de que um takle por "detrás" - não dá direito a vermelho directo? - é (ou pelo menos pode ser) atirar a bola deliberadamente? Estranha interpretação!!!

PPA disse...

Jornal RECORD:

Com esta cobertura e beneplácito vamos continuar a assistir aos habituais abusos na vergonhosa arbitra- gem que se faz em Portugal.Se o desarme de Polga foi deliberado só porque foi na direcção de Stoikovic, a accção de Costinha também é punível.A bola ia para fora mas ele evitou um canto que poderia hipotética- mente vir a dar golo.

Porque será que muitos árbitros andam a contas com a justiça por corrupção ???

Mas todos sabiam que a comissáo de arbitragem iria dar sempre o seu total apoio ao árbitro que melhor classificaçao teve no ano passado, não poderia nunca ser de outra forma

Só lhes fica bem esse corporativismo,proença resolveu marcar livre fez muito bem,se não marcasse também teria feito bem,para tirar um coelho desses da cartola,não necessitavam de se ter reunido,podiam fazê-lo por sinais de fumo...

Ok então daki para a frente seja um corte ou um atraso ou o k ker k seja se a bola for na direcção da baliza e o gr a agarrar a bola com as mãos é marcado o livre indirecto... vamos ver se apartir deste momento o k vai acontecer... algo me diz k vai haver mais casos destes e ainda esta época... esperemos para ver as decisões dos árbitros nessa altura...

A lei é clara especificando que tem de ser intencional. Para alem disso o espirito da lei é o de evitar o antijogo. Logo nas Antas, nem o polga teve intençao de passar a bola, nem o Sporting de fazer antijogo. Por isto sugiro que faça bem o trabalho de casa e nao diga asneiras.
Na sequencia do q atras escrevi,a partir d 1documento oficial q se pode consultar no MF,pergunto cm pod a comissao de arbitragem dizer-se isenta, imparcial e contribuidora da pacificaçao do nosso futebol??note-se,eu tnh 1a visao imparcial do lance pois n sou adepto d nenhum dos dois clubes visados.NUNCA naquela situaçao,pod ter havido um atraso deliberado para o GR,uma vez que a bola foi na direcçao do tonel!!q cm todos sabem,teve q se desviar,para a bola passar!

Então a liga ja nao vem falar , dos lances do jogo? quaresma para a rua 30m de jogo, pedro emanuel 43m rua , bosigwa por acumulações de amarelos a liga disso ja nao fala? bem o jesualdo disse a meio da semana era preciso muita coragem ele certamente ja sabia o que ia passar.

Como é fácil de perceber cada vez que houver uma jogada destas contra o Sporting as ordens que há é marcar livre, mesmo que a barreira esteja mal formada, quando for em benefício do sporting não é nada porque não foi um atraso para o guarda-redes, como aconteceu na ultima jornada, isto até dá vontade de rir, é porque as regras não são rigorosamente iguais para todos, assim é fácil ganhar campeonatos, viva a pouca vergonha do Futebol Português.

Sendo assim,e apesar d eu pensar q se trata de uma situaçao de corte e nao de atraso deliberado,a pessoa a kem se dirigiria esse suposto atraso,seria tonel,nunca stojkovic!pod dizer-se q o GR,tev a sua cota parte de responsabilidad,e n se devera responsabilizar o arbitro pela sua decisao,q reconheço ser dificil (ao contrario das posteriores declaraçoes)!agora pfv,abramos os olhos!!atraso deliberado para o GR é td menos akilo!e podem crer q nca figurará cm exemplo nos livros sobre a materia..
A Liga dá razão a Pedro Proença! Não acredito que a Liga um organismo que necessita ser isento o faça, basta ler o que diz a lei que regula a arbitragem e analisar o lance. É o desprestígio total no futebol português, se assim é deviam então assinalar o mau trabalho de Carlos Xistra, ninguém se entende, e a Liga quer continuar a meter achas na fogueira em que irá arder. Decência, eficiência, responsabilidade, coerência. Deixem funcionar o futebol.

Nem de outra coisa se estava à espera, aqui protege-se a incompetência e o atropelo às regras, no ano passado foi o Paulo Costa (2 erros técnicos em Leiria) e o João Ferreira (golo com a mão). Este ano é o Proença. O denominador comum é que o prejudicado foi sempre o mesmo. A norma não foi criada para cortes mas para passes DELIBERADOS para o GR, cujo objectivo era queimar tempo. É difícil entender isto?
Uma vez que comem todos no mesmo tacho, o Sr. Vitor Pereira não ia cuspir lá dentro. É uma vergonha, fazem e dizem o que lhes apetece e pior ainda, encobrem-se uns aos outros.
Que engraçado... É no jogo com o BELENENSES houve uma situação IDÊNTICA e o árbitro não marcou! Pelos vistos a regra é a do costume: se prejudicar o SCP, marca-se; se beneficiar, não se marca. Esta explicação é ridícula, nem fundamentada está - é sim porque sim!


A lei fala em passe deliberado...e em paragrafo algum se refere a linhas de baliza,mais uma invenção/manipulação da leis tão típica dos tugas...viva o chico-espertismo! Não admira que estejamos na cauda da Europa.

O futebol português é uma anedota. Então passa a ser "PASSE DELIBERADO" qualquer corte feito na direcção do guarda-redes. Se calhar podiamos fazer umas regras diferentes do resto do mundo para a Liga. Já agora se um passe deliberado para o guarda-redes não for na direcção deste passa a ser corte? AHAHAH. Sigam o exemplo de Inglaterra onde os árbitros assumem os seus erros. Ao não assumirem os erros mostram ou ignorância ou que fazem parte do apito dourado...

QUE PALHAÇADA!!ainda no domingo o jorge coroado dizia que aquilo nao era claramente para livre indirecto.e acho que é impossivel um jogador passar para outro jogador,enquanto faz um carrinho para tirar a bola a um adversario,alem de que a bola nem sequer ia destinada ao stojkovic.

então e o lance do belem em alvalade? voces são vergonhosos, estão a tentar cobrir uma situação e dar razão a um arbitro mediocre sem categoria nenhuma com invenções de faltas que nem nas regras vêm mencionadas! ABUTRES








Apenas uma pergunta muito ingenua,porque será k estas palhaçadas só acontecem sempre aos mesmos,onde estava este professor do apito quando o paços de ferreira meteu o golo com a mão? e lance igual neste domingo com o belenense?mas atenção a procisão ainda vái no adro,não vale a pena explicações só queria entender.

Outra coisa não seria de esperar, desta liga corrupta da arbitragem. As decisões dos árbitros neste país, são segundo as suas simpatias e conveniências = a euros.

srs árbitros, apartir de agora, é ao gosto do freguês! como diz o comunicado, qualquer coisa pontapeada para a baliza "pode" ser sancionada. façam como entederem melhor, têm carta branca para instalar o caos...

Como é que alguem pode passar alguma coisa que não está na sua posse???O polga não tinha a bola em sua posse nunca a podia ter passado ao Stoicovik... Acho eu de que...

Não há palavras para descrever a hipocrisia, incompetência e mediocridade que reina nesta liga.



Ora mudam-se os tempos, mudam-se as regras. O mais absurdo que já ouvi. "pode-se, ou não, assinalar..." Muito bem, contra corrupção não há argumentos.

Os dirigentes do SCP devem reagir e pedir a demissão da comissão de arbitragem, que molda as leis do futebol aos interesses dos dirigentes do FCP, sobre os quais neste momento exitem fortes suspeitas de corrupção desportiva.

