quinta-feira, março 29, 2007

A Matemática do Clássico

Vou apresentar 3 cenários, sendo que em todos se supõe que o Sporting vença o Beira-Mar em Alvalade.
Caso isso não aconteça, o que é bem possível, este estudo não teria então razão de ser, pois o Sporting ficaria arredado em definitivo.

Cenário 1: Empate entre Benfica e Porto (35%)
Porto 53 (vantagem no confronto com o Benfica)
Benfica 52
Sporting 49

O Porto fica em 1º lugar com 1 ponto de vantagem sobre o Benfica, mas que na realidade são 2 pontos.
Ficará tudo em aberto, embora o Porto se torne francamente favorito.
Neste cenário o Sporting terá ainda uma palavra a dizer, pois terá "apenas" que recuperar 4 pontos a cada um dos seus rivais para os superar. Será muito difícil, mas não impossível.

Cenário 2: Benfica vence Porto (40%)
Benfica 54
Porto 52
Sporting
49

O Benfica ficará com 2 pontos de vantagem sobre o Porto e assumirá deste modo o favoritismo para a conquista do campeonato, embora uma derrota apenas lhe possa tirar o campeonato; e como tem que receber o Sporting, é sempre uma incógnita.
O Sporting por sua vez tem tarefa bem complicada, pois terá que ir buscar 5 ou 6 pontos ao Benfica (quase impossível).
Quanto ao 2º lugar também é difícil, mas basta ganhar 3 pontos ao Porto, que já seria suficiente para roubar o 2º lugar á equipa de Jesualdo.

Cenário 3: Porto vence Benfica (25%)
Porto 55 (vantagem no confronto com o Benfica)
Benfica 51
Sporting 49

Neste cenário o Porto pode encomendar as faixas de campeão.
Na perspectiva do Sporting este é o melhor cenário para ficar em 2º lugar, pois a apenas 2 pontos do Benfica, dependerá só de si para o efeito.

Nota: as percentagens são a média do que corre nos sites de apostas.

2 comentários:

Rui Dantas disse...

O empate é o resultado mais provável? Em que site de apostas?
Nos sites que conheço, nos jogos de tripla o empate é o resultado menos provável (ou seja, o que dá mais dinheiro).

PPA disse...

Peço desculpa, enganei-me nas percentagens: troquei o cenário 1 pelo cenário 2.

Já corrigi.