segunda-feira, novembro 12, 2007

Futebol: Sp. Braga 3 x Sporting 0 - Perdidos na Pedreira!!!

Derrota justa, inequívoca, concludente... enfim sem espinhas! Tal foi a boa exibição do Braga e a tenebrosa exibição do Sporting. Gostaria de conseguir, num momento particularmente desesperante como este, manter a calma, confiança e sobretudo ter o distanciamento necessário para descrever a prestação colectiva de ontem como apenas um dia mau, um mau jogo, um caso episódico, mas manifestamente não consigo e daí estar a escrever estas palavras.
O que aconteceu ontem, não se pode repetir! Correndo o risco com isso de sair altamente prejudicada e quiçá irremediavelmente beliscada a imagem e prestigio do nosso ENORME CLUBE! Não dou o direito como sportinguista a que um grupo de maus profissionais e recém-estrelas-cadentes possam diminuir ou afectar a imagem do SPORTING CLUBE PORTUGAL!
Posto isto, vamos directamente para a análise individual partindo do ponto prévio que colectivamente a equipa não existiu. Assim:
- Tiago: não pode ser o GR titular do Sporting porque simplesmente lhe falta categoria. No lance do 2º golo, onde é que ele foi passear abandonando a baliza e depois é batido sem qualquer capacidade de reflexos ou explosividade para parar a bola de Linz. Nem a defesa do livre de Cesar Fernandes o safou! Stojkovic é incomparavelmente melhor e mesmo Rui Patricio já merecia uma oportunidade!
- Abel: ofensivamente até foi dos que mais fez para levar a equipa para a frente, mas defensivamente continua a comprometer. Ainda para mais sem qualquer tipo de ajuda do seu colega do meio-campo daquele lado. Em suma, desiquilibrado logo aquilo que um lateral não pode ser!
- Tonel: no esquema da 2ª parte mirabolante de PB já se sabia que não consegue jogar, pelo simples facto de que sozinho no eixo não tem velocidade para fazer a posição e acudir ás solicitações defensivas inúmeras que o esquema de 3 atrás pressupõe. Expulso fruto de um rigor arbitral nunca visto, ainda assim bemvindo. Finalmente uma oportunidade para Gladstone!
- Polga: uma 1ª parte a safar tudo o que era possivel na defesa, e um desastre completo na 2ª fruto do "tal" esquema de PB. Ainda por cima com um Jorginho endiabrado (só joga bem contra o Sporting!) pelo seu lado, foi um ver se te avias!
- Ronny: para quem ainda duvidava que era possivel este jogador se afirmar como lateral esquerdo do Sporting, a prestação de ontem digamos que retirou qualquer réstia de esperança (nunca tive nenhuma!) de que isso aconteça. Para os mais distraidos (PB e o próprio Ronny incluidos!) numa linha de 4 atrás, o lateral esquerdo é um defesa e tem que fechar com segurança aquela faixa do terreno. Ora isso convenhamos que Ronny não sabe e nunca irá saber fazer!
- Miguel Veloso: divide o prémio do pior em campo com Djaló. Caso paradigmático da recém-estrela-cadente. Lembram-se de uma exibição de Nani em Milão frente ao Inter depois de Scolari tecer elogios desproporcionados ao jogador? Ora aí está a sequela! Eu pensava, acreditava mesmo, que Miguel Veloso jogava a médio-DEFENSIVO da equipa, mas rapidamente percebi que me estava iludido. O JOVEM DA MODA actua como um 10 mas mais recuado com a agravante de em caso de perda de bola (o que aconteceu ontem inúmeras vezes!) dar perigosos contra-ataques e ataques rápidos ao adversário, para além de não assegurar os tão necessários equilibrios defensivos, nem em postura defensiva em bloco recuado e defesa organizada, e muito menos em fases de transição ataque-defesa. Em suma, fazer deslocar o jogo de um lado para o outro com passes laterais, é uma NULIDADE!