Aí está o premio pela excelente arbitragem no dragão,na proxima semana este pequeno genio da arbitragem vái actuar no jogo internacional,nada mais descarado do k isto,se calhar o arbitro do união e fcp pelo 2º golo do porto possivelmente terá o mesmo premio,Sr. vitor pereira faça um favor aos desportistas em geral,se apesar de ainda não conseguiu ler com atenção todas as leis do futebol,ainda tem tempo para isso,pois as explicações de jorje coroado foram bem explicitas.

Com este esclarecimento a liga não dá razão ao sr proença.Dá-lhe é o poder escrucionário de julgar a intenção do jogador que faz o corteEntão isto ainda é pior.Vamos então assistir ao sr proença julgar intencional o lance do polga,nas Antas,desculpar o atraso do Katsoranis na luz e desculpar o atraso do Rolando em Alvaladeè este poder sobre as mentes que é subjectivo e mesmo a jeito da especulação.

Será que na próxima semana o Sr. Vitor Pereira vai emitir um comunicado a explicar que uma bola só pode ser considerada fora do campo, quando esta ultrapassar total e inequivocamente, sem qualquer sombra de dúvida até ao último milímetro da sua esfera e, somente após o fiscal de linha e árbitro em conjunto assim o observarem e como tal deliberarem... e que, possivelmente, às vezes as câmaras de TV não vêm tão bem quanto os olhos astutos dos árbitros que ele nomeia...

Este comunicado é o verdadeiro "engana-meninos" ou o chamado de "atirar areia para os olhos". Então a certa parte lê-se: "pode ser punido com ...". Pode ser?! Mas quem é que tem esse poder ? E baseia-se em que argumentos ?!


Alguém se lembra de esta comissão alguma vez ter posto em causa uma decisão de arbitragem???


E pronto..a PALHAÇADA continua. O curioso é que só vem a terreiro defender os fazedores de resultados quando (para essa cambada) apitam "bem". Nas asneiradas da grossa ficam mudos. Levamos com 20 anos de apito dourado e agora até já querem branquear...tenham vergonha.
1º Sou benfiquista. Estas afirmações são uma anedota, este FCP até as regras muda, mas afinal de que têm tanto medos estes tipos da federação ?!

O Sr. Vitor Pereira devia dizer algo de muito simples: - Não exite atraso, logo não deveria ter sido marcado livre; - O Quaresma devia ter sido expulso pela entrada durissima sobre o Veloso; - O P. Emanuel devia ter sido expulso por agressão a Derlei! Mas ele não diz, não pode ... depois o "Patrão" não paga!

Apesar de ter comprado a Game-Box já nem me dou ao trabalho de ir de Abrantes ver jogos a Alvalade,ou a qualquer outro estádio.Sómente porque uns fulanos que levam para casa mais de 3.500 euros,fora outras prebendas,resolvem adulterar as regras do jogo a seu belo prazer.Os papalvos,dizem eles, comem tudo o que nós quisermos!Assim se fabricam campeões ao sabor do quem dá mais!Gostaria era de saber o que dirá disto tudo a FIFA e a UEFA com estas interpretações avulsas e arbitráriamente impostas!.

Ridículo, então agora o que conta é a linha da baliza. Então se fizer um atraso para o GR quando este estiver num dos cantos da área, fora de linha com a baliza, já pode ser? ehhehehehe lindo! Realmente isto começa muito bem. E que tal esclarecer de uma vez por todas a porcaria da regra? E já agora... pode ser punido, ou TEM de ser punido? É que isso do "poder ser" é um bocado relativo não?
Há aqui comentários que não têm ponta por onde se lhe pegue,julgo mesmo que são de crianças de 10 anos ou então adultos que não sabem ler nem escrever.Esqueçam o que meio-mundo anda a dizer,pensem por vocês e não andem a reboque...as leis são claras e estão no site da FIFA.Sejam sérios.Lei 12:passe deliberado...e não há referencia alguma a linhas de baliza.

A lei diz "PASSE DELIBERADO" e o "Desconselho" da Arbitragem da Liga inventa e faz acrescentos à lei conforme dá jeito, para justificar a incompetência de alguns arbitros e membros da dita Comissão.Já agora na minha humilde opinião Carlos Xistra agiu bem no lance do dito atraso.

A regra diz isto: Tocar a bola com as mãos vindo de um passe atirado deliberadamente com o pé por um seu colega de equipa. Alguém explique ao Sr. Vítor Pereira o significado da palavra deliberadamente.

O nosso portugues é fantástico... "pode ser punido com pontapé-livre indirecto"... ou seja se o arbitro assim o entender... assim o futebol em portugal é uma maravilha... E mais gosto mt k um atraso ou um corte num lance em k a bola vai na direção da baliza seja a mesma coisa... um corte é um corte, um passe é um passe... por amor de deus axo k toda a gente concorda comigo... Gostava k todos fossem ler a lei e em seguida o k o proença disse e depois digam-me o k é k estes arbitros sabem da lei?

Era metê-los todos dentro de um contentor e envia-los para a Disneylândia, lá é que é a terra dos palhaços. Notem bem o que digo, enquanto não tivermos árbitros estrangeiros, o futebol em Portugal é coisa que não existe. Temos uma espécie de Wrestling do Futebol onde é tudo a fingir e ganha quem tem maior apoio do público (slb) ou quem faz mais batota (fcp). Resumindo: É UM NOJO!!!

Tenho vergonha do nosso país e do modo como tudo funciona. A máfia italiana e mundial devia vir para Portugal ter lições. Isto é um escândalo

Estou a ver que escolhi a profissão errada, em vez de ser engenheiro devia ser arbitro de futebol,ou melhor, devia pertencer à comissão de arbitragem da liga, sempre teria fruta de graça. Devem estar todos com a barriguinha cheia. É uma vergonha o futebol nacional.

A mesma comissão chegou à conclusão que o famoso golo da Argentina contra a Inglaterra no mundial de 1986 foi marcado por Deus e não por Maradona. Que palhaçada.

Não compreendo esta situação. Desde quando a liga vem a público dizer se um lance foi bem ou mal assinalado? E depois ainda mete mais dúvidas quando usa o termo "pode ser assinalado". Ou TEM de ser assinalado ou NÃO TEM de ser assinalado, o PODE fica ao critério de cada árbitro. O mesmo lance num jogo é assinalado e em outro não é, isso é contra a verdade desportiva.

O sr. Vitor Pereira devia ter vergonha em assinar aquele comunicado. Até parece que nunca esteve em reuniões do International Board. Onde é que nas leis de jogo, assim como nas dezenas de páginas de recomendações do International Board é que vem mencionado aquele iluminismo saloio e bacoco referido no comunicado?

se havia alguma duvida, sobre a arbitragem em portugal, elas estão desfeitas, é tudo farinha do mesmo saco

ja agora... isto não mostra que o arbitro tem razão... isto apenas protege o arbitro dizendo que se ele achou que era traso assinalou bem se não achasse e não assinalasse tambem tinha feito bem... estranho... pensava que os arbitros tinham as regras pa seguir mas parece que agora ja podem tomar decisoes por si proprios em relação a determinadas regras... cantando e rindo...

Só gostava que esse senhor me mostrasse onde é que os regulamentos fazem distrinça quanto à direcção do atrazo.Já quando era àrbitro primava pelas decisões habilidosas e pouco honestas como demonstra bem o roubo num Porto-Sporting no tempo do Josic. Depois desse jogo se fosse honesto deveria ter desaparecido do futebol.

o árbitro marca se quiser!O que, por outras palavras, significa: se fôr contra o Sporting, marca-se (como aconteceu); se fôr a favor do Sporting, não se marca (como se viu)!É UMA VERGONHA!!!

