sexta-feira, agosto 11, 2006

Futebol: SPORTING VENCE TROFEU COLOMBINO


Na primeira participação, o Sporting chegou, viu e venceu, tornando-se a primeira equipa portuguesa a vencer o prestigiado Trofeu Colombino, um dos mais tradicionais torneios de verão de Espanha realizado na cidade de Huelva em honra ao grande navegador Cristovão Colombo, o homem que descobriu a América, retratado este trofeu na belissima Caravela que desde hoje faz parte do nosso Mundo Sporting (museu).

No terreno de jogo e após vitória sobre o detentor da Taça Uefa Sevilha CF por expressivos 4-2 (analisada no post anterior), o Sporting detonou o decano do futebol espanhol e também ibérico, ou seja, o Sporting venceu a mais antiga equipa da Península Ibérica, o histórico Recreativo de Huelva, a equipa da casa não conseguiu segurar a superioridade leonina arquitectada em 3 golos de Farnerud, Ronny e Liedson.

Quanto ao jogo em sí, destaco Miguel Veloso (a fazer esquecer o dia anterior onde denotou alguns erros), Paredes (fantastico jogo posicional, estando em todo o campo, em todo o lado mesmo), Nani (cada vez mais desequilibrador e fantastico) e Liedson (que traz profundidade a todo o jogo ofensivo, 1º a defender, 1º a atacar).

Tratou-se de mais uma etapa na preparação da época em curso.... e agora... que venha o INTER!

14 comentários:

Cherbakov disse...

Belissimo jogo....essencialmente na 2ª parte quando saíram o trio de apáticos (o Deivid espera ser titular como?).

Que mais podemos dizer? A preparação para a época tem sido excelente e creio que o Paulo Bento deve andar com umas dores de cabeça sobre quem vai arrancar o campeonato.

Miguel Veloso como alternativa no centro (Polga tem estado muito abaixo do costume)? Quem jogará na esquerda...o titularissimo Caneira ou a grande surpresa Ronny? No meio...como se pode não contar com Romagnoli, Carlos Martins, Custódio ou Paredes (sabendo que João Moutinho é intocável?)

Finalmente no ataque...Liedson com quem? Yannick parecia que estava na pole position, mas Bueno (apesar de muito perdulário) tem ganho vantagem pela entrega...aguardo com curiosidade o Sporting-Inter que deverá ter a equipa tipo mais próxima da realidade.

bgvp disse...

Sinceramente apesar dos falhanços na cara do golo, gostei do Bueno...parece enquadrar-se bem com a equipa e não para o jogo colectivo como o Deivid faz...

Thor disse...

Grande prestação colectiva da nossa equipa, leia-se plantel. Naturalmente existiram alguns destaques positivos e outros nem tanto. Mas comecemos pelo melhor:
- Miguel Veloso: jogo soberbo de tranquilidade, técnica, maturidade e confiança - titular já com Tonel, Polga tem que estar no seu melhor para calçar actualmente;
- Ronny: forte no um-contra-um defensivo e ofensivo, muita disponibilidade e profundidade ofensiva que transmite á sua ala - titular já, Caneira tal como Polga tem que recuperar a sua melhor forma para voltar a calçar (pelo menos na lateral);
- Paredes: começa a cimentar a sua posição com a gradual e bem visivel melhoria de condição fisica - titular já, Custódio junta-se ao lote de Polga e Caneira de excelentes 2as opções neste momento (ainda vamos encontrar mais...);
- Carlos Martins: se já não surpreende a sua superior qualidade técnica, o factor novo é a sua entrega ao jogo com uma garra enorme para garantir o seu lugar no onze no vértice oposto do losango de Moutinho;
- Romagnoli: passes de verdadeiro maestro (daqueles que ainda mexem claro!) garantindo-lhe para já o vértice mais adiantado do nosso meio-campo de luxo;
- Liedson: impressiona e faz pensar o seu momento de forma para esta altura da pré-época. Só espero que não venha a estoirar mais á frente quando puderá ser determinante. E já agora que também não deslumbre tanto senão em Dezembro ficamos sem ele;
- Nani: explosivo, desiquilibrador, talentoso, dinâmico - grande estrela do futuro próximo do nosso futebol.

Destaques negativos sem serem prestações negativas mas entendo-as como menos boas:
- Bueno: longe de ser o colega ideal para Liedson. Muito batalhador, muita entrega, mas... pouco futebol e sobretudo pouca calma de goleador na cara do golo. Preferia que tivessemos contratado um avançado cabeceador e mais forte fisicamente para outro tipo de soluções ofensivas;
- Deivid: este último jogo foi muito insuficiente. Nem o seu prodigioso dominio de bola e segurança técnica lhe valeram face a uma defesa espanhola muito dura, mas pouco móvel. Está longe de poder calçar no nosso 11 de arranque da Liga e quem sabe o Santos volta a estar interessado;
- Farnerud e João Alves: juntos porque recuperaram recentemente de lesões que teimoisamente surgiram numa altura muito sensivel da temporada aquando do essencial aprumo da condição fisica. Assim, e mesmo com o bom golo de Pontus espero mais de qualquer destes atletas (talvez de Farnerud) para próximas apresentações, caso contrário, estarão longe de entrar no nosso 1º onze.
Permitam-me a veleidade de apontar já o que me parece ser o nosso 11 mais forte para atacar o Boavista:
Ricardo; Abel, Tonel, Miguel Veloso, Ronny; Paredes, Moutinho, Martins, Romagnoli; Liedson e Yannick.

Thor disse...

Única dúvida ainda na minha cabeça (na de Paulo Bento ainda vão mais): Nani ou Romagnoli.

bgvp disse...

So uma achega...o Yannick nao vai jogar no 1º jogo contra o boavista...por estar castigado... foi expulso no ultimo jogo do casa pia...

Thor disse...

Muito bem observado bgvp. Assim sendo a minha escolha seria Romagnoli e Nani de inicio com Bueno e Deivid no banco para o que der e vier.

pumba no piu piu disse...

Que belo jogo que vai ser com o Inter...e acho muito bem a homenagem que vão fazer ao Figo. Um grande sportinguista que ainda é capaz de vir fazer uma perninha para a próxima época.

RuaInform disse...

Se Puderes e quizeres e puderes visita e registra-te em:
http://ruainform.pt.vu
Desde jà Obrigado

fvaz disse...

Efectivamente este ano temos uma boa equipa e sobretudo um plantel que dá garantias ao técnico, que pode fazer a sua gestão durante a Champions League.

O meu onze inicial nesta fase seria:

Ricardo; Abel, Polga, Veloso e Ronny; Martins, Custódio, Romagnoli e martins; Liedson e Bueno.

No banco: Tiago; Caneira e Tonel; Paredes e Nani; Deivid e Djaló.

Ainda sobrava gente como J.Alves, Tello, Douala e a incógnita Farnerud.

your disse...

phentermine nice :)

NMB disse...

Boa equipa, sem alternativas tácticas.

Com o desnorte dos rivais, creio que vai ser suficiente...

your disse...

phentermine nice :)

your disse...

phentermine nice :)

Sally disse...

earn money - tramadol cool blog :)