- Moutinho: bem tentou pela entrega fazer algo mas a inspiração não estava lá. Ainda assim pelo profissionalismo, não merece uma critica tão concludente! Pode, deve, tem de jogar mais!
- Izmailov: marca com os olhos fazendo lembrar Romagnoli nos 1os. tempos no Sporting, com a séria agravante de jogar mais recuado e de ter por isso a missão de tapar as subidas do lateral contrário. Nada! Exibição 0!
- Romagnoli: é conhecida a minha admiração pelo argentino. A sua classe em técnica, visaõ de jogo e capacidade desiquilibradora é fantástica. Ontem ainda admirei mais a sua vontade na 1ª parte de pegar na equipa e levá-la para a frente, só que depois o "toque de génio" de PB ao intervalo veio, e partindo a equipa, deixou de ter bola para poder fazer seja o que for. Pede-se que ganhe 2as. bolas de Purovic como arma de um jogo directo, por favor...
- Liedson: o pior jogo do Levezinho desde que me lembro com a nossa camisola. Ainda assim correu, lutou mas ontem, nada saiu bem ao 31 e foi um 31 para a equipa. Incrivel a dependência latente do rendimento deste jogador!
- Djaló: Nada, de nada! Ridiculo, por vezes desperante, outras caricato, o rendimento deste atleta. Só o "iluminado" PB é que sabe a razão para a titularidade deste jovem.
- Purovic: Nem jogo directo, nem jogo apoiado, nada! Muito longe do ritmo da partida, por isso, sempre fora do tempo de entrada aos lances. Uma ocasião com a bola a vir parar-lhe ao pés dentro da área e... bola para as couves!
- Pereirinha: naquele naufrágio, não seria ele a mostrar o caminho para terra.
- Had: pelo menos tapou de alguma forma aquele flanco.
- Paulo Bento: assim não Mister! Assuma publicamente que ontem deu o seu contributo no "enterro geral" que teve lugar em Braga. Aquela machada na coesão táctica da equipa foi extemporanea, despropositada e sobretudo ingénua para um técnico do Sporting. Nem a sua inexperiência (já não é assim tanta!) pode explicar tamanho erro. Depois vem dizer que a equipa estava desorganizada, então não é da sua responsabilidade esse facto. Sou eu que tenho de organizar a equipa, ou será o treinador em funções?! Por favor não repita a gracinha, porque prefiro perder 1x0 em Braga frente a uma boa equipa e sair derrotado e convencido, do que levar 3x0 de uma grande equipa e sair com um enorme banho de bola. Há uma diferença, Mister Paulo Bento!
- Carlos Freitas e restante elenco dirigente: dei por mim ontem a achar que Carlos Fernandes é melhor que Ronny, Frechaut era uma boa alternativa para o meio-campo defensivo, Jorginho é mais desiquilibrador que Izmailov e que Linz seria uma boa companhia para Liedson; isto tudo quando afinal estavámos a defrontar apenas o Braga (sem desprimor para o clube!) só pode ter 2 significados: o Braga tem maior capacidade financeira que o Sporting ou o Braga contrata melhor que o Sporting - qualquer uma delas terrivelmente preocupante a á consideração de todos!