Ainda vai aparecer um golo a valer por três, se este for marcado de fora da grande area. Por cá a defesa dos incompetentes continua a ser cultivada. Lá fora, por um penalty mal assinalado um àbitro consagrado internacionalmente, ficou de fora uma semanita, e isto depois de este assumir o erro. Por cá não se assume nada já que as regras são alteradas a gosto. Não sou "lagarto" já agora.
Ainda vamos no principio do campeonato e 'JÁ COMEÇOU....'. Assim~é impossivel ganhar seja o que for em Portugal, se depende de arbitragens controladas por quem sabemos.....SCP Forever

Ainda existe alguêm no mundo que se acredite na Comissão de Arbitragem da Liga????? Qualquer comentário desta entidade vale o que vale COMO É OBVIO! Só os tolinhos e corruptos é que validam esta associação.Acreditar nesta gente será igual a acreditar no pai natal.....

Sr Bino Ferreira será q a comissão tb autoriza os pitons de aluminio nas canelas, as cotoveladas e cruzar as bolas fora de campo? e lá vão eles em 1º como se isto fizesse parte das regras...vergonha

Contra o Sporting, pode ser marcado a falta. Contra Os Beleneses não. Obrigado mais uma vez, os iluminados da arbitragem Portuguesa abrir as portas a corupção.


Segundo a FPF so é falta quando o guarda redes agarra a bola com as maos vindas de um passe de um colega de equipa, isto nao sou eu que estou a dizer, esta escrito nas leis na FPF, pois isso é que o pais anda assim, nota-se logo que estas pessoas que andam na arbitragem ou não sabem ler ou então fazem de proposito.

Podiam-me dizer, os erros acontecem. O árbitro errou, motivado ou impelido pelo jogo de pressões que foi feito. Ou simplesmente porque na altura teve a percepção(errada) de que o Polga tava na posse da bola e fez aquele passe para o Stoi. Ou porque tinha suor nos olhos não viu e depois olhou para a escandaleira que o postiga estava a fazer. Não sei. Agora preocupante é dizer que não errou. Isto sim é contra a verdade desportiva e realmente diz muito acerca da isenção desse organismo. +Corrupção

Uma das maiores virtudes do ser humano é reconhecer os seus erros. Quando esse erro não tem fundamentação possível, não o reconhecer é cair no ridículo. Segundo P.Proença e V.Pereira, 1+1=3. E nós temos que engolir...


Palhaçada. Nunca viu uma decisão como a do Proença antes e desconfio que nunca mais verei. É daquelas coisas que só acontecem nos momentos oportunos e importantes e sempre a favor do(s)"papa(s)".


Sou benfiquista. Cenário: Caso um pontapé de bicicleta, na área contrária, espirrar e for em direcção ao guarda-redes da sua equipa, este amarrar é falta? Porque foi um passe???? Um corte no meio campo, como o do Katsouranis o ano passado que foi auto-golo se o Quim amarrasse e defendesse era falta??? Cresçam todos os que estão a favor da falta e já agora pensem.

Eu já vi muitas arbitragens do Carlos Calheiros para não falar noutros, neste estilo do Proença. Foi nomeado em anos sucessivos para jogos SCP-FCP em Alvalade com os resultados que se conhecem. Sr. Vítor Pereira, DEMITA-SE!!

Isto devia dar prisão a quem emite este comunicado... caros amigos, vejam o site http://www.fifa.com/mm/document/affederation/federation/laws%5fof%5fthe%5fgame%5f0708%5f10565.pdf pág. 38... lá diz claramente:"An indirect free kick is awarded to the opposing team if a goalkeeper,inside his own penalty area, commits any of the following four offences:(...)touches the ball with his hands after it has been deliberately (DELIBERADAMENTE) kickedto him by a team-mate"


Sr Vitor Pereira, se ainda tem alguma dignidade...demita-se. Por muito que tentem, existe algo que não conseguem branquear, as declarações no dia seguinte ao jogo, desse expert em arbitragem e pelo visto em português, que dá pelo nome de Pedro Proença. Com tais declarações, ele declarou-se (passe o pleunasmo) ignorante.

Esta Liga tem regras especiais... de preferencia que estejam de acordo com os principios do FCP... enfim, o que se há-de fazer... sempre foi assim e, pelo que vejo, há-de continuar a sê-lo!! Como Benfiquista dou razão ao SCP, porque Polga cortou a bola e, pelo menos em outros campeonatos, quando assim é o guarda-redes pode apanhar a bola!



Mas estes gajos kerem proteger a incometência dos arbitros nacionais... só nesta jornada temos um golo k surge depois da bola ter saido (leiria x porto), um golo marcado em fora de jogo (paços x boavista), duas jogadas a beneficiar o infrator (scp x belem)... e isto xega pk até mete nojo responder a estes gajos...

o que a liga,e o victor pereira não têem coragem de dizer,é que se fosse o helton a agarrar a bola,o proença marcava a falta...MAS É O TANAS.

Afinal, e ao contrário do que o Sr. árbitro tinha referido, a lei não é assim tão clara quanto isso. A própria liga assim o demonstra. Quando se usa a expressão "pode punir". Pode punir, se quiser, se não quiser não pune. Se fôr no estádio do dragão a favor do Porto, pode punir, se for em Alvalade a favor do Sporting não pode punir!! Espero que pelo menos aproveitem a oportunidade para esclarecer a lei pra que no futuro seja efectivamente clara.

Esta camuflagem do erro é no minimo escandalosa! com as imagens q já revi vezes sem conta, onde é que um jogador, que entra pelas costas de outro, que tem a posse de bola, e a CORTA (nao passa!!!) na direcção do guarda-redes tendo este apanhado a mesma pode ser sancionado? esperem já sei.. no campeonato de PORTOgal! tá feito..

Depois de tanta vigarice no futebol português que deu dezenas de títulos ao Porto e reduziu a cinzas os clubes da margem Sul do Tejo, só faltava mesmo aparecer um Comissão de Arbitragem capaz de alterar as regras. O problema é que estas coisas, que são só para rir e não para levar a sério, aparecem sempre para justificar os tradicionais benefícios directos ou indirectos ao F.C.Porto.


N sou de nenhum dos três grandes, mas gosto de ver futebol, e como tal situaçoes destas podem acontecer, e o que se passou nestas duas últimas semanas, poderá repetir-se não pode repetir este tipo de atitudes e de esclarecimentos, senao a palavra corrupção continua a pairar no ar.Então uma bola que vai em direcção à linha de golo o guarda-redes não pode agarrar, independente ser for corte ou passe, e se for para canto já pode?Todos os arbitros tm d ter criterios iguais pois as regras sao as msm


Bad Boy...passa pela cabeça de alguém que a intenção do Polga era atrasar a bola para o guarda-redes??Com o Tonel no meio, ele pensou, vou fazer carrinho, o Tonel vai levanter as pernas e assim atraso a bola ao guarda-redes.Tenham mas é todos juízo. Só tenho pena é de não haver situação igual contra o Porto que aí queria ver as reacções dos portistas.Até o PC saía logo da toca...

Nem sei porquê que perderam tanto tempo na confusão do apito dourado. Cá continua tudo na mesma. O Porto é que faz as regras do campeonato. A FIFA, o governo, a Liga e a Federação não mandam cá nada. Parece uma ditadura. Quem manda é o "Pápa" e mais nada.