6 comentários:

bgvp disse...

Não posso dizer mais nada além de que concordo com o que escreves...

Mas vou mais longe... em apontar o dedo não só aos jogadores, ao paulo bento e ao carlos freitas mas sim também a restante direcção por continuar apática e nada fazer... afinal de contas o presidente so perde uma hora por dia com o clube...

RG54 disse...

Thor parabéns, grande análise!!! Tocas claramente em todos ou quase todos os aspectos que eu acho que caracterizaram o jogo de ontem, bem assim como o que tem acontecido em quase toda esta época na nossa equipa. Se ontem os três golos resultaram de incríveis erros individuais (Veloso, Tiago e Djaló), a verdade é que a dinâmica da equipa nunca pareceu capaz de puxar o nosso jogo para cima do Braga, pelo que sempre pareceu que se não fosse naqueles lances seria noutros que a bola entraria na nossa baliza. Sobre a tua apreciação individual deixa-me só reforçar que, em relação ao Tiago por ex. acho patético o tempo que ele tem de Sporting!!! Mesmo sendo, como é, sportinguista, isso só por si não justifica o que ele lá anda a fazer há seis ou sete anos, com as prestações que se conhecem. Sobre o Polga, penso ainda não ter recuperado a forma que tinha atingido antes da lesão muscular. Sobre Ronny,...bem estou farto de comentar com amigos sportinguistas que o nosso maior azar foi o golo que marcou no ano passado à Naval! Subscrevo a tua observação sobre o Carlos Fernandes, que ainda por cima fez toda a sua carreira no nosso F.Juvenil…Depois, bem o que se passou com o M.Veloso ontem? Foi apenas uma "branca" ou algo mais? Falo nele porque era, juntamente com Moutinho, na época passada, um dos principais responsáveis pelo equilíbrio da equipe. Que jogo vergonhoso ontem ele fez, sendo que ele (Veloso), Moutinho, Liedson, Polga e Romagnoli têm sido quem tem este ano, a espaços, disfarçado a menor qualidade da equipe, relativamente há época passada. Como ontem destes apenas Roma apareceu…Relativamente à restante análise individual basicamente de acordo contigo, só com a seguinte achega: na entrevista encomendada da semana passada (e que não sei que reflexos possa ter tido JÁ NO JOGO DE ONTEM...)do Carlos Freitas, alguém deveria ter perguntado ao rapazito, quanto renderam as vendas dos jogadores que ele já trouxe para o clube. É que os outros, os que vieram do F. Juvenil, qualquer pardal os devido à sua venderia porque tinham QUALIDADE, portanto quando ele fala nos milhões que já conseguiu em vendas de jogadores convêm saber quais foram os que ele trouxe para então as pessoas perceberem melhor qual tem sido o seu trabalho. São incomparavelmente mais caros jogadores a quem se pague tostões e que nem esses justificam, do que aqueles que, apesar de mais caros, trazem mais valias desportivas e económicas ao nosso Sporting. Aquela conversa de “sofro com as derrotas como os que mais sofrem”ofende-me. Enfim, muitas mais coisas me apeteceriam dizer mas... o meu sportinguismo aconselha-me a guardar mais algumas para ocasião mais oportuna sob o risco de poder, se não o fizer, dar armas aos nossos adversários. Ah e só para que conste, não faço parte de nenhuma facção pró ou anti Freitas. A grande diferença entre eu e ele é que eu sou sportinguista…O que mais me entristece e preocupa, é a tendência de a situação tender a piorar Saudações Sportinguistas e Viva o Sporting.
P.S. Desculpa o lençol e a azia mas...isto não está nada fácil.

bgvp disse...

rg54,

Um aparte, pelo que tenho lido dos teus comentários,tens alguns conhecimentos sobre futebol jovem do Sporting...

Não sei se me podes esclarecer num ponto, o Sporting tinha apostado ou dizia que apostava fortemente na formação, penso que este ano houve uma inversão nesse aspecto, que me dizes sobre isso?

Não achas que poderiamos aproveitar este momento menos bom e começar a voltar a lançar mais jovens? ou achas que os nossos jovens emprestados ou júniores não tem nível para pelo menos estar no banco e com isso trazer sangue novo a equipa?

Se me poderes responder, é que pelo que tenho lido tens muitos conhecimentos.

PS: Peço desculpa por te tratar por tu...mas foi para ser mais fácil a linha de raciocínio.

RG54 disse...