Desta forma a polémica vai continuar.1º pq não existe um critério uniforme2º pq a leitura feita pela Liga deixa a apreciação do "passar deliberadamente" ao critério do árbito.3º desta forma um árbito apita sempre bem estes lances.Este foi um passo atrás na arbitragem.

Ah, e Sr.Vitor Pereira...tenham vergonha das vossas decisões. Tapa-se o sol com a peneira,a porcaria continua e não vemos solução à vista para a podridão que sagra no futebol português. Continuem assim que vão bem. Dêem mais força a esses homens que andam de apito na boca e vão ver onde vai parar o nosso futebol. Eu, pessoalmente, já tomei uma decisão. Comigo não contam para dar dinheiro do meu bolso todas as semanas para ajudar a financiar esta nojeira.

O comunicado diz no fundo que os árbitros podem fazer o que quiserem que está sempre bem decidido e o chefe assina por baixo. É verdade! Mas nós também já sabíamos que era assim. O problema é que isto já não é um simples gozo dos árbitros e da Comissão de Arbitragem. É um insulto à inteligência das pessoas. Se os dirigentes da Liga e da comissão de arbitragem tivesse um pingo de vergonha na cara, demtitiam-se todos ...esta noite.

No comunicado da liga a palavra "deliberadamente" é completamente esquecida como s não estivesse na lei. Sou benfiquista, mas s fosse dirigente do SCP fazia queixa à UEFA e FIFA!E fazia a imagem correr o mundo p todos verem a merda de arbitragem que existe em ... neste país.

Apenas uma questão e direcçionada às pessoas da Comissão de Arbitragem: Será que aí alguém perçebe de futebol? Nunca no futebol aquele lance seria atraso senão em Portugal, mas pelos visto começa-se a perçeber, ou vocês não perçebem mesmo nada de futebol ou andam a querer alterar as regras. Mas se é assim também teriam de marcar aquele atraso do belenenses, pois é um lance igualzinho ao do Dragão. Tenham é vergonha na cara do que se passou e remediem-se.


O Sr. Vitor Pereira deve ler as Leis de Jogo, tal como elas vem redigidas, e ver se a descrição desta regra é como referiu. A ambiguidade não deve ser desculpa para os erros dos árbitros... Interprete a Lei para não haver dúvidas. Citando alguém, "...a ignorância é muito atrevida e má conselheira.", e a si em particular, ainda fica pior...


Não percebo a origem de tanta polémica em torno desta questão. Afinal de contas já toda a gente sabia que os árbitros podem, ou não, punir, aquilo que entenderem a seu bel-prazer, desde que o façam de acordo com dois mandamentos do futebol português: beneficiar o Porto ou prejudicar o Sporting (em relação ao Benfica a coisa já pia mais fino porque eles, de facto, são muitos)!!!

Este comunicado do VP merece o LOL da época! Fazer um corte é igual a fazer um passo deliberado. Faz-me lembrar o aborto aqui á uns tempos é proibido, mas pode-se fazer . Depende da prespectiva clubistica do arbitro. A arbitragem está cada vez mais podre.

Pelo que a comissão diz, imagino então que no caso de um defensor efectuar um pontapé no sentido contrário, da linha de baliza para a entrada da grande área, já esteja tudo bem e o guarda-redes já possa apanhar a bola... Parem mas é de inventar regras para encobrir erros! Tenham coragem e admitam-nos!

Segundo a interpretação deste senhor (Vítor Pereira) alguns dos árbitros de top europeu têm estado muito mal. Já agora, se não fôr em linha directa para a baliza? Mesmo que seja um atraso, pode-se agarrar? É que a FIFA (esses tipos que não percebem nada, nem fazem as regras nem nada) só falam de atraso e não de linhas ou "sentido da linha de baliza". É que a dúvida surge. A malta aqui não joga na 1ª divisão, mas tem a mania de seguir o que a FIFA diz. Mas como sabemos inglês, torna-se mais fáci


Proponho que se mude o nome à Comissão de Arbitragem da da Liga. Passa a ser: COMISSÃO FCP DE ARBITRAGEM.

Já me esquecia que o Sr Vitor Pereira também esteve na arbitragem nestes ultimos 25 anos, e também chegou longe ...porque será?

Isto é vergonhoso, vir justificar o injustificavel, a lei é clara diz "passe deliberado" não fala de cortes !!Tenham vergonha na cara !!!

Mas n sei pk tanto se discute por aqui, pois se todos sabem que a comissão de arbitragem ia dizer isso mesmo. Agora se vierem para aqui dizer que eles são parciais e provavelmente corruptos, isso sim, seria aquilo que todos pensam. Não sou do fcp e muito menos do scp, mas de uma coisa tenho a certeza, aquilo n era falta em lado nenhum do mundo. quer dizer, se me pagarem digo que é. O scp foi roubado e só tem a se lamentar.Qt a esses senhores da comixão, é manda-los pro....
No dia em que acertarem o passo a um destes senhores e o deixarem marcado para a vida, então tudo mudará. Tal como o governo, no dia em que acertarem o passo a um ministro, o povo deixará de passar fome e portugal evoluirá 10 anos e 1. Mas para isso, é necessário deixarmos de falar e começar a agir. Pk quem muito fala.......e eles la nos vão mandando despir as calças e colocar-mo-nos em posição.

Este é o efeito de 1 apito dourado que nada dá: os agentes criminosos ficam mais fortes e é um fartar vilanagem como se tem visto com o livre indirecto no Dragão e golos de cruzamento fora da área de jogo.

Mas será que estes senhores acham que o povo é todo parvo, então não esta devidamente escrito em todas as publicações oficiais do International Board que é livre no caso de atraso "DELIBERADO",agora vem estes senhores dizer qeu "PODE SER PUNIDO"então isto é o que senão jogar areia para os olhos!Acham que mais ninguem interpretar português?

Só mesmo em Portugal...As regras sao standardizadas para todo o mundo, mas a CA consegue alterá-las...Nas leis de Jogo de 2006 da FIFA diz isto "Um pontapé-livre indirecto será concedido à equipa adversária do guarda-redesque, encontrando-se na sua própria área de grande penalidade(...)tocar a bola com as mãos vindo de um passe atirado deliberadamente como pé por um seu colega de equipa"...Se alguém conseguir explicar como é k a CA altera uma regra da FIFA agradeço...

Inventam-se leis em Portugal, até já falam em linhas de fundo, bola no sentido da baliza e sei lá que mais para justificar um erro grosseiro, a LEI não fala em nada disso, apenas destaca a palavra DELIBERADO para proteger qualquer acção de um jogador que corte a bola e não esteja a queimar tempo com passes para o GR. Esta é a norma com que a lei foi criada.

O Sporting se quiser ser campeão vai ter de ser muito mais forte que todos os adversários e tentar rematar à baliza destes, sem que haja contacto ou bolas disputados com os mesmos. Porque os árbitros não nos dão hipotese como se viu no último jogo. Em caso de falta beneficiam sempre o infractor. Foi por de mais evidente. Uma vergonha. E marcar 1 ou 2 pode não chegar. É que um corte pode ser transformado num livre contra nós. Teremos de ser muito mais fortes. O que jogamos não chega. Viva o SCP!

Quanto ao arbitro reconhecer ou nao que errou eu ate hoje so vi um arbitro Portugues ter Bolas (Nao de Futebol) e admitir que tinha azia depois de ter visto as imagens do erro que fez foi o o Jorge Coroado . Confucio ja dizia "triste nao e um homem errar, Triste e quando um homem erra e nao o sabe admitir "

Esta corja que anda no futebol português... Eles cobrem-se uns aos outros! Resta-nos o consolo de saber que as regras internacionais estão do nosso lado. Cá no burgo as coisas passam-se de modo diferente... Incompetência ou vigarice?

Como benfiquista este comunicado preocupa-me... lembro-me tão bem de quando esta regra dos atrasos foi aplicada aqui á uns 8 ou 9 anos de ver na altura na televisão uma explicação feita com arbitos onde foi dito e redito que só era considerada falta se fosse um passe ao guarda redes !!! pela interpretação k o sr. vitor pereira dá aki, se um jogador rematar á baliza ou fizer um centro em k um defesa corte a bola, o guarda redes já não a pode agarrar !! é a ideia k fica depois de ler o comunicado.

O livre indirecto deve ser assinalado se a bola atirada por um colega, DELIBERADAMENTE, para o GRedes for tocada por este com as mãos!De acordo com a interpretação peregrina do CA, qq bola q chegue ao GR, proveniente de um seu colega, cortada ou atrasada, tem de ser jogada com os pés pq o arbitro PODE (se lhe apetecer, ou quiser) marcar a falta. Mais uma regra para desculpar o erro do PProença e no futuro permitir aos arbitros assinalar livres quando "der jeito ou for necessário". Uma vergonha!

O mesmo tipo de passa foi feito por 1 jogador do Belenenses e nada foi marcado!Será que era por ser a favor do S.C.P.?Como diz o Samuel Silva leiam as regras da F.I.F.A. e tirem as conclusões que quiserem,mas a marca do Valentim e companhia continua na liga que está poudre e caduca,como os seus dirigentes corruptos!

O livre do Proença não existe nas leis da FIFA, mas a «clarificação» da comissão de arbitragem é de ir às lágrimas. A linha de baliza vai de um canto ao outro. Logo, o lance do Costinha também dava livre. E isto de estabelecer uma regra remetendo para a vontade do árbitro puni-la ou não («pode ser punido»...) só em Portugal. Depois admiram-se por não irem arbitrar jogos do campeonato do mundo...

Penso que este comunicado tem matéria para apresentação de queixa sobre o Conselho de Arbitragem à FIFA...

nao ha coragem em portugal para se julgar com verdade,porque os nao recorrem a fifa com imagens e factos para ver se o apito dourado ou azulado se resolve de vez.acabar com a mafia urgentemente,ate em italia se punen os culpados.

Tristeza. Esclarecer tanto para ficar tudo na mesma. Sempre pensei que o Vitor Pereira fosse um pouco mais inteligente. Perdeu uma boa oportunidade para ficar calado. Podia ter defendido o Proenca concordando com a interpretacao do lance pelo mesmo e isso teria sido mais louvavel. Cada pessoa com bom senso viu que o GR do SCP teve muitissimo tempo para enviar a bola para qualquer lado sem estar sob pressao, portanto assinalar aquilo foi de uma estupidez incrivel....BENFIIIIIIICA.

Acho que o esclarecimento está claro!Usaram a palavra mágica:"PODE". Ou seja, pode dar livre contra alguns e não dar nada contra outros! Se estivermos a falar dos azulados então PODE tudo.

Sou benfiquista mas este comunicado eh um escandalo. em primeiro da-se a volta ah lei fugindo ah verdade desportiva, pois o comunicado refere um atraso para a linha de baliza quando o atraso daria falta se o passe fosse feito lateralmente.ainda por cima dao por igual um corte e um passe. Dpois temos a vergonha de comentario do arbitro Pedro Proença a dizer qua a lei eh "clara e objectiva", ora se o arbitro tem de analisar a intençao do jogador, se foi deliberadamente ou nao,

Proença sabe que ao moldar as leis do futebol de acordo com os interesses do clube que domina o sector da classificação dos árbitros, ganha pontos em relação a outros árbitros ainda piores que ele.O Sr. Pereira que manda na arbitragem da liga, que se diz sportinguista para disfarçar uma carreira de sucessos finaceiros, tem que ser demitido.


isto e uma verdadeira palhaçada!!!!ah que relembrar que o corte foi feito na dirçao da baliza porque foi o unico caminho possivel para o corte! digo e repito n foi um atrase de bola mas sim um corte de bola!agora cortes de bola na direçao da baliza sao punidos se o guardaredes agarrar com as maos....sinceramente! esta liga nao aprende inflizmente.que se faça justiça

Esta Comissão é um gozo... as regras da FIFA são interpretadas ???? Como é possivel ? Era fazer queixa à FIFA, para que ela esclarece a situação...seria lindo a FIFA lembrar à nossa "comissão" como são as regras...nunca na vida aquilo era falta....so não o ve quem não quer !!!

como e possivel! um jogador, que entra pelas costas de outro, que tem a posse de bola, e faz um corte(n send passe!)onde o guarda redes vem a agarrar como e possivel ser falta!como ja disseram isto e o campeonato de PORTOgal!!!

Escrevam isto que vou dizer: O APITO DOURADO ACABOU! A decisão do árbitro(!?) sobre este lance é o sinal definitivo de que a arbitragem pode voltar aos seus tempos gloriosos, distribuindo favores draconianos e recebendo fruta fresca em troca. Lamento que os sportinguistas só agora comecem a revoltar-se...

VERGONHA : Hilariante a explicação da LigaEnfim mais valia estarem calados pois sinceramente ainda se enterraram mais !A justificação é pobre e deturpa as leis do jogo, falseado o sentido da lei, basta saber um pouco Ingles para perceber :"indirect free kick is awarded to the opposing team if a goalkeeper, if touches the ball with his hands after it has been deliberately kicked to him by a team-mate"O livre foi marcado porque era a favor do FCP, se fosse ao contrario nada era marcado.

Olha q grande novidade. Devemos agradecer à Liga este esclarecimento, pq, de facto, ñ tinhamosentendido. O árbitro pode punir é diferente de o arbitro deve punir. A lei é ao critério dele. Ele escolheu punir, c coragem, mas toda a gente viu q se equivocou. Porém, foi Stojkovic quem "pagou". Convém a toda a gente... Os cães ladram e a caravana passa...

Gostava também de dizer aos srs da liga que pior que ser ignorante é não querer aprender! O meus srs não se estão a aperceber da vergonha pela qual estão a passar? É que está um país inteiro a rir-se de vocês e a constatar que vocês são burros!

tinha que ser, a lei só é assim vista pela comissão da liga, os comentários das televisões estrangeiras, TVE, Eurosport, Rai pelo que eu vi comentaram que não foi falta, se calhar a UEFA e a FIFA também dizem que não é falta mas quem tem razão são os senhores da comissão da liga. Como é a favor de um certo clube, o masi honrado e honesto de Portugal e do mundo que anda a ser vitima na comunicação social é que está correcto.

Este Proença promete, ha uns anos num jogo resolvido a penaltys deixou uma das equipas ficar atras da baliza onde foram marcados os penaltys, o ano passado não viu o penalty sobre o moutinho na final da taça, agora um corte (qnt mto um passe p o Tonel) ele ve como atraso ao Guarda redes, a prova que ele nao esta tranquilo é que nao mostrou amarelo ao guarda redes por este ter saido da barreira antes dele ter apitado (no mm lance) E diz ele que ser socio de um clube nao condiciona.

Só tenho pena que a comissão da liga o ano passado não tenha dado razão ao SCP para repetir um dos dois jogos em que o erro do árbitro foi evidente para todos, em Leiria e em ALvalade contra o Paços, porque não mandaram repetir o jogos, já sei se o SCP fizessem mais um ponto era campeão e não o FCP, por isso permitiu que o jogo tenha sido marcado com um erro técnico do árbitro e outro com o golo marcado com a mão. Justiça é o que se pede, e honestidade .