Bgvp, os conhecimentos que tenho do futebol juvenil do nosso clube, advém do facto de ter estado 10 anos ligados a ele, na área da formação e recrutamento. Abandonei há alguns anos essa actividade (sempre exercida de forma não remunerada), mas o bichinho logicamente continua, pelo que procuro manter-me a par de algumas questões com ele relacionadas. Sobre a tua questão, que também já tinha visto colocada por ti no Centúria e a que tinha pensado responder, deixa-me que te diga o seguinte: pelo que conheço e pelos ecos que me chegam de quem ainda continua ligado ao FJ do Sporting, há efectivamente na equipa de juniores do clube jogadores de incomparavelmente maior qualidade que alguns da equipe de seniores. No entanto e com base na experiência de situações semelhantes, sou levado a concordar com a resposta que te deu o PLF da Centúria ou seja é preferível que continuem a jogar com regularidade nos juniores ou nos clubes onde estão por empréstimo, do que passarem uma época como a que estão a passar por ex. o Paulo Renato ou o Rui Patrício. É muito perigoso levar jovens jogadores a "queimar" etapas no seu desenvolvimento na passagem para a primeira equipa, pois se isso acontece com sucesso, ESPORÁDICAMENTE com um ou outro, se feito sem um critério rigoroso pode mais tarde ter efeitos que não queremos ver repetidos, pq há vários exemplos desses no nosso e noutros clubes. Percebo que a tua questão era muito mais para que eles acompanhassem a equipe como alternativa de banco mas isso iria afastá-los, na maioria dos casos, do jogo na sua categoria o que como saberás era muito mau. Penso que não devemos corrigir os tremendos erros que se têm cometido nas contratações com medidas que se revelariam, no futuro, contraproducentes. Como se costuma dizer na minha terra " as cadelas apressadas parém os cachorros malucos..."Devemos é perguntar se, como era dito por ex. pelo Thor no post sobre o jogo, se o Carlos Fernandes, que foi jogador do Sporting desde iniciado ou infantil até à 1ª época de seniores (cumprida na Lourinhã), é pior ou mais caro que Ronny ou Had, ainda que estes nem sejam, em minha opinião, do pior que lá temos. Há lá outros de que nem me parece valer a pena falar...E se formos a anos anteriores…Não sei se consegui responder à tua questão, que era creio, se tinha havido inflexão na política para o FJ. Não me parece, repito, parece-me é que continuou a haver algo, que "ninguém" (?) consegue explicar, e que nos leva a contratar jogadores que, na maior parte dos casos são dos tais que eu digo que estes sim são mesmo muito caros, tendo em conta aquilo que rendem. Adeus e saudações Sportinguistas. P.S. Estás há vontade para tratares por tu ou como muito bem quiseres. Estamos entre sportinguistas e esse é o melhor modo de nos relacionarmos, independentemente da idade de cada um (digo eu que já sou entradote mas enfim…)P.S.S. Há um ou dois exemplos de miúdos que acredito que lhes tinha feito bem ficarem esta época no plantel mas vais desculpar-me não dizer aqui os nomes deles. Pode ser que um dia nos juntemos numa roda de sportinguistas a beber umas “bejecas” e depois falaremos todos com mais há vontade… Desculpem mais um testamentozito mas as conversas são como as cerejas. Saúde.

JoaofmSCP disse...

votação do jogador mais irritante da liga bwin em http:\\bolanamesa.blogspot.com

bgvp disse...

O testamento é bem vindo...e fiquei esclarecido em muitas questões....agora continuo a pensar que muitos poderiam ter hipóteses...agora penso é que também não se pode catalogar logo os miúdos de estrelas...porque se não...podem se perder...

Falando do Rui Patrício penso que já poderia ter jogado, não digo na champions, mas quem sabe na Taça da Liga ou futuramente na Taça de Portugal, não quero ser injusto para com o Tiago que como sportinguista tem sido 5 estrelas mas o nosso futuro não está com ele.

O caso do Paulo Renato e depois da boa época no Real aqui na minha terra, sabendo como é óbvio que a 2B é totalmente diferente, e sabendo que o mundial de sub20 não lhe correu da melhor maneira, talvez o empréstimo lhe tivesse feito melhor pois ser 6ª opção atrás de Polga, Tonel, Gladstone, Veloso e Had, estava claramente tapado.

Mas por ex.penso que existiriam posições que se podia ir apostar em alguém para pelo menos dar sangue novo ao banco. Falo em jogadores que possam jogar a a extremos ou avançados. Não os conheço mas penso que não temos no plantel qualidade suficiente nessas posições para ter medo em apostar nos nossos.