Só quando o edificio da liga sair do Porto é que as pessoas que lá trabalham serão livres de dar a sua opinião.Enquando o resultado do Apito Dourado (que vai ser igual ao da Casa Pia, Camarate,Saco Azul etc etc,) não sair, o pânico continua.Um dia os meus netos irão ver um jogo de futebol onde infelizmente não estará um arbitro a apitar um jogo mas sim um robot ou uma serie de câmaras ligadas a um computador(mas que o softwere não seja fabricado no Porto)porque os corruptos são uma praga.

Vocês têm toda a razão!... E se for preciso ainda vão aparecer os Paratys, João Ferreiras, Lucilios, Benquerenças (porque o Martins dos Santos já se aposentou com uma reforma choruda e com uma linda festa.), O Paulo e o Rui Costa (que ricas festas tiveram o ano passado ...), não é Sr. Vitor Pereira?? Já alguém investigou este Senhor? Investiguem!...Num jogo há uma interpretação por azar logo na semana a seguir um da mesma maneira teve outro critério.Se o do Dragão fosse na outra área!...

Espantosa a rapidez c/ que a C.A. veio defender o seu subordinado, discordando da posição do S.C.P.!!Nem outra coisa se esperaria!! Alguém se lembra de uma decisão dos órgãos desta liga, favorável ao S.C.P.?Já não se trata de uma questão de lei, mas antes de uma vontade, clara e firme de estar sempre "contra" este clube.Gostaria de saber se a liga tomaria a mesma posição em caso inverso, ou seja se o prejudicado fosse o F.C.P.!!A mim, não me enganam estes "iluminados da bola". Estou atento.

Ora aí está! Mais um tiro no próprio pé dado pela Comixão de Arbitragem da Liga... mas o que é isto????Será que eles pensam mesmo que somos todos uns tolinhos? Um exemplo da FIFA: se um jogador ao querer passar a bola ao seu GR, o faz tão mal, que a bola se dirige para fora pela linha lateral, e o GR a vai buscar com os pés fora da Gr Área e depois a leva até à G Área e a agarra. É falta, sim senhor! E porquê? o que interessa não é a direccção da bola, mas sim a intencionalidade!!!

Deixem-me rir....E o que é que eles vão inventar a seguir?Que a bola só está fora do terreno de jogo quando esta bater nos paíneis publicitários ou acertar em algum jornalista, fotógrafo, polícia ou apanha-bolas?

Sr. Carlos Santos... disse tudo!Este comunicado é um método de defender um companheiro, um acto de solidariedade, uma maneira de se encobrir um amigo, ou seja, um compadrio qualquer. Prestam-se para papéis ridículos quando o mais sério e mais fácil seria assumir um erro, e errar é humano. E seria tb menos ridiculo.Não atirem areia para os olhos dos adeptos de futebol e do desporto em geral.Com que credibilidade fica o nosso futebol depois disto?

Esta é que nunca tinha visto (ou melhor vi mas sem tanta propaganda). Entao fazem um esclarecimento onde explicam as regras e depois contradizem-nas deliberadamente no último paragrafo??!!?? Ou não sabem ler PT (e talvez EN, tambem) ou tem graves dificuldades de compreeensão! A regra é tão clara que doi ver alguem achar necessário justificar uma decisão pessoal de um árbitro!

Não seria de esperar outra coisa. A incompetência do árbitro resulta também da manifesta incompetência de quem coordena e dirige a arbitragem da Liga. É a incompetência na continuidade, pois estamos perante um ex-árbitro que não deixou saudades da sua própria incompetência. Já todos sabemos que enquanto certas e determinadas pessoas não forem CONDENADAS e ENCARCERADAS isto não muda...

Normalmente os incompetentes, desonestos e corruptos protegem-se entre si. É lógico que é o critério do árbitro de define tudo dentro das quatro linha, se é ou náo penálty,fora de jogo, jogo violento, etc. Agora esse critério tem de estar de acordo com as leis e o bom senso. Se os critérios do árbrito estão eivados de incomptência, corrupção, desonestidade ou simples azia, embora possam vir certas entidades tentar dar cobertura a essas decisões, não deixam de estar erradas e merecer criticas.

É incrível como o vitor pereira com letra minúscula, vem dizer quer dizer tem a lata de camuflar um erro do árbitro Proença com a palavra que pode marcar livre. vitor pereira quando uma jogada é faltosa tem que marcar livre, não se está sempre a errar porque pode utilizar a palavra pode...você vitor pereira andou tantos anos na arbitragem sem saber as regras do futebol a prejudicar os clubes, e agora nos gabinetes para não perder o tacho continua com as mesmas regras que nós não sabemos...

Digam-me esse Vítor Pereira foi arbitro ou apitador, é que se ele quer tapar o sol com a peneira e estar a defender o proença, ñ é assim desta maneira a inventar condições particulares na lei, o proença dicidiu como ele quiz o lance do dragão, se aquilo é considerado passe deliberado então vamos estar sempre a interromper o jogo, pk lances daqueles num jogo a muitos,sou português e arbitro em Espanha pk em Portugal inflesmente so com cunhas é k se chega la cima,agora tirem as vossas conclusões

Mas que credibilidade tem a Comissão de Arbitragem da Liga para se levar a sério qualquer opinião?Os actuais detentores do poder da arbitragem na Liga,em particular o Sr.Vitor Pereira, são os mesmos que antes, quando apitavam, revelavam as mesmas insuficiências do Sr. Pedro Proença para o desempenho da função de árbitro e faziam exactamente os mesmos favores. Daí, terem chegado onde chegaram.

Claro q Vitor Pereira sempre deu razão ao FCP. Mesmo quando era árbitro, as suas piores perfomances foram em jogos do FCP. O comunicado é contudo sintético e suscita desconfiança. Se a lei 12 fala em "passe", se a FIFA quisesse que o "corte" tivesse o mesmo tratamento, tê-lo-ia escrito nessa mesma lei 12. Interpretar "corte" como "passe" é um abuso de interpretação juridica. Qual ou quais as instruções da FIFA para isto? O comunicado não esclarece, mais parecendo dizer "é assim, porque é" ...
A vigarice e a corrupção está definitivamente instalado em Portugal e porquê, porque os meios de prova são sempre dificeis de obter e sem eles nada feito. Pode até estar à vista de todos mas é preciso provar.Nem me parece que a nova Lei 50/2007 vá acrescentar muita coisa porque o meio é muito fechado e ninguém fala.

A "deliberada" incompetência.Isto não é desonestidade deliberada, é incompetência de Pereira, tal como incompetente foi Proença, que decidiu pressionado pela berraria dos adeptos do Porto, e muito mais quando deu explicações que não constam das regras das leis de jogo do site da FIFA (vão lá e leiam a pag. 38), que são claras. O Sr. Vitor Pereira é como o outro "estou de acordo com isso e com o contrário também". Após vermos quem ficou nos 4 primeiros classificados da arbitragem, tudo dito.

estão a passar-nos um atestado de burrice, e nós tamos a permitir que o futebol em portugal seja esta vergonha. com ou sem apito dourado, pinto tem isto td minado.quer os portistas admitam ou nao, teem sido levados ao colo, msm nos tempos do penta do jardel...por isso o q dizem k fizeram nos ultimos 25 anos, está inerente aos vigaristas que por lá andam...isto para nao falar na capelinha do antigo estadio das antas...e do nevoeiro que por lá fazia.

Mas já se esperava isto. Corte de bola para uns (Costinha) atraso para para outros.Campo termina na linha de fundo, para uns, para outros tem mais um espacinho.Já para não falar nas faltas vs critério, Makukula não chega contra FCP e o Quaresma nada.Todos os anos mesma coisa. Mas depois ficam contentes com os titulos e vão festejar para os aliados quais barbaros a destilar ódio ao SLB e ao SCP.

Que novidade! Alguém, em juízo, poderia pensar o contrário? A classe defende os seus, como em qualquer corporação. O mais escandaloso é que isto vai passar, mais uma vez, impune. As leis do International Board não tem validade em Portugal. Já se questionaram porque não vão às grandes competições internacionais? Não é só porque não prestam. Acresce que não conhecem as leis

quanto muito, o Polga passa a bola (e não me parece que seja um passe) para o Tonel e este abre as pernas, deixando-a seguir para o guarda-redes. Portanto, não me parece que exista um passe do defesa Polga directamente para o seu guarda-redes, mas sim para o seu colega da defesa.

O Eagle1 diz algumas coisas acertadas mas esquece os favores q o Vitor Pereira, árbitro, fazia sempre ao seu clube. Não se lembra daquele célebre Belenenses- SLB no Restelo em q "deu" dois golos ao Benfica, num dos quais a bola ficou a mais de meio metro da linha de baliza ? É bom ñ esquecer q o Apito Dourado/Azul existe há 20/25 anos, mas o Apito Encarnado tem mais de 60 anos e segue vivinho da costa...Calabote, Valente, Salvador Garcia? Inácio de Almeida ? Não se lembra ?A lista é enorme...

Mas o Vitor Pereira ocupa este lugar, PORQUÊ ? Apenas porque o seu passado como árbitro( conotado com o Sorting para disfarçar),é um exemplo da subsistência do Apito Encarnado ao longo de mais de 60 anos. Do que os lampeões não gostaram foi que nos últimos 20/25 anos o apito se dividisse entre encarnado e o azul. Compreende-se que o pretendessem sempre vermelhinho, sem partilhas...O único árbitro que apitava exemplarmente os derbies era o Dr. Décio de Freitas, belenense...
Se a Lei apenas fala em PASSE e não em CORTE, se ele próprio, implicitamente, os distingue, que autoridade tem este esperto para vir dizer que a Lei os considera de igual modo ?!Ou é burro ou é desonesto.Inclino-me para ambas as hipóteses... Acumula ! Coitados de nós que temos de o aturar!Cá para mim, está aparentemente a colocar-se ao lado do FCP para melhor poder beneficiar, logo que seja necessário, os seus patrões encarnados...

Mas qual é a dúvida? É erro do árbitro. E errar é humano. Porquê agora este comunicado que ainda por cima altera os regulamentos da própria FIFA. Se este comunicado chega à FIFA tá o caldo entornado. Os regulamentos da FIFA são claros. E nós com a mania de espertos vamos alterá-los. A Lei é clara:" é falta se a bola for deliberadamente passada para o guarda-redes". Pag. 38 do regulamento da FIFA. Mas nós gostamos de complicar.

Isto já vem de longe. Quem se lembra de um Porto-Sporting em que o Damas, cuja competência e experiência ninguem pode por em causa, é punido com o mesmo tipo de falta por ter dado passos?!? Resultado: Porto 1 Sporting 0 FCP campeão. Outro jogo, com o resultado em zero/zero, livre inexistente, André (ou João Pinto?) remata com os jogadores do Sporting de costas porque iam formar barreira. Resultado: porto 1 Sporting 0. FCP campeão.
Outro FCP/Sporting no tempo de Robson, esxpulsão inexplicada e inexplicada do Costinha, Oceno para a baliza), resultado: FCP 2 Sporting 1, Porto campeão. 8 dias antes (ou depois?), outro FCP/Sporting para a taça, expulsão inexplicável e inexplicada de Amunike. Resultado: FCP 2 Sporting 1, FCP em frente. Querem mais?

Fancamente Sr.º Vitor Pereira, não leu a lei 12 de FIFA? Desde quando é que um corte é um passe deliberado? Onde é que fala em linha de fundo? Ou o Sr. é mentiroso ou é ignorante. A lei foi feita para não perder tempo de jogo. Um corte é perder tempo de jogo. O árbitros com a simfonia do apito perdem mais tempo.

Falam do penalti do tonel como se fosse um golo certo,depois de ver o moretto defender um do ronaldinho e o quaresma falhar aquele"arranjado em cima da hora" na taça mudei de opinião,agora ninguem fala do segundo amarelo pro pedro emanuel clarissimo na falta sobre o derlei...isso não conta. vcs portistas nunca são prejudicados,podem é não ser tanto ajudados.

Eu não sou daqueles que diz que quem ganha é quem rouba. O Porto já foi várias vezes justo Campeão. senão fosse o Porto lá fora, Portugal já nem levava ninguém à Liga Milionária. E isso é de enaltecer. Mas quando metem sujidade nos campeonatos via certos árbitros, Ligas, frutas, cafés com leites ... isso é que NÃO. Num País civilizado corrupção é igual a cadeia. Seja de que côr for. Por isso (e não é só no futebol ...) é que o País está como está!...

Há muito tempo que não ouvia tanta estupides apenas para justificar um erro de arbitragem. Sendo assim proponho o seguinte às equipes da liga. Quando estiverem a ganhar, troquem a bola entre os defesas perto da área. Quando se aproximar um adversário, é só atrasar a bola para o GR tendo o cuidado de não o fazer na direcção da baliza, mas sim um pouco ao lado dos postes. Depois é só repetir esta situação várias vezes até ao fim do jogo. E viva o anti-jogo !!!... Portugal às vezes tresanda...

Se as Pessoas tivessem mesmo coragem e quisessem mesmo mudar as coisas era tão simples: ou como contribuinte pagante ao estado que não ponho dúvidas que o seja, concorda com tachos como os Loureiros (e são tantos ...e a ganhar fortunas.), a maior parte dos árbitros (quer os nomes ou tb é preciso um desenho?), a Grande maioria dos Presidentes de clubes têm e por aí fora? (até mete compadres Juizes e tudo!...). Enfim é este o País que o Zé povo tanto adora! O que interessa é vencer. Enfim ...

Sr. M. Seixas Magalhães: O Tonel tem a certeza, tal como o guarda redes (que agora, coitado com medo não apanha nenhuma bola!...) que não é intencional, pois se é o Postiga (tenho pena do que lhe estão a fazer, tal como já fizeram a outros ...) que a leva controlada, como é que o Polga a atrasa?! Não queira tapar o que toda a gente viu com o Tonel!...Se fosse na outra baliza e o resultado fosse inverso estava de acordo?!

Estás justificações só faz com que eu pense que os orgãos que decidem estão viciados e corrumpidos, desde quando um juíz tem de justuficar a sua decisão, está tomada e nunca vai ser repetida por isso as justificações são nadas para não se comprometerem. è evidente que algo se passa porque desde que começou a Liga exioste uma equipa que tem sido bafejada pelos erros dos árbitros e por sinal é sempre a mesma ao longo de vários anos. Só falta virem dizer que é coicidência.

Que dúvidas tem em relação ao penalty e expulsão do Costinha? Ninguém tem. Até mesmo o painel do vosso jornal foi unânime. Não entendo!...Haja coerência. Quer que lhe explique como o Sr. Vitor Pereira chegou onde chegou?! De certeza que não foi por se dizer do Sporting. Tal como o Paraty é do Benfica (só mesmo de quem não conhece o meio...).Mas tudo bem, daqui a 20 anos ganhamos (se nos deixarem ...) outro campeonato, só que com uma ligeira diferença:limpinho. Sem frutas, Juizes, Construção civil, Câmaras Municipais, Sapos, Potes velhos, cafés com Leite. Falam aqui em azia,compensan! Para quê? Eu não tenho inveja de quem ganha a bem, sinto é, algumas vezes (não é sempre ...) injustiça de como se ganha. Azia? Nem pensem. Até dá mais gosto, tem mais sabor. Ao fim de 18 anos paramos Portugal (e pelo Mundo fora ...). O resto: paciência. Saber perder tb é uma virtude, agora joguem lá um pouco melhor, pode ser? Para ao menos se proclamarem Superiores.

Agora, o que os portistas se esquecem é que antes deste lance, já o Quaresma e o Pedro Emanuel deviam estar na rua. Mas expulsar jogadores no dragão é coisa q os arbitros têm medo de fazer - como já disse o Jorge Coroado, e outros

O que mais me espanta é que a barbaridade de uma declaração destas passa impune. Então se um corte é a mesma coisa que um atraso, uma entrada violenta também pode ser a mesma coisa que uma disputa de bola ou não?. Só em Portugal .. pq as leis da FIFA são bem mais claras do que estes """srs""" o querem fazer parecer. Tenham vergonha, mais valia tarem calados

Este comunicado é sinónimo de Vítor Pereira ao seu melhor nível.Cada dia que passa a arbitragem do futebol português vai cavando a sua própria sepultura.Bateu completamente no fundo!chegou-se ao ridículo do seu responsável máximo demonstrar publicamente que não sabe interpretar o sentido das leis e regulamentos respectivos.

Adoro estas Leis de jogo inventadas na hora!!! Agora um corte é considerado e tem o mesmo significado que um passe?!?! Com estas atrufiadices todas já entendo os árbitros! É que com tanta mudança momentânea eles já não sabem o que são ou deixam de ser as "actuais" Leis de jogo e assim, acabam por fazer asneiras! Amanhã os remates também vão ter o mesmo valor que os passes e cortes, portanto, os guarda-redes vão deixar de poder defender os remates com as mãos!
O que por um lado até é bom, ou seja, passam a haver mais goleadas e assim as pessoas vão muito mais aos estádios ver os jogos e ver as chuvas de golos "decadentes" que só existem no futebol português! E o golo com a mão do Ronny? Também é regular não é??? Também foi uma Lei nova que saiu penso eu, os golos com a mãozinha... POUPEM-ME DE INCOMPETÊNCIAS!!! Quero futebol justo em Portugal!!!

Nem podiam dizer outra coisa porque senão estariam a passar um certificado de incompetentes não só aos árbitros, MAS EM ESPECIAL, à própria Comissão de Arbitragem.Porque será que os nossos árbitros, salvo raras excepções, NÃO SÃO CHAMADOS para arbitrar jogos internacionais ? Porque será que os estádios de futebol, salvo alguns "derbies", estão práticamente vazios ? O nosso futebol é uma vergonha com a colaboração e benção dos árbitros ! O que os adeptos deviam fazer ERA DEIXAR DE IR AO FUTEBOL.

Jorge Coroado a presidente da Comissão de Arbitragem! Não foi livre nenhum. Nenhum jogador em condições idênticas ás que estava Tonel consegue fazer um passe. Quando um jogador em desequilíbrio, já com um joelho no chão, coloca o seu pé entre as pernas do adversário para lhe tirar a bola, só pode efectuar um corte! Abram os olhos meus amigos sejamos Honestos! Haja Credibilidade no Futebol português!

Mais do mesmo... com comissões de arbitragem como esta como querem credibilizar o nosso futebol e levar pessoas aos estádios. Nem eles sabem as regras, muito menos os arbitros. Quando continuam a pactuar com as asneiras e ainda mostram que são ignorantes, o resultado é ninguém ligar muito a este futebolzinho de influências...

Não foi Deliberadamente, ou Propositadamente, ou Pensadamente, ou Intencionalmente, ou Premeditadamente, ou Calculadamente.... logo, não foi falta. Simples não é ? O problema é que do outro lado estavam uns senhores de azul e branco, e nessas situações faz diferente... e depois fazem-se comunicados. Onde está o comunicado da mão do Ronny ?

Sr. Jorge Miguel Pinto,amnésico deve ser o sr.!E não nós SPORTINGUISTAS!Ou julga que nós não nos lembramos do famoso jogo nas Antas,FCP-3 SCP-0,com 3 golos de livres completamente inventados para o Doriva marcar, isto depois do sr.Vítor Pereira ficar igualmente amnésico em relação a 3 penaltys escandalosos(2 no mesmo lance)cometidos por Aloísio?Tenha Dó!
Isto para não falar que para os jogadores do FCP, os campos de jogo têm medidas mais que suplementares em relação às medidas oficiais!Basta ver o último jogo!

Srs. Portistas as coincidências são tão grandes que acaba de ser expulso o melhor jogador do Marítimo ficando de fora já para o próximo jogo.E adivinhem lá com quem será esse jogo!E já agora adivinhem também de onde era o árbitro que expulsou o dito cujo!É caso para dizer:E os ladrões?Ladrões?São pra cima de 10 bandidos(neste caso o conselho de arbitragem até parece ser constituído por um Ali Babá e os 40 Ladrões)

Para os papalvos que gostam de serem enganados e a alimentar a sua cegueira recomendo que NÂO oiçam o esclarecimento do responsável técnico do futebol espanhol,e tb. concelheiro da UEFA,sr Lopez Vega sobre a lei XII!!!Para o manda chuva do C.A. da nossa Liga e para o apitador Gel-man maior atestado de incompetência não poderia ter sido passado!!!E esta,heim!!!Eu diria que tambem de BURRICE!...

Como benfiquista, e ajuizando o lance de forma imparcial, parece-me claro que o árbitro julgou mal o lance, prejudicando o Sporting e tendo uma clara interferência no resultado final. Gostaria também que as mesmas leis fossem aplicadas a TODOS os clubes, sem excepção. E com este precedente aberto, como vai ser da próxima vez???

Olhe ò Peixoto o dito correlegionário sr Vitor Pereira foi o mesmo dos 3 livres de Doriva , em que o Zhaovic caia sempre no emsmo sitio e ele marcava falta . Mais tarde o Doriva teve a ingenuidade de confessar que tinha passado toda a semana a treinar os livres daquele sitio. Agora quer que ele diga o quê??? O homem está vendido á causa , senão não estava onde está.

deixemo-nos de hipocrisias...o porto foi favorecido, tem vindo a ser favorecido. quaresma ja escapou de 2 expulsoes. e se ele era expulso com o sporting, o porto ardia...haja coerencia...até se alteram regras...o pinto tem isto tudo minado...

Nuno disse...

PPA, tu dás-lhe-lhes como o crl!!!

E eu pensava que eu era fundamentalista...

A lei é muito objectiva
http://bancadasul.blogspot.com/2007/09/lei-muito-objectiva.html

Saudações da Bancada Sul. http://bancadasul.blogspot.com/

PPA disse...

Nuno, estive a ler os Blogs Leoninos e resolvi GUARDAR os textos.
Isto para mais tarde recordar, é porque estou cá com uma sensação que esta VERGONHA vai dar pano para mangas!

SPORTING SEMPRE, ATÉ MORRER!